Os Benefícios de Evitar a Masturbação

A masturbação é uma atividade cada vez mais aceite devido à propagação de material pornográfico na Internet. Do ato mais simples até ao mais obsceno e perverso, qualquer pessoa pode ter as suas fantasias realizadas num monitor em poucos segundos.

Esta transformação na obtenção de gratificação rápida origina diversas alterações no modo como o cérebro analisa o mundo e processa informação. Vamos neste artigo estudar as consequências deste comportamento e enumerar os benefícios da sua abstenção.

[-] Índice de conteúdos

Masturbação no Contexto da Evolução Humana

Quando os humanos eram caçadores-coletores e viviam em tribos existiam poucos estímulos em comparação com o mundo atual.

Os parceiros sexuais também eram em menor número o que controlava a produção de dopamina. Quantas mais são as opções sexuais maior é a produção de dopamina uma vez que o cérebro está programado, mais no caso do homem, a espalhar a sua linhagem genética com o maior número de parceiras possível [2].

A pornografia cria esta ilusão de infinitos parceiros sexuais no cérebro originando o sobre-estímulo.

Função da Dopamina no Cérebro Humano

A dopamina é um neurotransmissor libertado pelas células e enviado a outras células. Este neurotransmissor é responsável pelo mecanismo de recompensa do cérebro e a produção de vários tipos de hormonas. Qualquer tipo de recompensa aumenta a libertação de dopamina e atividades como comer, fazer sexo, socializar e dormir aumentam a produção de dopamina [1]. A maior parte dos estimulantes e drogas pesadas como as anfetaminas aumenta a produção de dopamina no cérebro criando uma falsa recompensa. Sem dopamina qualquer animal morreria à fome e sem qualquer motivação para sobreviver.

A dopamina não só é responsável pela sobrevivência do ser humano, ela também influência a obtenção de novas experiências e comportamentos de risco. Se o comportamento origina resultados desejados então uma maior quantidade de dopamina será libertada em antecipação. Esta reação era útil no tempo em que os humanos eram caçadores-coletores e havia escassez de recursos ou ameaça à própria vida.

Mas o cérebro humano está demasiado ultrapassado para o mundo moderno. É devido a isso que alguns vícios como as drogas, casinos e o álcool são bastante difíceis de combater. Neste contexto, a masturbação pode ser comparada a um vício, pois o mecanismo de libertação de dopamina é igual. O grau de dependência pode ser estimado com o nível perverso da pornografia visualizada. Assim como o toxicodependente não fica satisfeito com a inalação oral de drogas leves os viciados em pornografia não conseguem obter qualquer estímulo através do ato mais simples de sexo. Em casos mais severos as relações reais com mulheres podem ser demasiados banais, ao ponto de não originar qualquer tipo de prazer, dando origem à disfunção erétil.

Masturbação e a Disfunção Erétil

Como já vimos o excesso de masturbação com recurso à pornografia dá origem à dependência na pornografia para obter cada vez mais estimulo sexual. Muitas das vítimas deste síndrome ainda sem nome têm pouca experiência sexual e são enfrentadas com a disfunção erétil no seu primeiro ato ou com o seu primeiro parceiro sexual.

A disfunção erétil causa imensa frustração e pode assinalar o final de uma relação. Quem sofre desta patologia devido ao excesso de masturbação não sabe o que fazer pois os profissionais de saúde ainda não estão conscientes desta nova condição.

Listagem dos Benefícios de Evitar a Masturbação

Muitos destes benefícios estão interligados e relacionados com o aumento de testosterona. Todos estes sintomas são causados pelo correto funcionamento do sistema de recompensa do cérebro. Eis a lista dos benefícios:

  • Maior energia ao longo do dia
  • Maior ambição e motivação
  • Menos letargia mental e sonolência durante o dia
  • Maior concentração
  • Maior sociabilidade
  • Maior sensibilidade
  • Maior energia sexual
  • Menor ansiedade social
  • Maior propensão para a ereções fortes
  • Cabelo e barba mais grossos
  • Voz mais grossa

Se não sentir todos estes benefícios não fique constrangido! Nem todas as pessoas relatam os mesmos efeitos.

Durante o período de abstenção existe um pico de testosterona no sétimo dia.

Durante o período de abstenção existe um pico de testosterona no sétimo dia.

