Enxaqueca Com Aura Pode Aumentar Risco de Batimento Cardíaco Irregular

Investigadores da Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, desenvolveram um novo estudo cujos resultados associam a enxaqueca com aura, em que as pessoas têm perturbações oculares antes da dor de cabeça (cefaleia), a um aumento no risco de fibrilhação auricular.

A fibrilhação auricular consiste numa forma de arritmia em que os batimentos cardíacos se tornam irregulares. Esta situação pode causar uma acumulação de sangue no coração, podendo posteriormente formarem-se coágulos que se podem deslocar para o cérebro e causar um acidente vascular cerebral (AVC).

No estudo participaram 11.939 pessoas com uma média de idades de 60 anos que não possuíam historial de fibrilhação auricular ou de AVC. Verificou-se que 9.405 participantes não apresentavam cefaleias e 1.516 tinham enxaqueca. Destes, 426 tinham aura visual.

O período de observação durou 20 anos e durante este período os investigadores observaram que os indivíduos com enxaqueca com aura demonstraram uma propensão de desenvolverem fibrilhação auricular 30% mais elevada em relação aos que não padeciam de cefaleias, e 40% maior relativamente aos indivíduos com enxaqueca sem aura. Estes resultados foram obtidos após os devidos acertos relativos à idade, sexo e pressão arterial.

Enxaqueca Com Aura Pode Aumentar Risco de Batimento Cardíaco Irregular

Fonte: In "alert-online.com"

Etiquetas: arritmia, aura, batimento cardíaco irregular, batimentos cardíacos, cefaleia, enxaqueca, fibrilhação auricular, perturbações oculares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.