Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Investigadores de Aveiro Neutralizam Bactéria Resistente a Antibióticos

  • Português

De acordo com uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro, já é possível neutralizar a bactéria “Staphylococcus aureus”, resistente a antibióticos e responsável por diversas infecções potencialmente fatais em seres humanos.

A lista de infecções causadas pela bactéria “S. aureus” é extensa: foliculite, furunculose, impetigo, celulite infecciosa, pneumonia necrosante, osteomielite, endocardite infecciosa, síndrome do choque tóxico e até intoxicação alimentar.

Nos últimos 30 anos, as infecções hospitalares e da comunidade causadas por “S. aureus” multirresistentes a antibióticos denominados comuns, existindo um aumento de estirpes super-resistentes até mesmo aos antibióticos ditos de última geração. O tratamento é, desse modo, difícil e muitas vezes ineficaz.

A inactivação da bactéria foi testada “in vitro” e na pele de suínos através de terapia fotodinâmica, por si só ou combinada com antibióticos. “Os resultados mostraram que a terapia fotodinâmica, usada já vulgarmente para tratar, por exemplo, a acne, é uma abordagem eficaz para controlar a infecção por “S. aureus” na pele, inactivando a bactéria eficazmente após três ciclos sucessivos de tratamento com luz e sem adição de antibióticos entre ciclos, ou após um ciclo usando a acção combinada da terapia com o antibiótico ampicilina”, revelou a equipa.

Investigadores de Aveiro Neutralizam Bactéria Resistente a Antibióticos

Fonte: In "jn.pt"

Avalia este conteúdo
0/5 (0 votos)
Etiquetas: antibióticos, bactéria, celulite infecciosa, endocardite infecciosa, foliculite, furunculose, impetigo, infecções, intoxicação alimentar, osteomielite, pneumonia necrosante, síndrome choque tóxico, staphylococcus aureus, universidade aveiro

Leave a Reply

Your email address will not be published.