Benefícios do Aumento de Testosterona

Durante o período de abstenção existe um pico de testosterona no sétimo dia. Sendo que depois desse dia estabiliza mas num nível superior ao passado. A testosterona é útil!. Segue uma breve lista dos benefícios do aumento de testosterona:

  • Aumento do pénis ou clitóris
  • Aumento do libido e frequência de ereção ou aumento do volume do clitóris
  • Aumento da barba e cabelo facial
  • Gordura subcutânea na cara decresce ficando mais definida
  • Aumento de força e massa muscular
  • Intensificação da voz
  • Crescimento do maxilar, sobrancelha, queixo, nariz e remodelação do contorno dos ossos
  • Aumento da largura dos ombros e da caixa torácica
  • Aumento da energia física e mental
  • Melhor manutenção dos músculos

Como Planear a Abstenção

Não existe qualquer requisito para iniciar o período de abstenção, a não ser uma grande determinação para deixar o vício que é a masturbação.

A Primeira Semana

O grande desafio é a primeira semana sem qualquer tipo de estímulo sexual através da pornografia. Nessa semana poderá assistir a acontecimentos incomuns, como ter sonhos sexuais bastante vividos, insónia, dores de cabeça, irritação e também agressividade devido ao pico de testosterona. Tudo sintomas de uma abstinência normal.

Depois da Primeira Semana

A vontade para obter estímulo sexual será enorme uma vez que o sistema de recompensa do cérebro é bastante forte. É neste momento que as suas reservas de dopamina começam a acumular e irá a começar a sentir alguns dos benefícios da abstenção. O cérebro simplesmente usa essa dopamina em outros sistemas de recompensa tornando tudo o que já faz melhor ainda, mesmo coisas banais como comer, dormir, socializar, etc. A sua qualidade de vida começará a melhorar lentamente!

Depois do Primeiro Mês

Os benefícios começarão a cimentar e a disfunção erétil irá desaparecer no curto prazo. Tenha cuidado para não ter uma ereção em público pois agora o cérebro está muito recetível a qualquer tipo de estímulo sexual. Os seus orgasmos serão intensos e poderá ter vários no espaço de minutos.

Vídeo “Adolescent Brain Meets Highspeed Internet Porn”

Este vídeo explica resumidamente como a pornografia funciona no cérebro de um jovem.

Grupo NoFap em Português

-> Grupo NoFap em Português

Referências

[1] – Dopamine Regulates the Motivation to Act, Study Shows

[2] – Sexual arousal, the coolidge effect and dominance in the rat (rattus norvegicus)

Marcado com: , , , ,
108 comentários sobre “Os Benefícios de Evitar a Masturbação
  1. Anonimous disse:

    Cara me ajuda, se eu ficar me masturbando sem atingir o orgasmo conta como masturbação?

    • Kadi disse:

      Você não sofreria os efeitos mas…
      Esse pensamento de se masturbar sem atingir o orgasmo é seu cérebro tentando arrumar uma desculpa para não parar com o vício. E no mais, duvido que consiga se masturbar e ter autocontrole suficiente pra parar antes de ejacular.

    • Alex disse:

      E como fica, você consegue não se masturbar, mas transar com sua namorada ou esposa, isso é inevitável, como é essa questão????

      • CanalPalavra disse:

        Não há problemas em sexo real , a masturbação força o cérebro como um vicio esse sim e o problema em questão , você pode ser um ator porno , mais assistir pode ser um problema tipo assim kkkk

  2. anonimato disse:

    Muitas das coisas que vi realmente percebi serem verdades. Por exemplo, aumento de massa muscular, aumento da largura do ombro, raciocínio mais rápido, disposição para à execução de outras atividades, diminuição da oleosidade da pele, entre outros.

  3. Anonimo disse:

    cara me ajuda estou nessa vida faz 8 anos e não aguento mais isso a vontade e muito grande desde os 14 anos tive acesso a pornografia livre na internet e as fantasias mais bizarras que podem existir eu sou apaixonado mesmo aquelas que nunca existe na vida real e isso e muito difícil eu praticamente masturbo uma vez por dia assistindo os videos mais bizarros da internet e não aguento pelo simples fato que nunca tive uma ereção com uma mulher de verdade uma vez que tudo parece ruim e eu fico desanimado ja que nos videos as fantasias são muito mais eróticas e as mulheres são muito melhores e nunca consegui ter uma ereção com uma mulher nunca senti vontade de ter namorada ou namorar ou ter relacionamentos o vicio na internet e muito intenso e apesar de todos me falarem que isso vai arruinar minha vida que nunca vou criar uma família o vicio e muito bom e uma droga muito boa e me deixa muito feliz ainda mais quando eu faço nos fins de semana quando não estou fazendo musculação essa e minha experiencia e sou a prova viva de que pornografia vicia e quando eu era jovem com mais ou menos 16 anos tinha dias que ejaculava 7 vezes no mesmo dia era impressionante hoje em dia depende da empolgação e do vídeo quanto mais erótico maior as quantidades de ereções o que e difícil porque com o passar do tempo você vai assistindo tantos videos que mesmo aqueles que você era viciado antigamente passam a ficar cansativos e chatos

