Doenças Pulmonares Na Meia-Idade Podem Aumentar Risco De Demência Posteriormente

Um novo estudo liderado por Pamela Lutsey, da Universidade do Minnesota, Estados Unidos, demonstra uma associação entre doenças pulmonares restritivas e obstrutivas e o desenvolvimento de demência, como por exemplo a doença de Alzheimer, e incapacidade cognitiva ligeira.

Foram analisados dados de mais de 14.000 indivíduos na idade adulta, com uma média de idades de 54 anos. Os participantes neste estudo foram submetidos a exames que avaliaram a saúde pulmonar e foram acompanhados durante um período de 20 anos. No final deste período, foram realizados exames de forma a detectar algum tipo de demência e incapacidade cognitiva.

No final do estudo registaram-se 1.407 casos de demência. Os investigadores constataram ainda que, relativamente a pessoas que não possuíam doenças pulmonares, os indivíduos com fibrose pulmonar idiopática e sarcoidose (doenças pulmonares restritivas) apresentavam 58% mais hipóteses de desenvolverem demência ou incapacidade cognitiva. Quando se trata de pessoas com doença pulmonar obstrutiva crónica, o risco de demência é de 33% mais elevado em relação a pessoas saudáveis neste âmbito.

De acordo com os autores do estudo, existem algumas explicações para os resultados obtidos, como o facto de as doenças pulmonares conduzirem a baixos níveis de oxigénio, afectando o cérebro ao longo dos anos.

Doenças Pulmonares Na Meia-Idade Podem Aumentar Risco De Demência Posteriormente

Fonte: In "alert-online.com"

Etiquetas: demência, doenças pulmonares, meia-idade, risco de demência

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.