Notícias – Em Forma https://www.emforma.net O Guia Online do Bem-estar, Saúde, Fitness e da Longevidade Mon, 20 May 2019 23:26:58 +0000 pt-PT hourly 1 Insónia Crónica Directamente Ligada a Problemas de Memória https://www.emforma.net/noticias/insonia-cronica-directamente-ligada-problemas-memoria https://www.emforma.net/noticias/insonia-cronica-directamente-ligada-problemas-memoria#respond Mon, 20 May 2019 19:16:11 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200253 Estima-se que cerca de 10% dos indivíduos adultos são afectados por insónia crónica. Esta condição exerce um efeito negativo sobre a função cognitiva nas pessoas de 45 anos ou mais de idade, independentemente de outros problemas de saúde. Estes resultados

O post Insónia Crónica Directamente Ligada a Problemas de Memória apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
Estima-se que cerca de 10% dos indivíduos adultos são afectados por insónia crónica. Esta condição exerce um efeito negativo sobre a função cognitiva nas pessoas de 45 anos ou mais de idade, independentemente de outros problemas de saúde.

Estes resultados provêm de um estudo denominado como “Estudo Longitudinal Canadiano sobre o Envelhecimento”, que pretende seguir cerca de 50,000 canadianos, com idades compreendidas entre os 45 e 85 anos, durante pelo menos 20 anos.

Os participantes foram divididos em três grupos diferentes: um grupo de indivíduos com insónia crónica, um grupo com sintomas de insónia, mas que não se queixava de qualquer impacto funcional no seu dia-a-dia e um grupo de participantes com uma qualidade de sono normal.

Todos os envolvidos responderam a questionários e submeteram-se a exames físicos e a diversos testes neuropsicológicos para avaliar várias funções cognitivas, assim como a qualidade do seu sono.

Constatou-se então que os participantes do grupo que sofria de insónia crónica revelaram um desempenho pior nos testes, quando comparados com os outros dois grupos em estudo.

O principal tipo de memória afectado foi a memória declarativa, ou seja, a memória relativa a itens e acontecimentos.

O post Insónia Crónica Directamente Ligada a Problemas de Memória apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Autoridades Francesas Alertam para Perigos das Luzes LED https://www.emforma.net/noticias/autoridades-francesas-alertam-perigos-luzes-led https://www.emforma.net/noticias/autoridades-francesas-alertam-perigos-luzes-led#respond Fri, 17 May 2019 09:00:43 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200201 A Agência Nacional de Segurança Sanitária de Alimentos, Meio Ambiente e Trabalho (Anses), sedeada em França, alerta para os efeitos tóxicos na retina e perturbações no sono, provocados pro alguns tipos de luzes LED ricas em “luz azul”. Este tipo

O post Autoridades Francesas Alertam para Perigos das Luzes LED apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
A Agência Nacional de Segurança Sanitária de Alimentos, Meio Ambiente e Trabalho (Anses), sedeada em França, alerta para os efeitos tóxicos na retina e perturbações no sono, provocados pro alguns tipos de luzes LED ricas em “luz azul”.

Este tipo de luzes tem-se expandido consideravelmente nos últimos anos, devido a serem económicas, de baixo consumo e com uma longa vida útil. Para além das lâmpadas domésticas, o LED é cada vez mais comum nos faróis de carros, lanternas, brinquedos, ecrãs de telemóveis, tablets e computadores.

Para obter uma luz branca, estas luzes combinam um díodo azul com uma camada de fósforo amarelo. Quanto mais “fria” é a luz, maior a proporção de azul. Esta agência tem alertado sistematicamente sobre os riscos destas luzes artificiais.

Segundo a agência, “uma exposição a uma luz intensa e aguda é fototóxica, pois leva à perda irreversível das células da retina, o que pode levar a uma diminuição da acuidade visual”, recomendando a revisão dos limites máximos de exposição permitidos.

Estudos demonstram também que “a exposição, mesmo muito baixa, à luz azul, durante a tarde ou a noite, afecta o ritmo biológico e, portanto, o sono”, sendo os ecrãs, nesse caso, um problema.