    • Kadi disse:

      Pelo visto a masturbação atrapalhou seus estudos também. Um texto deste tamanho sem nenhuma pontuação.
      Espero que encare esta crítica de forma positiva.
      Eu aconselho você a procurar ajuda de um psicólogo sério o mais rápido possível. Você ainda é novo e há grandes chances de tal situação arruinar o resto de sua vida.

    • luciano disse:

      Vai largando devagar, faça intervalo de um dia com todos seus esforços depois faça intervalo de 2 ou 3 dias.

    • reflita disse:

      A masturbação funciona como milhares de fotopias de todos os seus traços por isso que empata no crescimento e desenvolvimento de seu corpo e se sente fraco durante ou o resto do dia ou por dias, a primeiro desafio é apenas olhar pornografia e assistir videos e não masturbar se vc conseguir vc venceu, e pensar que enquanto a mulher ta toda linda gostosona na foto vc esta de babaca se atrofiando se matando por coisa virtual seria como cachorro no cio fundendo sua perna, tenha opinião forte e se socialise mais com as mina que sua cabeça de baixo vai começar a pensar…

    • Taygor Barbosa Pradella disse:

      Assista esse curso meu irmão, com toda certeza pela graça de Deus você deixará este mal!

      Deus te abençoe!

      https://padrepauloricardo.org/cursos/o-mal-da-pornografia-e-da-masturbacao

    • Marcos Enri disse:

      Procure um hipnólogo clínico, eu indico mais que um psicólogo porque com hipnose é possível acessar bloqueio mentais do subconsciente e até os traumas mais profundos do seu passado que te levou a ficar viciado a pornografia. A hipnose pode te ajudar, eu também tenho esse problema de ver pornografia, mas quando eu tiver algum dinheiro pretendo fazer uma sessão de hipnose clínica.

  4. brendo disse:

    Gostei muito do artigo! Parabéns

  5. anomimo disse:

    A abstinência é vista pela sociedade e falsos estudiosos como um problema generalizado causador da infelicidade, depressão, solidão, frustação, entre outros malefícios. Porém, a abstinência sexual amplia sua energia que por sua vez pode ser canalizada de maneira mais inteligente como estudar, praticar esportes, se relacionar, estimular melhor seu lado espiritual e desempenhar milhares de tarefas no seu dia-dia. Ir ao encontro do pensamento midiático que é demasiado estrábico pode conduzi-lo ao abismo. Digo isso por ter pesquisado como “leigo que sou” milhares de fontes sobre o assunto e sempre esbarro em opiniões parecidas, abstinência é ruim. Por isso, sugiro as pessoas que lerem o excelente artigo acima apenas fazerem um teste e depois darem seu comentário pessoal.

    Somos humanos não animais nossos supostos instintos naturais podem ser controlados.

  6. Marcos disse:

    Olá bom dia,
    Gostei muito do texto era exatamente o que eu procurava. Gostaria de saber uma coisa, você falou sobre a questão da abstinência da masturbação e do prazer relacionado a pornografia e que depois de uma semana o individuo alcança um pico de testosterona.
    Tenho três dúvidas: 1) O ideal seria somente cessar o ato de se masturbar ou o ideal seria parar tanto de se masturbar quanto de assistir pornografia (sem masturbação)? 2) o testosterona alcança um pico de uma semana, depois quando ele se estabiliza ele fica perto do pico ou acima do nível que o individuo possuía antes? e por fim a mais importante 3) a abstinência de masturbação é diferente da abstinência de sexo? ou seja, se o homem parar de se masturbar mas continuar a fazer sexo na mesma frequência que fazia antes ou começar a fazer até mais sexo do que antes, vai alcançar os mesmo efeitos relacionados acima, é claro que respeitando cada ser como individuo ?
    Obrigado desde de já conto muito com sua resposta.

