Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Frutos do Mar

Quem nunca apreciou uma refeição feita essencialmente com frutos do mar? Certamente que já todos tiveram esse prazer.

Já todos tivemos o prazer de apreciar uma refeição com frutos do mar

Já todos tivemos o prazer de apreciar uma refeição com frutos do mar

E os frutos do mar são ou não prejudiciais à saúde de quem os consome? Esta é uma pergunta que nem todos sabem responder. Vamos então tentar perceber se devemos consumir frutos do mar à vontade ou se devemos ter precaução com o seu consumo.

Na cozinha portuguesa é frequente a presença de peixes e frutos do mar, embora Portugal não seja um dos maiores produtores do mundo. No entanto cada português consome mais ao menos sessenta quilos de peixe por ano ficando muito perto do país que detém o recorde europeu.

Os frutos do mar ou também conhecidos como mariscos são ricos em nutrientes fornecendo elementos importantes ao organismo de quem os consome como é o caso de proteínas, vitaminas e minerais. Para quem os compra é necessária a presença alguns cuidados, uma vez que os mariscos podem provocar intoxicações que podem ser mortais. É necessário estar alerta às caraterísticas organoléticas como é o caso da firmeza da carne e do cheiro que tem obrigatoriamente que ser a peixe fresco.

No que se refere à nutrição podemos falar que o camarão e a lagosta são os que têm uma concentração de colesterol mais elevada e que estes dois devem ser consumidos com moderação. Isto referem uns nutricionistas. No entanto há quem pense de forma diferente e aconselhe o seu consumo. Senão vejamos. As gorduras totais dos frutos do mar, ou seja, a soma das quantidades das gorduras polinsaturada e monoinsaturada é bem mais alta que o total das saturadas. Ao analisar este fato, a nutricionista Roberta Stella, afirma que os frutos do mar têm gorduras consideradas boas para a saúde de qualquer coração. De entre todos eles é de salientar o siri que contem 3,40 gramas de gorduras totais, o mexilhão que tem 2,25 gramas e o camarão que tem 1,73 gramas. Dos mais calóricos podem ser citados a lagosta, o siri e o camarão com 112, 107 e 106 calorias respectivamente.

Avalia este conteúdo
2.5/5 (1 votos)
Etiquetas: benefícios dos frutos do mar, camarão, colesterol, frutos do mar, lagosta, mariscos, mexilhão, siri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.