O post Autoridades Francesas Alertam para Perigos das Luzes LED apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Vacina Contra o Cancro Colorrectal Mais Próxima https://www.emforma.net/noticias/vacina-contra-cancro-colorrectal-proxima https://www.emforma.net/noticias/vacina-contra-cancro-colorrectal-proxima#respond Mon, 13 May 2019 09:00:08 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200199 Foi realizado um ensaio clínico com uma nova vacina concebida para o cancro colorrectal, em que foram observados resultados bastante promissores, sem se verificarem efeitos secundários graves. Este ensaio clínico (fase I) tinha como objectivo estabelecer a segurança do uso

O post Vacina Contra o Cancro Colorrectal Mais Próxima apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
Foi realizado um ensaio clínico com uma nova vacina concebida para o cancro colorrectal, em que foram observados resultados bastante promissores, sem se verificarem efeitos secundários graves.

Este ensaio clínico (fase I) tinha como objectivo estabelecer a segurança do uso da vacina e a eficácia na activação das células do sistema imunitário.

Realizado nos EUA, o ensaio contou com 10 voluntários com cancro do cólon em estadios 1 e 2. Os pacientes foram submetidos à realização de análises clínicas ao sangue 30, 90 e 180 dias após a administração da vacina.

Os resultados das análises revelaram que existe uma activação de linfócitos T, podendo estas células identificar e destruir as células cancerígenas.

No caso dos tumores colorrectais, existe uma molécula conhecida como GUCY2C, que constitui um marcador neste tipo de tumores e que ajuda as células cancerígenas a destacarem-se das células saudáveis.

Com estes dados, os investigadores juntaram esta molécula com outra que faz aumentar a reacção imunitária no sentido de conduzir à morte das células cancerígenas.

De acordo com Karen Knudsen, da Universidade de Thomas Jefferson, este estudo “demonstra que poderá ser possível direccionar de forma segura o sistema imunitário do próprio paciente contra aquele tipo de cancro.”

O post Vacina Contra o Cancro Colorrectal Mais Próxima apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Crianças Nunca Amamentadas Com Maior Probabilidade de Serem Obesas https://www.emforma.net/noticias/criancas-nunca-amamentadas-maior-probabilidade-serem-obesas https://www.emforma.net/noticias/criancas-nunca-amamentadas-maior-probabilidade-serem-obesas#respond Mon, 06 May 2019 18:36:19 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200189 Um estudo divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), relativo à Europa, refere que as crianças que nunca foram amamentadas ou que o foram por um curto período de tempo têm maior probabilidade de se tornarem obesas. A investigadora Ana

O post Crianças Nunca Amamentadas Com Maior Probabilidade de Serem Obesas apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
Um estudo divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), relativo à Europa, refere que as crianças que nunca foram amamentadas ou que o foram por um curto período de tempo têm maior probabilidade de se tornarem obesas.

A investigadora Ana Rito, do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, coordenou o estudo em que foram analisados dados de 22 países europeus entre 2015 e 2017. Estes dados incluíram amostras representativas de mais de 100 mil crianças entre os seis e os nove anos.

De acordo com os resultados obtidos, as crianças que nunca foram amamentadas têm mais de 22% de probabilidade de serem obesas e as que foram amamentadas por pouco tempo apresentam mais de 12% de probabilidade. Isto quando comparadas com as crianças que foram amamentadas em exclusivo por pelo menos seis meses.

As taxas de prevalência de obesidade mais elevadas foram registadas em Espanha, Malta e Itália, com maior prevalência de obesidade entre as crianças nunca amamentadas.

Sendo a promoção da amamentação um factor importante para a prevenção da obesidade, o estudo salienta que as políticas de cada país devem promover e apoiar cada vez mais medidas que promovam o aleitamento materno.