    P.S: seu artigo trouxe motivação e mais, tenho que relatar que sentia alguns dos problemas acima na minha vida, como por exemplo, problemas no estudo, trabalho e baixa energia, achava que era psicológico ou tb fisiológico, mas agora acredito que era mais fácil de encontrar o problema do que eu imaginava. Obrigado mais uma vez.

    • Gabriel Montanari disse:

      Acredito que a pornografia traz mais malefícios do que a masturbação, mas o ideal mesmo seria cortar os dois. O vício em pornografia seguido de sessões masturbatórias, diminui a sua motivação até mesmo para realizar atividades simples do cotidiano, como por exemplo trabalhar, estudar, praticar esportes etc. Além do mais, assistir pornografia constantemente diminui o seu prazer e a sua vontade em “caçar” mulheres de VERDADE, já que o seu cérebro se acostumou a ter estímulo apenas com fantasias.

    • jedi disse:

      O ideal seria não acessar videos pornos e se acessar não se masturbar mas mesmo assim, só o fato de apenas assistir o seu cérebro produz dopamina te deixando exitado e ansioso. abra o calendário do seu computador e coloque em todos os sábados “Eu Venci” assim você terá mais força de cumprir com a meta e toda vez que vc pensar em porno abra o youtube e veja videos de comédia, pegadinhas etc. assim o fogo da masturbação vai embora. depois de uma masturbação e passado 4 dias seu cabelo pode começar a cair bastante mas isso é devido ao pico de testosterona na corrente sanguínea, nesse caso se tiver coragem raspe a cabeça e proponha de não bater punheta até seu cabelo crescer tipo uns 2 meses só faça uns retoque vc sentira uma enorme diferença.
      3) se masturbar é igual sexo todos os efeitos da masturbação acho que ocorre no casal a diferença é vc ficara careca casado e não solteiro kkkkk

  7. Peregrino Ngusso disse:

    Ola boa tarde sinto-me sem jeito e reprovado, só um jovem com 22 anos a 8anos q vivo me masturbando, de tanto me masturbar pensei em ter uma namorada, apos ter conseguido mesmo assim não consigo largar o vicio. Que faço? Me Ajudem, quando me relacionava com ela, tinha ejaculação precose, fui a farmácia e receitaram-me ‘venegra Plus’ passei a tomar ate q um dia desses tive perca de ereção dentro da vagina, e até hoje me absti dela sinto q tenho disfunsão erectil. E se, q faço? temo o facto de nunca puder ter filho, ou até mesmo satisisfazer uma mulher,please helpe-me.

    • neto disse:

      cara, me chama no whatsapp q eu te ajudo. Tenho um grupo só de homens q podem te ajudar também. (81) 86743120

    • Ebete disse:

      Olá amigo…
      Estive lendo esse artigo e posso dizer a todos vocês por experiência própria que vivenciei quase tudo o que está escrito aí.
      Pra resumir, tenho 42 anos, era casado com uma linda mulher, alta, bonita, sensual, simpática, boa de cama e tudo mais, e mesmo assim não largava a pornografia e a masturbação. Cheguei ao ponto de querer fazer com ela as fantasias que via na pornografia e a qualidade das minhas ereções quando ia ter sexo com ela diminuiu bastante. Quando ficava uns 4 a 5 dias sem me masturbar, parecia outro homem na cama com minha esposa e ela percebia.
      Conclusão: Passei a ficar nervoso e brigar com minha esposa, às vezes preferir a masturbação e a pornografia ao invés de ter relações sexuais com ela, e no fim veio a separação.
      Estou compartilhando uma experiência verdadeira vivida por mim e que foi a ruína do meu casamento, não deixem esse maldito vício acabar com a felicidade de ter uma família e qualidade de vida, acabar com vocês.
      Hoje estou reconstruindo minha vida e com a minha ex-esposa que está aos poucos voltado e vendo em mim um novo homem. Não quero nunca mais mergulhar nesse universo de engano e mentiras que é a pornografia e a masturbação.
      Um abraço a todos e desejo sucesso no abandono dessas práticas.

    • Tiago disse:

      Ola,
      Pela ultima frase eu te dou o diagnóstico meu amigo, “please helpe-me”, tudo indica que é um caso comum de viadagem aguda.
      Att.

