A Dieta do Guerreiro

Na dieta do guerreiro deve usar apenas alimentos saudáveis (Autor: Imagem em domínio público)

Na dieta do guerreiro deve usar apenas alimentos saudáveis (Autor: Imagem em domínio público)

A dieta do guerreiro é muito simples. Não há segredos nem nenhuns truques.

A dieta do guerreiro divide-se em duas fases: o undereating (a pessoa faz um semi jejum, onde pode apenas comer frutas e proteínas em pequena quantidade durante o dia, de forma a controlar o seu corpo para que não haja picos de insulina) e o overeating (o tempo em que a pessoa passa a comer, seguindo uma ordem estipulada).

  • O overeating deve seguir a seguinte ordem:
  • Após o treino, passado uma hora, a pessoa deve comer verduras e legumes.
  • Meia hora depois, pode passar a consumir proteínas.
  • Passado mais meia hora, já se pode comer carboidratos simples e complexos.
  • A partir daí, pode comer sem grandes restrições.

Na dieta do guerreiro a pessoa passa o dia praticamente em jejum, treina ao fim do dia e depois, durante a noite, come tudo o que deveria ter comido durante o dia.

Ao passo que durante o undereating, deve-se consumir o mínimo possível de alimentos, sendo no entanto apropriado o consumo de alguns suplementos específicos, no overeating é recomendado que se ingira mais de 3000 calorias divididas nas três refeições descritas acima.

[-] Índice de conteúdos

Como Funciona a Dieta do Guerreiro

Visto que com a dieta do guerreiro não existem picos de insulina durante o dia, o corpo passa a utilizar uma outra hormona que é o Glucagon, que é responsável por utilizar as reservas de glicose que já estão no organismo para gerar energia para as atividades.

Depois é como que se esteja a receber um bónus, porque quando a insulina baixa, sobe o GH. Assim, essa hormona estará a atuar durante períodos mais longos.

E quanto ao cortisol? Bem, é por isso que se recomenda o consumo de suplementos durante o undereating, mais precisamente a vitamina C. Você pode usar e abuse da vitamina C porque ela efetua uma pequena ação contra o cortisol e também é antioxidante. Assim, pode-se ingerir várias doses de vitamina C durante o dia.

Os principais benefícios que a dieta do guerreiro tem como objetivo são a regulação hormonal. É também importante que se saiba que se pode sentir em estado de alerta constante, ou seja, você fica bem acordado e com disposição para tudo.

Há ainda quem utilize suplementos de Glutamina, BCAA, e chá verde várias vezes ao dia para inpedir algum catabolismo na primeira fase. Assim, além da perda de gordura que se dá durante esta primeira fase, também são grandes os benefícios dos treinos aeróbicos em jejum na lipólise.

Agora, imagine fazer todas as suas atividades em jejum, inclusive o treino com pesos. Bem, nesse caso, isso já poderia ser prejudicial para a saúde. Por isso, se você quiser tentar, aconselhe-se primeiro junto do seu personal trainer que o poderá ajudar.

Organização das Refeições na Dieta do Guerreiro

Veja como pode organizar as suas refeições diárias na dieta do guerreiro, incluindo a suplementação.

Realize 40 minutos de exercícios aeróbicos em jejum, mas antes tome 2 colheres de sopa de café solúvel com uma colher de chá de guaraná em pó.

Após os exercícios tome 1 colher de sopa de café solúvel com meia colher de chá de guaraná em pó.

Ao pequeno almoço coma uma peça de fruta e tome 1g de vitamina C, 5g de glutamina, 30 g de whey sem carbo com água e 1 colher de sobremesa de óleo de linhaça.

Ao almoço coma meia peça de fruta e tome 2g de vitamina C e 5 g de glutamina.

Antes do treino, coma meia peça de fruta e tome 1 g de vitamina C, 5 g de glutamina, 5 gramas de BCAA, 5g de creatina e 30 g de whey sem carbo com água.

Logo após o treino coma uma peça de fruta e tome 60 g de whey sem carbo com água, 5 g de glutamina, 5g de creatina, 1 g de vitamina C, 5 g de BCAA e 1 comprimido de polivitamínico.

Uma hora após o treino, você pode optar por ingerir 1 prato de alface com 1 tomate inteiro, alguns bróculos, e um pouco de chuchu cozido.

Meia hora mais tarde, experimente comer 2 bifes de vitela grandes, 2 fêveras de frango, 1 omelete de 4 ovos inteiros com cerca de 100 gramas de queijo.

Passado mais meia hora, ou seja, duas horas após o treino, coma 1 grande prato de massa esparguete, queijo, torradas e mel.

Cuidados Com a Dieta do Guerreiro

Tenha apenas o cuidade de comer comida saudável. Cozinhe as carnes sem recorrer ao sal, usando antes diversas especiarias.

Não coloque sal nas saladas e como molho para a salada utilize azeite. Para a omelete use o mínimo possível de azeite.

Ou seja, você pode ingerir muitas calorias, mas estas têm que vir de uma alimentação à base de ingredientes saudáveis.

Marcado com: , , , , , , , , , , ,
3 comentários sobre “A Dieta do Guerreiro
  1. MORRIS ALBERT S TAVEIROS disse:

    Olá amigos! Parabéms pelo post. Gostei bastante do conteúdo de informações da dieta do guerreiro, porém fiquei com algumas dúvidas como: E nos dias em que não treinar o que comer? E se o treino for pela manhã como fica a dieta? Aguardo a resposta, obrigado pela atenção.

  2. wagner disse:

    muito legual essa dieta mas por favor e eu que tabalho a noite inteira 12/ 36 e treino a noite dias de folga como fazer

  3. Altair disse:

    só uma dúvida, após as duas horas pos treino termina a sequência a ser seguida na alimentação, porém temos mais 3 horas para terminar o Undereating correto ? O que comer nestas 3 horas restantes ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Forum

Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.

Acompanha o Em Forma