Cientistas Descobrem Variante Genética Que Causa Disfunção Eréctil

De acordo com um novo estudo, publicado na revista americana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), cerca de um terço do risco de disfunção eréctil está correlacionado com factores genéticos. O investigador Eric Jorgenson e seus colegas identificaram uma variante genética que representa, só por si, 2% do risco.

Os resultados obtidos basearam-se num banco de dados de 36.649 pacientes da associação de saúde Kaiser Permanente do norte da Califórnia. Verificou-se que os homens que têm uma cópia desta variante possuem um risco maior, na ordem dos 26%, de apresentar impotência sexual. Esta percentagem aumenta para 59% nos indivíduos que apresentam duas cópias genéticas.
Existem outros factores de risco para a disfunção eréctil, nomeadamente tabagismo, obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares, podendo o tratamento destes factores reduzir o risco de impotência sexual.

“Como a região que identificamos no genoma humano parece agir independentemente desses factores de risco, o desenvolvimento de novos tratamentos que se debrucem na variação dessa localização genética tem o potencial de ajudar os homens que não respondem aos tratamentos actuais”.
Uma vez que cerca de 50% dos homens não respondem às terapêuticas actualmente disponíveis, a descoberta desta variante genética poderá ajudar a melhorar o tratamento.

Cientistas Descobrem Variante Genética Que Causa Disfunção Eréctil

Fonte: In "sapo.pt"

Etiquetas: disfunção eréctil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.