  8. alex disse:

    Bom dia. Queria primeiro parabenizar-lhe pelo trabalho feito sobre um assunto tao incognito. Tive a oportunidade de experimentar todos plenos beneficios das praticas supra-mencionadas, devido um longo periodo de abstençao. Fiquei preso por um longo periodo de anos e regime prisional nao permitia visitas intimas, muito menos outros tipos de lazeres, como alcool ou drogas, apesar q o resto de sistema penitenciario brasileiro oferece essas branduras para os hospedes(clandestinamente, claro…). Muito interessante vc ter mencionado força mental criada atraves dessas tecnicas pois isso eu considero a parte mais importante da experiencia. O resto dos beneficios ja foram muito bem mencionados no seu artigo e nao e necessario comenta-los pois sao visivelmente experimentados apenas depois algumas semanas. Minha pergunta seria relacionada praticamente ao grafico apresentado. O nivel de testosterona estabelecido depois da pratica e possivel derrubar com a atividade sexual excessiva, o q praticamente abalaria os beneficios atingidos, e outra, conforme aumentando a idade da pessoa o tempo de realizaçao nao expandir-se-ia ja q a produçao diminui naturalmente. Obrigado

  9. Selemar disse:

    Sempre que eu parava de me masturbar por alguns dias eu me sentia bem mais disposto, confiante, meu raciocinio ficava mais rápido, eu me sentia um Tigre pronto pra caçar mulheres na balada, era como se elas fossem apenas um objeto pra mim. Porém eu sempre tinha uma recaida olhando videos pornograficos, dai eu me masturbava e me sentia lerdão, sem vontade pra nada, ficava com sono o dia inteiro, e muito preguiçoso. Mas apartir de hoje, isso vai mudar, chega! Não dá mais. Eu vou parar de me masturbar, isso é uma meta de agora pra frente.

  10. Eduardo Rodrigues disse:

    Eu já fiquei 94 dias sem ejacular. Saiu amarelo como catarro.

  11. ytalo disse:

    Eu gostaria de saber quanto tempo tenho que ficar se me masturbar?

  12. Ebete disse:

    Olá pessoal saudações a todos.
    Estive lendo esse artigo e posso dizer a todos vocês por experiência própria que vivenciei quase tudo o que está escrito aí.
    Pra resumir, tenho 42 anos, era casado com uma linda mulher, alta, bonita, sensual, simpática, boa de cama e tudo mais, e mesmo assim não largava a pornografia e a masturbação. Cheguei ao ponto de querer fazer com ela as fantasias que via na pornografia e a qualidade das minhas ereções quando ia ter sexo com ela diminuiu bastante. Quando ficava uns 4 a 5 dias sem me masturbar, parecia outro homem na cama com minha esposa e ela percebia.
    Conclusão: Passei a ficar nervoso e brigar com minha esposa, às vezes preferir a masturbação e a pornografia ao invés de ter relações sexuais com ela, e no fim veio a separação.
    Estou compartilhando uma experiência verdadeira vivida por mim e que foi a ruína do meu casamento, não deixem esse maldito vício acabar com a felicidade de ter uma família, e qualidade de vida acabar com vocês.
    Hoje estou reconstruindo minha vida e com a minha ex-esposa que está aos poucos voltado e vendo em mim um novo homem. Não quero nunca mais mergulhar nesse universo de engano e mentiras que é a pornografia e a masturbação.
    Um abraço a todos e desejo sucesso no abandono dessas práticas.

    • Willian disse:

      Excelente experiência compartilhada. Agradeço o autor da matéria bem como esse comentário.
      Tenho 39 anos e me masturbo desde os 14. Nunca interrompi o vício e agora vejo que sem dúvidas ele foi o precursor de vários males em minha vida.
      Desde a baixa estima em relacionamentos, adicção a outros vícios e excesso de carência afetiva, até os resultados que foram relacionamentos afetivos problemáticos e conforme o comentário, distorções sexuais em fetiches e fantasias de mundo pornográfico, fazendo com que uma relação sexual não fosse expressão de amor ou de carinho e cumplicidade, mas sim apenas mais uma sessão de masturbação com a presença de um corpo. Estou na luta, vou completar uma semana sem masturbação, um relacionamento destrutivo no qual eu estava inserido chegou ao fim e hoje as abstinências da masturbação e da presença da pessoa que instigava as fantasias e desejos também me causam incômodo. Porém, além de ser a falsificação de qualquer sentimento de amor ou cumplicidade, sugava meu tempo, saúde e até mesmo a dignidade, pois nos tornamos dependentes desse vínculo.
      Parabéns e obrigado pela matéria novamente.

