Como Agir em Casos de Dores de Garganta

As dores de garganta são bastante incómodas dificultando muitas vezes a simples tarefa de falar ou de comer. Nos meses em que o frio persiste elas são mais frequentes tornando os dias difíceis de suportar uma vez que provocam quase sempre bastantes dores.

Embora não seja um problema de saúde grave deve ser tratada convenientemente para que não evolua para situações bastante mais graves.

As dores de garganta são bastante incómodas dificultando muitas vezes a simples tarefa de falar ou de comer (Autor: hipponotized @ flickr)

As dores de garganta são bastante incómodas dificultando muitas vezes a simples tarefa de falar ou de comer (Autor: hipponotized @ flickr)

Estas dores podem ter várias origens podendo ser de carater infecioso e inflamatório. É necessário saber qual a sua origem e diagnóstico para que se proceda a um eficaz tratamento.

A faringite que é de origem viral e caraterizada por uma inflamação. A área da garganta atingida fica avermelhada e a pessoa refere dores enquanto fala, engole ou boceja. Pode, em casos mais graves evoluir para uma infeção que provoca placas de pus.

A amigdalite que pode ter origem bacteriana ou viral. Para além da dor de garganta a pessoa refere febres altas e mal-estar. Tal como a anterior pode também evoluir para uma infeção.

A laringite, muitas vezes confundida com uma faringite, é também motivada por um vírus. A infeção acontece na área onde se faz a produção da voz. Para além das dores, a pessoa apresenta rouquidão e tosse seca.

O tratamento da dor de garganta deve ser feito consoante o diagnóstico. Para que seja tratada convenientemente é necessário saber se a sua causa é viral ou bacteriana e um diagnóstico correto. Quanto ao tratamento, este só é adequado se tivermos a ajuda indispensável de um médico. Em qualquer um dos casos são usados os analgésicos e os antipiréticos sendo também necessário recorrer aos antibióticos se houver uma infeção presente.

Para evitar a dor de garganta podem ser tomados alguns cuidados que devem ser diários. Assim mantenha-se hidratado bebendo cerca de um litro e meio de água, não inspire pela boca, evite as mudanças de temperatura bruscas e evite o contato com fatores alérgicos.

Etiquetas: dores de garganta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.