O post Crianças Nunca Amamentadas Com Maior Probabilidade de Serem Obesas apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Estaremos a Entrar num “Mundo Pós-Antibióticos”? https://www.emforma.net/noticias/estaremos-entrar-mundo-pos-antibioticos https://www.emforma.net/noticias/estaremos-entrar-mundo-pos-antibioticos#respond Mon, 11 Mar 2019 14:35:30 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200101 De acordo com uma equipa de cientistas da Universidade da Califórnia, EUA, os produtos resultantes do processo de tratamento de águas residuais contêm vestígios de ADN resistente a antibióticos. Estes produtos são normalmente reintroduzidos no meio ambiente, o que facilita

O post Estaremos a Entrar num “Mundo Pós-Antibióticos”? apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
De acordo com uma equipa de cientistas da Universidade da Califórnia, EUA, os produtos resultantes do processo de tratamento de águas residuais contêm vestígios de ADN resistente a antibióticos. Estes produtos são normalmente reintroduzidos no meio ambiente, o que facilita a potencial propagação da resistência aos fármacos mencionados.

A maioria dos antibióticos que consumimos é metabolizada no organismo. Porém, pequenas quantidades são eliminadas através dos resíduos expelidos pelo organismo, acabando nas estações de tratamento de águas residuais.

O processo de tratamento das águas residuais envolve um processo biológico em que os resíduos são consumidos por bactérias. Deste modo, estas entram em contacto com os antibióticos acabando por expressar genes de resistência que reduzem a eficácia destes medicamentos.

À medida que as bactérias se reproduzem e crescem, criam um excesso designado por biomassa. As estações de tratamento de águas residuais produzem toneladas de biomassa que é posteriormente tratada e usada como fertilizante na agricultura.

Adam Smith, investigador principal do estudo alerta para o facto de “estarmos a entrar rapidamente num lugar assustador que se chama ‘mundo pós-antibióticos’, em que já não conseguimos combater infecções com antibióticos porque os micróbios adaptaram-se de forma a serem resilientes contra aqueles antibióticos.”

O post Estaremos a Entrar num “Mundo Pós-Antibióticos”? apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Investigadores de Aveiro Neutralizam Bactéria Resistente a Antibióticos https://www.emforma.net/noticias/investigadores-aveiro-neutralizam-bacteria-resistente-antibioticos https://www.emforma.net/noticias/investigadores-aveiro-neutralizam-bacteria-resistente-antibioticos#respond Fri, 08 Mar 2019 14:53:57 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200091 De acordo com uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro, já é possível neutralizar a bactéria “Staphylococcus aureus”, resistente a antibióticos e responsável por diversas infecções potencialmente fatais em seres humanos. A lista de infecções causadas pela bactéria “S.

O post Investigadores de Aveiro Neutralizam Bactéria Resistente a Antibióticos apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
De acordo com uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro, já é possível neutralizar a bactéria “Staphylococcus aureus”, resistente a antibióticos e responsável por diversas infecções potencialmente fatais em seres humanos.

A lista de infecções causadas pela bactéria “S. aureus” é extensa: foliculite, furunculose, impetigo, celulite infecciosa, pneumonia necrosante, osteomielite, endocardite infecciosa, síndrome do choque tóxico e até intoxicação alimentar.

Nos últimos 30 anos, as infecções hospitalares e da comunidade causadas por “S. aureus” multirresistentes a antibióticos denominados comuns, existindo um aumento de estirpes super-resistentes até mesmo aos antibióticos ditos de última geração. O tratamento é, desse modo, difícil e muitas vezes ineficaz.

A inactivação da bactéria foi testada “in vitro” e na pele de suínos através de terapia fotodinâmica, por si só ou combinada com antibióticos. “Os resultados mostraram que a terapia fotodinâmica, usada já vulgarmente para tratar, por exemplo, a acne, é uma abordagem eficaz para controlar a infecção por “S. aureus” na pele, inactivando a bactéria eficazmente após três ciclos sucessivos de tratamento com luz e sem adição de antibióticos entre ciclos, ou após um ciclo usando a acção combinada da terapia com o antibiótico ampicilina”, revelou a equipa.