  13. Gabriel disse:

    Estou aqui para parabenizar o autor do post e relatar minha experiência pessoal. Quando eu era moleque, sempre tive uma enorme disposição pra tudo, mas com 16 anos tudo mudou. Me tornei um preguiçoso, sem motivação pra nada, não conseguia me relacionar com as pessoas, e mais pra frente cheguei até a abandonar a academia e trancar um curso na faculdade. Foi ai que eu percebi, aos 16 anos começei com a maldita masturbação compulsiva, batia umas 4 punhetas por dia. Hoje tenho 20 anos e parei com a masturbação, posso afirmar que me sinto outra pessoa, minha motivação e vontade de viver aumentaram muito, tenho mais disposição para realizar as atividades do cotidiano, finalmente consigo chegar nas garotas e me relacionar e voltei frequentar uma academia. Tudo na minha vida melhorou. Desejo sucesso a todos e abandonem esse maldito vício.

  14. Psychedelic Vibration disse:

    Para quem tem dúvidas sobre o que o artigo fala, basta ver os depoimentos. E aqui vai mais um. Ao me masturbar me sinto cansado e sem disposição. A masturbação é um vício que se alimenta em ilusões e nos afasta dos relacionamentos. O que a indústria pornô nos mostra é falso. Nosso pênis fica pesado e nossa energia e virilidade são dissipadas com essa prática. Trata-se de um prazer egoístico e, por isso, destruidor. No tantra, muitos praticantes desenvolvem o orgasmo interno, não ejaculando durante o sexo. Para isso, desenvolvem a força no períneo e o pênis fica mais forte.

  15. sebastiao pau grande disse:

    me martubava a 25 anos….agora só pratico sexo tantrico.

  16. Santos disse:

    Tenho uma duvida, me masturbo a muito anos desde os 13 anos, e faz pouco tempo que estou tentando parar com essa prática, e consigo ficar no máximo duas semanas sem me masturbar, mais não estimulo o pênis, fico com ele ereto e ejacula sozinho, será que com um tempo consigo ficar mais tempo na abstinência, e do jeito que acontece como descrevi aqui, continuo com os benefícios que estão descrito no artigo?

  17. Alex disse:

    Olá Emanuel

    Tenho 41 anos e me masturbo desde os 13 anos, depois de ler seu post já estou a 5 dias sem me masturbar e me controlando bem apesar de ter ereções noturnas que quase me levam a me masturbar, tive alguns problemas com ereção devido a ansiedade enorme no momento do sexo, ai pra compensar a decepção depois que deixava a garota me masturbava, é terrível essa sensação, confesso que esses 05 dias já senti uma diferença, não estou tão cansado e estou com muita vontade de transar com uma mulher, o que eu gostaria de saber é se após os 07 dias eu transar e quebrar a abstnência de ejacular como ficariam os níveis de testosterona, caem drasticamente como no gráfico, caem menos ainda que o gráfico?? Se puder responder agradeceria pois quero uma vida normal sem masturbação, só com sexo mesmo. Obrigado

    • Alex,

      Basicamente depois da ejaculação voltas ao estado inicial de testosterona baixa.

    • Bruno disse:

      Cara,uma coisa é você gastar seu sêmen com masturbação e pornografia,depois do ato você se sente um bosta,por não ter capacidade de transar de verdade e ficar nesse vício maldito,fica desanimado,preguiçoso,sonolento,e consequentemente com raciocínio mais lento e sem motivação pra quase nada.. … Agora se você gasta seu sêmen com uma mulher de verdade a satisfazendo-a com toda sua energia sexual acumulada devido a ficar vários dias sem se masturbar,você verá uma diferença enorme,se sentirá um Leão,um verdadeiro macho alfa pois o cérebro do homem reconhece que transar é muito mais satisfatório do que se masturbar,e realmente é,você se sentirá melhor pois foi capaz de realizar aquilo que você tinha vontade de realizar após se masturbar com pornografia e não conseguia por causa do vício….. E consequentemente você terá um controle muito mais poderoso na sua mente que não lhe deixará ficar pra baixo após ejacular durante um sexo bem feito…. Gastar sêmen com pornô é furada….

