Itália vai oferecer baixa menstrual

A Itália poderá ser em breve o primeiro país ocidental com a baixa menstrual oficial para mulheres que trabalham. O parlamento italiano já iniciou a discussão para começar a redigir esta nova lei, que sendo aprovada, vai obrigar as empresas a dar três dias de baixa por mês a empregados do sexo feminino que sintam dor durante o seu período.

Esta proposta foi bem-vinda por várias entidade italianas que consideram ser um passo positivo para mulheres que sofram dores intensas durante o período. A revista italiana Marie Claire descreve esta iniciativa como um principal passo para o progresso e a sustentabilidade social. Mas esta lei ainda tem os seus críticos, mesmo entre as próprias mulheres que trabalham, pois pode influenciar as empresas a não contratar mulheres.

Itália vai oferecer baixa menstrual

Fonte: Independent

Etiquetas: menstruação, período

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.