O post Investigadores de Aveiro Neutralizam Bactéria Resistente a Antibióticos apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Doente com VIH/Sida Cura-se do Vírus pela Segunda Vez na História da Ciência https://www.emforma.net/noticias/doente-vih-sida-cura-virus-segunda-vez-historia-ciencia https://www.emforma.net/noticias/doente-vih-sida-cura-virus-segunda-vez-historia-ciencia#respond Tue, 05 Mar 2019 12:50:24 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200089 Em Londres, um homem recebeu um transplante de medula óssea e tornou-se o segundo caso conhecido de um adulto que conseguiu curar-se do vírus da Sida. O paciente contraiu o vírus/Sida em 2003 e, em 2012, foi diagnosticado com um

O post Doente com VIH/Sida Cura-se do Vírus pela Segunda Vez na História da Ciência apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
Em Londres, um homem recebeu um transplante de medula óssea e tornou-se o segundo caso conhecido de um adulto que conseguiu curar-se do vírus da Sida.

O paciente contraiu o vírus/Sida em 2003 e, em 2012, foi diagnosticado com um linfoma de Hodgkin, um tipo de cancro do sistema linfático. O transplante foi efectuado com medula óssea proveniente de um dador resistente ao Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), resultado de uma mutação genética pouco frequente.

O paciente em questão não tomava medicamentos antirretrovirais há mais de 18 meses e foram efectuados vários testes altamente sensíveis que confirmaram a inexistência de qualquer sinal de infecção pelo vírus.

Ravindra Gupta, líder da equipa de médicos que conduziu os tratamentos, afirma que “o transplante de medula não significa necessariamente uma cura para o VIH/Sida, uma vez que este não pode ser alargado a todos os doentes infectados com a doença, uma vez que tem riscos, é doloroso e obriga a longas hospitalizações.” Além disso, a mutação do gene que torna uma pessoa resistente ao VIH/Sida não é frequente.

No entanto, o investigador sugere que se caminha para uma solução para esta doença que já matou mais de 35 milhões de pessoas.

O post Doente com VIH/Sida Cura-se do Vírus pela Segunda Vez na História da Ciência apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Triclosan na Pasta de Dentes Prejudica Acção dos Antibióticos https://www.emforma.net/noticias/triclosan-pasta-dentes-prejudica-accao-antibioticos https://www.emforma.net/noticias/triclosan-pasta-dentes-prejudica-accao-antibioticos#respond Sun, 03 Mar 2019 22:49:46 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200086 O triclosan é um composto químico que está presente em diversos produtos tais como pasta de dentes, cosméticos, brinquedos de bebé, roupa e até cartões de multibanco. Supostamente esta substância exerce efeitos antibacterianos. Contudo, um novo estudo demonstrou que este

O post Triclosan na Pasta de Dentes Prejudica Acção dos Antibióticos apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
O triclosan é um composto químico que está presente em diversos produtos tais como pasta de dentes, cosméticos, brinquedos de bebé, roupa e até cartões de multibanco.

Supostamente esta substância exerce efeitos antibacterianos. Contudo, um novo estudo demonstrou que este composto pode fortalecer as bactérias e torna-las resistentes a antibióticos comuns.

Para este estudo, investigadores da Universidade de Washington, EUA, procuraram avaliar o efeito do triclosan sobre a capacidade de o organismo responder ao tratamento de infecções urinárias com antibioterapia.

Grupos de células bacterianas foram tratados com antibióticos bactericidas e foi observada a capacidade de sobrevivência das mesmas. Num dos grupos, as bactérias foram previamente expostas a triclosan e no outro grupo não.

Constatou-se que o triclosan fez aumentar o número de células bacterianas sobreviventes. De facto, de acordo com a equipa, “em vez de ser apenas uma num milhão de bactérias a sobreviver, uma em 10 tinha sobrevivido 20 horas mais tarde.”

Os investigadores concluíram ainda que o efeito protector do triclosan sobre as bactérias expostas a fármacos antibacterianos verificou-se com vários antibióticos, que são considerados únicos na forma como eliminam bactérias, tendo ficado estes antibióticos menos eficazes.