  18. luciano disse:

    A melhor coisa que eu fiz foi me masturbar, digo isso porque parei de assistir pornografia e me masturbo equilibradamente, 1 vez por semana(ou faço sexo sqn).
    Eu estava no sexto ou setimo dia de abstinencia no trabalho e me sentia muito fadigado, resolvi ir ao banheiro mijar mas fiquei mais tempo pra fazer voce sabe oque e quando sai de la me senti uma nova pessoa.
    Se voce pesquisar sobre nofap e reboot vai notar que sempre tem um grupo de pessoas que ao inves de se sentir motivado apos começar a abstinencia eles se sentem depressivos e só voltam ao normal após se masturbar, bem, esse é o meu caso. Ao esperar 7 dias(conhecido como 7 day cycle):

    Sua testosterona sobe muito

    Seu aparelho sexual se recupera totalmente desde da ultima festinha(Voce não fica com o peru dolorido e dormente)

    Voce acumula mais esperma pra dar aquela esporrada no chuveiro

    Voce fica tão mais excitado que não precisara de pornografia pra ficar duro como pedra.

    O orgasmo é tão intenso que suas pernas entram e convulsão e voce da risadas(Eu recomendo que voce organize uma hora e lugar pra isso por motivos obvios)

    Apos o ato voce nao fica com aquela depressãozinha vendo seu pau murchar.

    Logica:

    Se seu pinto funciona é porque usar ele faz parte da sua vida

    Se seu corpo leva um tempo pra se recuperar totalmente de algo, porque não esperar?

    Abstinecia sexual não faz bem, pesquise.
    —————-

    Detalhes particulares:
    Apos o orgasmo aquela sensação ficou comigo nos dias seguintes como se meu corpo e mente estivessem felizes e eu consegui trabalhar sem nenhuma fadiga, mesmo com o corpo cansado e musculos doloridos é como se cada pequeno desafio de uma tarefa me excitassem, isso é a motivação que eu queria.

    • Sam disse:

      Creio que a proposta do autor dessa matéria não seja a abstenção TOTAL, como vc dá a entender em seu comentário, mas sim o excesso da prática! Tudo que é excessivo faz mal!Uma vez por semana é normal, e não acho que deve ser considerado viciado quem pratica essa frequência (1 vez na semana).

    • Eduardo Souza disse:

      Parabéns pelo comentário, eu fiquei um ano sem me masturbar, isso me fez muito mal, pois quando fui ter relações, ejaculei sem nem penetrar, isso me deu ansiedade e meu penis nao ficou ereto, passei vergonha kk meu esperma ficou com um mal odor.
      Então comecei de novo com a masturbação e voltei ao normal, mas masturbação sem pornografia.

  19. Vieira disse:

    Tenho 22 anos e me masturbo desde os 12. Mandei a primeira transa aos 19 e nunca atingi o orgasmo dentro da vagina porque só ejaculo com a pressão da mão que é diferente da pressão da vagina. Depois de ler o artigo e os comentários não pretendo voltar a fazê-lo. A minha pergunta é: se largar de vez o vicio de masturbar será que ganho sensibilidade para atingir o orgasmo dentro da vagina?
    Obrigado

  20. Mario disse:

    ola. tenho 41 anos. desde os 13 anos q m masturbo. 1, 2 a 3 vezes por dia. desde os 20 anos q vejo muita pornografia. nao tenho namorada faz 3 anos. atribuia isso ao fato de ser estrabico. ou seja n tenho namorada porq sou feio e ninguém m quer, estao vejo porno e satisfaco-me sozinho. mas estou um pouco farto. gostava de parar com isso. levo 4 dias de abstinencia. hoje tenho os tintins a arder. esta dificil de aguentar. q devo fazer? parar de uma vez ou parar aos poucos?

  21. Thiago disse:

    Não sei se você ainda responde comentários, mas enfim, vou tentar. Eu tenho barba só nas costeletas e queixo. Me masturbo todos os dias no minimo duas vezes.

    Gostaria de saber quanto tempo devo ficar sem me masturbar para que brotem novos fios de barba em mim. Quero muito ter uma, e por ela, eu tento vencer esse vicio. Estou realmente determinado, se for o caso.

    Uma vez fiquei exatos 30 dias sem ejacular(eu me masturbava, mas não chegava ao ponto de ejacular). Na época eu não tinha barba então não tive resultado nenhum. Esse nem foi o motivo pelo qual fiquei sem.

    Respondendo ou não, obrigado pelo texto. Vou tentar.

  22. SERGIO disse:

    Bem aqui vai a minha opiniao.

    Tudo é saudavel desde que seja feito com moderaçao.

    Sou casado, sou apreciador de pornografia, e masturbo-me.

    Não me levem a mal o que vou dizer mas não concordo com este post.

