Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Altruísmo Faz Bem à Saúde Infantil

Altruísmo traz benefícios à saúde das crianças

O que os pais mais anseiam é ver uma criança (o seu filho) cheia de saúde. E se esse filho for também uma criança com bons níveis de altruísmo melhor ainda. O que muitos pais ainda não sabem é que estes dois fatores estão mais ligados um ao outro do que aquilo que se pensava até agora.

altruísmo

A maioria dos pais de hoje afirmam que é essencial o altruísmo na educação da criança, mas é necessário que elas sejam educadas nesse sentido.

Investigadores da Universidade da Califórnia nos Estados Unidos da América, afirmam que “Ajudar quem precisa e ser generoso com os outros ajuda as crianças a serem mais saudáveis física e mentalmente”. Relatam ainda que os sentimentos de bem-estar e de altruísmo resultantes da tomada de atitudes corretas são de extrema importância para que fiquem garantidas as boas capacidades de relacionamento social durante toda a sua vida futura.

Os citados investigadores debruçaram-se na realização de um estudo psicológico para se saber quais as consequências do altruísmo infantil. Rapidamente chegaram à conclusão que se deve ensinar o altruísmo às crianças a partir dos quatro anos e a mostrarem disponibilidade para ajudar quem delas precisa. Esta atitude vinda das crianças vai ser uma boa maneira para mais tarde se mostrarem pessoas mais saudáveis. O ensaio realizado com a colaboração de setenta e quatro crianças que frequentavam o ensino pré-escolar, concluiu igualmente que nas crianças de famílias que apresentavam dificuldades económicas é mais comum o altruísmo, comparativamente às crianças de famílias economicamente abastadas.

Mas as novidades não se ficam por aqui. O artigo publicado no “Psychological Science” dá-nos conta que as crianças que renunciam aos objetos, ao dinheiro ou até mesmo ao tempo a favor dos outros adquirem capacidades acrescidas para controlar os estados de ansiedade.

Jonas Miller, o líder deste estudo afirma “As nossas conclusões parecem mostrar que o altruísmo é uma boa ferramenta de promoção da saúde infantil”. Frisa ainda que os efeitos da generosidade são mais visíveis quando os atos praticados não são divulgados ou conhecidos. “É como se, desde cedo, estivéssemos programados para nos sentirmos bem e seguros quando cuidamos dos outros”.

Avalia este conteúdo
0/5 (0 votos)
Etiquetas: altruísmo, crianças, desenvolvimento inteletual, saúde infantil, solidariedade infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.