Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Faringe

A Faringe é um órgão do corpo humano que se localiza na parte posterior da coluna vertebral e atrás das fossas nasais.

Tem a forma de um funil, mais larga em cima, menos larga na parte mediana e mais estreita na parte inferior.

O seu comprimento pode variar, medindo aproximadamente quinze centímetros em repouso, mas quando se contrai este reduz cerca de três centímetros.

No que diz respeito ao diâmetro, ele varia entre os quatro centímetros na parte superior e os dois centímetros na parte inferior.

Divide-se em três partes:

  • A faringe superior também conhecida como nasofaringe ou rinofaringe. É a parte mais larga deste órgão e é aqui que se encontram as amígdalas.
  • A faringe média ou orofaringe que se encontra ligada à cavidade bucal pela sua parte anterior e que se liga à faringe superior.
  • A faringe inferior ou também chamada de laringofaringe que é a parte que se segue à faringe média, e se encontra ligada ao esófago.

Funções da Faringe

A faringe consiste num órgão indispensável para a correta circulação do ar e dos alimentos.

O ar entra nas vias aéreas pelos orifícios do nariz ou pela boca e em qualquer um dos casos tem que passar pela faringe.

Se ele entrar pelo nariz vai passar na faringe superior, em seguida pela faringe média e por fim pela faringe inferior até à laringe.

A Faringe é um órgão do corpo humano que se localiza na parte posterior da coluna vertebral e atrás das fossas nasais (Autor: Imagem em domínio público)

A Faringe é um órgão do corpo humano que se localiza na parte posterior da coluna vertebral e atrás das fossas nasais (Autor: Imagem em domínio público)

Se ele entrar pela boca entra de imediato na faringe média e só depois passa para a inferior e posteriormente para a laringe.

Em ambos os casos o ar continua o seu caminho pela traqueia e pelos brônquios até chegar aos pulmões.

No que diz respeito aos alimentos, estes também passam pela faringe média depois de se encontrarem na boca. Estas duas funções da faringe só são possíveis graças ao papel desempenhado pela epiglote que se encontra na parte superior da laringe.

A epiglote fecha-se durante a deglutição para que não haja o perigo de os alimentos irem de forma errada para os pulmões e abre-se quando o ar passa para os mesmos. Durante a deglutição as paredes da faringe provocam contrações de cima para baixo e empurram o bolo alimentar na direção do estômago. Quando este processo decorre não é possível inspirar uma vez que a laringe se encontra fechada.

A Faringe e as Amígdalas

Como já foi referido, é na faringe que podem ser encontradas as amígdalas.

A superfície interna está envolvida por uma mucosa membranosa onde se podem encontrar um grande número de células que pertencem ao sistema imunitário, os chamados folículos linfóides.

Estes agrupam-se formando pequenas ilhas a que se dá o nome de amígdalas devido ao seu formato volumoso e saliente.

Estas estruturas apresentam uma função defensiva de extrema importância para o corpo humano combatendo os microrganismos presentes no ar e nos alimentos que podem prejudicar a saúde. Podemos verificar a existência de quatro tipos de amígdalas:

  • A amígdala faríngea que se apresenta com uma estrutura quadrangular e fica localizada na parte superior da faringe superior.
  • As amígdalas tubárias que se encontram em número de dois e estão localizadas na faringe superior, mas junto às trompas de Eustáquio.
  • As amígdalas palatinas ou também conhecidas como tonsilas. Também em número de dois e encontram-se nas faces laterais da faringe média.

A amígdala língual que se descobrem na base da língua e formam-se como se fossem uma banda.

Avalia este conteúdo
3.275/5 (54 votos)
Etiquetas: a faringe e as amígdalas, amígdala, amígdala faríngea, amígdala língual, amígdalas tubárias, faringe, funções da faringe
Um comentário sobre “Faringe
  1. Letycia disse:

    Muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.