Cientistas Conseguiram Criar Anticorpos Que Travam o Aumento de Peso

  • Português

Nos Estados Unidos, uma empresa desenvolveu um anticorpo que pode actuar nas reservas de gordura, travando o aumento de peso e diminuindo o apetite em ratos e macacos. Os investigadores acreditam que esta descoberta pode ser útil nos seres humanos.

A obesidade é um problema de saúde pública que afecta cerca de 650 milhões de pessoas em todo o mundo. Em Portugal, pelo menos 30% da população tem excesso de peso.

Os dados fornecidos pela literatura mostram que o receptor do peptídeo inibidor gástrico (GIP) ou peptídeo insulinotrópico dependente da glicose é promotor da obesidade. O anticorpo desenvolvido é dirigido especificamente a este receptor.

No artigo lê-se que “administraram este anticorpo a modelos ratos obesos e descobriram que os roedores apresentavam uma redução média na massa de gordura de 37%, assim como níveis mais baixos de glicose no sangue e triglicerídeos”.
Em macacos obesos foi usada a versão humana do mesmo anticorpo (hGIPR-Ab) e constatou-se uma perda de peso significativa, efeito que foi melhorado quando se utilizou “dulaglutida” que é uma substância usada no tratamento da diabetes.

De acordo com os cientistas, “os dados fornecem uma validação pré-clínica de uma abordagem terapêutica para tratar a obesidade com anticorpos anti-GIPR”.

Cientistas Conseguiram Criar Anticorpos Que Travam o Aumento de Peso

Fonte: In "sapo.pt"

Etiquetas: anticorpos, glicose, obesidade, peptídeo insulinotrópico, receptor peptídeo inibidor gástrico

Leave a Reply

Your email address will not be published.