Conheça os Sintomas do Sarampo

O sarampo é uma doença viral que aparece na maioria dos casos na infância embora possa aparecer nas pessoas já na idade adulta. É considerada uma infeção grave, cuja responsabilidade é do vírus que pertence à família Paramyxoviridae. Merece especial atenção por parte dos médicos que dão assistência, quando este ataca crianças desnutridas ou com idade inferior a doze meses.

O diagnóstico desta doença assim como o seu tratamento podem estar comprometidos devido ao fato da sua sintomatologia ser bastante parecida com uma síndrome gripal. Ainda assim é de primordial importância que se conheçam os sinais e sintomas que caraterizam esta doença:

O sarampo é uma doença viral que aparece na maioria dos casos na infância embora possa aparecer nas pessoas já na idade adulta (Autor: CDC/NIP/Barbara Rice)

O sarampo é uma doença viral que aparece na maioria dos casos na infância embora possa aparecer nas pessoas já na idade adulta (Autor: CDC/NIP/Barbara Rice)

Numa fase inicial a pessoa atingida pelo citado vírus apresenta os olhos vermelhos, um corrimento nasal esbranquiçado muito parecido com água e febre bastante alta. Mais tarde começam a surgir manchas vermelhas em toda a mucosa oral às quais se dá o nome de manchas de Koplik. Posteriormente aparecem manchas avermelhadas na pele numa grande quantidade em zonas como a face, pescoço, tronco, braços e pernas. Associado a toda esta sintomatologia surge uma grande falta de apetite e um mal-estar generalizado com cansaço fácil e persistente.

O aparecimento de todos estes sintomas pode ser dividido em três fases bem evidentes e que são conhecidas como a fase inicial, fase de remissão e fase de vulnerabilidade.

Na fase inicial surge a febre alta que acontece cerca de sete dias depois da pessoa se expor ao vírus. O corrimento nasal, a tosse e as manchas surgem também neste período.

Na fase de remissão a febre tende a diminuir assim como todos os outros sintomas. No que se refere às manchas começam a escurecer e a descamar formando um pó como se fosse farinha.

Na fase de vulnerabilidade a pessoa infetada fica muito vulnerável a outras doenças podendo surgir uma doença secundária viral ou bacteriana como é o caso das pneumonias. Isto acontece graças a uma diminuição da sua resistência.

Etiquetas: sarampo, sintomas do sarampo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.