Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Afinal, Quantas Vezes o Paladar Pode Mudar ao Longo da Vida?

O que são exactamente as papilas gustativas? São pequenas protuberâncias presentes na língua que também ajudam a mastigar, falar e limpar a boca.

Ao contrário do que se pensa, as papilas gustativas não estão apenas presentes na língua, podendo encontrar-se elementos em toda a boca que ajudam a definir o paladar. Quando os alimentos são dissolvidos pela saliva activam receptores nas pontas das células, o que ajuda a distinguir entre o doce, o salgado, o azedo e o amargo. Estes receptores enviam sinais ao cérebro para transmitir o sabor exacto daquilo que se está a experimentar.

A idade influencia a quantidade de vezes e a rapidez com que o paladar muda. “À medida que envelhece, o seu corpo fica mais lento e regeneração de células, levando à potencial perda de papilas gustativas com o passar dos anos”, explica Helene Hopfer, médica e professora de uma universidade nos EUA.

Além disso, o olfacto também influencia o sabor, ajudando a determinar “uma construção multissensorial que o nosso cérebro” compõe “de múltiplas sensações, nomeadamente gosto, cheiro e som”, como explica Hopfer.

Na verdade, tal como a vida não é estática, os gostos e preferências alimentares também sofrem alterações constantemente.

Afinal, Quantas Vezes o Paladar Pode Mudar ao Longo da Vida?

Fonte: In "jn.pt"

Avalia este conteúdo
0/5 (0 votos)
Etiquetas: língua, paladar, papilas gustativas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.