Como Agir Se os Animais de Estimação o Fazem Espirrar

Quando pensamos em ter um animal de estimação, olhamos para o seu aspeto adorável e pensamos que um animalzinho daqueles não nos pode fazer mal nenhum ou fazer espirrar.

No entanto, os animais de estimação podem ser um grande problema para quem tem problemas de alergia ao pêlo.

Quando pensamos em ter um animal de estimação, olhamos para o seu aspeto adorável e pensamos que um animalzinho daqueles não nos pode fazer mal nenhum ou fazer espirrar (Autor: Imagem em domínio público)

Quando pensamos em ter um animal de estimação, olhamos para o seu aspeto adorável e pensamos que um animalzinho daqueles não nos pode fazer mal nenhum ou fazer espirrar (Autor: Imagem em domínio público)

Por exemplo, os gatos podem ser animais adoráveis mas pertencem ao grupo dos indutores de alergias. Na verdade, os gatos provocam, de uma maneira geral, mais comichão no nariz do que os outros animais de estimação. Contudo, os cães, os hamsteres e outros animais peludos também podem fazer o mesmo.

Os culpados são as proteínas contidas na caspa, saliva ou urina do animal. Estas proteínas espalham-se por toda a casa à medida que o animal perambula. Infelizmente, muitas pessoas só descobrem que são alérgicas aos animais após terem adquirido um. Depois, é normal que a pessoa não queira separar-se do seu animal de estimação.

Assim, apesar de o ideal ser separar-se do seu animal de estimação entregando-o a alguém que cuide bem dele, visto que muitos se recusam a fazê-lo, vamos dar alguns conselhos para reduzir a sua exposição aos alérgenos do animal:

[-] Índice de conteúdos

Isole o Alérgeno

Se você habitar numa vivenda, o ideal é manter o animal fora de casa e quando for tratar do animal, essa pessoa deve tirar a sua roupa antes de entrar em casa, deixando-a para lavar fora de casa.

Crie Uma Área Pópria Para o Animal

Uma boa alternativa a deixar o animal fora de casa é confinar o animal a uma determinada área da casa em que o chão seja forrado a linóleo, que não tenha tapetes e nem móveis estofados.

No Quarto Só Entram Pessoas

Não deixe o seu animal de estimação ir para cima da sua cama e mantenha-o fora do seu quarto. Afinal de contas, você passa seis a oito horas por dia dentro do seu quarto. Ao manter os animais afastados conseguirá um ambiente pelo menos reduzidamente alérgico em sua casa, aumentando assim as suas hipóteses de dormir melhor.

Livre-se do Caixote do Gato

O caixote onde o gato faz as suas necessidades é uma fonte significativa de alérgenos. Assim, o caixote deve ser colocado no lugar mais isolado da casa.

Não Confie na Troca

Se você for alérgico a gatos, não é provável que ganhe grande coisa arranjando antes um cão, um hámster ou outro animal de estimação com pêlos. O mais provável é tornar-se com o tempo sensível também aos respetivos alérgenos.

Um Peixe É Uma Boa Solução

Os peixes são os animais de estimação mais seguros porque a única coisa com que a pessoa alérgica tem de preocupar-se é com o desenvolvimento de bolor no aquário. Também não é muito provável que as tartarugas, os lagartos e as cobras sejam uma fonte de alergias, embora uma pessoa alérgica possa ser sensível à sua urina e fezes.

Elimine as Pragas Nocivas

Os roedores podem ser uma fonte importante de alérgenos nas casas mais antigas. Por isso o melhor é livrar-se dos ratos e de ratazanas, recorrendo aos métodos tradicionais ou chamando uma empresa de desinfestação. As baratas também podem causar sintomas terríveis como dificuldades respiratórias, febre dos fenos, prurido, espirros, náuseas e diarreia em pessoas que vivem ou trabalham em edifícios infestados de baratas. Nestes casos, sugere-se a exterminação de pragas levada a cabo por profissionais.

Etiquetas: animais de estimação, área própria para o animal, caixote do gato, espirrar, pragas nocivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.