O post Triclosan na Pasta de Dentes Prejudica Acção dos Antibióticos apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Depressão Atípica: o Que Escondem os Sorrisos https://www.emforma.net/noticias/depressao-atipica-que-escondem-sorrisos https://www.emforma.net/noticias/depressao-atipica-que-escondem-sorrisos#respond Thu, 28 Feb 2019 20:07:16 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=200077 Uma das doenças psiquiátricas mais comuns é a depressão e constitui também um dos principais problemas de saúde no mundo. Estima-se que um em cada dez homens e uma em cada quatro mulheres possam vir a ter crises de depressão

O post Depressão Atípica: o Que Escondem os Sorrisos apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
Uma das doenças psiquiátricas mais comuns é a depressão e constitui também um dos principais problemas de saúde no mundo. Estima-se que um em cada dez homens e uma em cada quatro mulheres possam vir a ter crises de depressão em alguma fase da vida.

Esta doença pode apresentar-se de diferentes formas e níveis de gravidade. Nas situações mais graves, os sintomas podem manifestar-se sem relação evidente com acontecimentos traumáticos da vida e podem durar vários meses. Nos estados mais ligeiros, os sintomas apresentam-se de forma menos intensa permitindo a manutenção das actividades diárias. Contudo, podem prolongar-se durante anos.

Existe um tipo de depressão, denominada por depressão atípica e popularmente designada de “depressão sorridente”. Esta é uma das formas mais difíceis de identificação da doença, uma vez que os sintomas são mascarados por demonstrações de felicidade.

O facto de a doença ser difícil de identificar leva ao tratamento tardio. A dificuldade em reconhecer emoções por parte dos indivíduos afectados leva a um maior desafio quando se trabalha com eles a nível psicológico.

Normalmente, o tratamento inclui a prescrição de medicamentos, psicoterapia e alterações no modo de vida. É também recomendado a prática de exercício e meditação.

O post Depressão Atípica: o Que Escondem os Sorrisos apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0
Microbioma do Colo do Útero Poderá Promover Lesões Pré-Cancerígenas de Alto-Grau https://www.emforma.net/noticias/microbioma-colo-utero-podera-promover-lesoes-cancerigenas-alto-grau https://www.emforma.net/noticias/microbioma-colo-utero-podera-promover-lesoes-cancerigenas-alto-grau#respond Fri, 22 Feb 2019 14:38:12 +0000 https://www.emforma.net/?post_type=ef_new&p=199964 Investigadores da Universidade de Nabraska-Lincoln, EUA, conduziram um estudo em que apuraram que a população de bactérias (microbioma) que existem no colo do útero pode propiciar lesões pré-cancerígenas de alto grau. Não era esperado que esta influência do microbioma sobre

O post Microbioma do Colo do Útero Poderá Promover Lesões Pré-Cancerígenas de Alto-Grau apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
Investigadores da Universidade de Nabraska-Lincoln, EUA, conduziram um estudo em que apuraram que a população de bactérias (microbioma) que existem no colo do útero pode propiciar lesões pré-cancerígenas de alto grau.

Não era esperado que esta influência do microbioma sobre este tipo de lesões fosse tão pronunciada. Sabe-se, no entanto, que 99% dos casos de cancro do colo do útero são causadas por infecções do vírus do papiloma humano (HPV).

Foram analisadas amostras de lesões do colo do útero de 144 mulheres da Tanzânia, país que possui uma das taxas mais elevadas de morte causada por este tipo de cancro.

Primeiramente, a equipa comparou bactérias em amostras de mulheres com e sem VIH, uma vez que há estudos que indicam que a infecção por VIH faz aumentar o risco de infecção por HPV. Detectou-se então uma maior diversidade de bactérias nas mulheres com VIH e com lesões do colo do útero.

As bactérias mais abundantes associadas às lesões de mais alto-grau incluíam as da família Mycoplasmadales, Pseudomonadales e Staphylococcus.

As bactérias Mycoplasmadales apresentavam a correlação mais evidente com a severidade das lesões. Assim, sugere-se que estas bactérias poderão promover o desenvolvimento de lesões associadas ao HPV, podendo fazer-se um pré-tratamento antibacteriano.

O post Microbioma do Colo do Útero Poderá Promover Lesões Pré-Cancerígenas de Alto-Grau apareceu primeiro em Em Forma.

]]>
0