    Ora vamos a factos (comigo)

    . Nao passo mais de 36h sem um orgasmo, seja masturbação ou sexo.
    . Tenho 39a e nunca tive stress com relações sexuais, pelo contrario, como me masturbo consigo controlar os movimentos quanto estou com a minha esposa, e como faço para demorar “mais tempo” ela adora…
    . Sempre tive cabelo e barba (neste topico nem comento o autor).
    . Sou uma pessoa de sucesso, trabalho numa empresa multinacional, sou gestor comercial e Energia é o que nao falta 😉 como faço vendas essas dopaminas estao sempre no meu cerebro.

    e claro se uma pessoa nao se masturbar, tens ejaculações mais fortes, a erecçao é mais rapida, mas também o sexo com a parceira é rapido, lembram-se quando elas dizem JAAAAA???!!!! QUE CHATICE

    Pois, e acreditem que sei do que falo, pois ja tive com algumas casadas.

    Resumindo, este post é respeitável, mas não serve para nada, princilpalmente quando afirma que o cerebro humano esta desactualizado, essa é de rir…

    A teosterona causa irratibilidade e ansiedade, derivado a isso é que os homens são mais agressivos dos que as mulheres, assim como mais sexuais.

    A melhor maneira de controlar essa agressividade de uma forma natural é através do sexo, por isso, se um homem se masturba muito, tem mais controle nas emoçoes e nos pensamentos, resumindo pensa mais nas suas acções…

    Um homem 2 semanas sem 1 orgasmo???
    Um gajo ate sobe as paredes… so pensa nisso, sexo, sexo, sexo…

    Por isso vejam a masturbação como um treino e controle.

    Estar a dizer que é um vicio? nao concordo… lamento.

    Ate porque estudos recentes, mostram mais vantagens do que desvantagens.

    Mas é a minha opiniao…

    • Antônio disse:

      Cara concordo com vc… eu já fiquei com abstinência de ejaculação com o objetivo de conseguir melhor hipertrofia na academia. E de fato fiquei mais disciplinado e tivê melhores resultados.

      Daí comecei a namorar e transar. Os resultados foram ainda melhores. Mas acabei mudando de cidade e voltei a me masturbar. Minha vida começou a andar pra trás até que eu percebi que o problema era o vício em pornografia pra suprir a distancia e falta de sexo e não a masturbação.

      Hoje namoro transo e me masturbo antes de dormir quase todos os dias. Antes eu tinha problemas com insônia. Evito assistir pornografia e se o faço evito coisas muito fetichadas e surreais pois isso obviamente causará frustração por não serem realizadas.

  23. nuno disse:

    Eu gosato de masturbar me e posso dizer que são mais os beneficios …..para a carteira $$$ , doenças sexualmente transmissivieis , stress , sono , bem estar e até pode ser que ajude muito noc cancer da próestata , agora tudo depende da forma como isto é feito como tudo na vida o que é feito em excesso pode nocivo . vou continuar sempre a masturbar me até que minha mão deixe …

  24. Lucas nair rosevaldo disse:

    Parabéns pelo seu trabalho, acho que está muito bom, mas eu tenho uma dúvida, é o seguinte, se eu masturbar, mas quando sentir que estou quase ejaculando, se eu parar, mas não sair nada, isso baixa a testosterona também?

  25. Marcilio disse:

    Hoje dou grasas a Deus por nao me masturba.
    Masturbacao e a pior coisa do mundo ela e a pornografia

  26. Jorge disse:

    O ideal então não seria manter o hábito da masturbação 1 vez por semana por causa dos picos de testosterona a cada 7 dias (e a queda, logo em seguida)?

  27. Heleno disse:

    Foda fiquei um tempo sem se masturbar, mas acabei sonhando que estava transando e gozei acordei todo melado… nao adiantou nada, por que isso aconteceu?

    • Rogério Cavalcante disse:

      Heleno, ejacular dormindo se chama polução noturna. Isso é normal e serve para aliviar a tensão causada pela abstinência.

    • Bruno disse:

      Heleno isso está escrito na bíblia e já aconteceu comigo também. Até dormindo ..que coisa em. Eu já fiquei mais de um ano se me masturbar aí quando eu estava dormindo isso aconteceu.

  28. André Cezar disse:

    Estou a 4 dias sem se masturbar, fazia isso dez do 14 anos eu já tentei parar varias vezes e sempre na segunda semanas ejaculava dormindo, estou indo bem até agora espero não falhar de novo. (ates quando tentava parar eu não sabia do benefícios, Valeu por ajudar. tem comentários acima falando que teu post esta errado, tipo o SERGIO que disse que é saudavel com moderação mais não percebeu que a maiorias das pessoas que comentaram são pessoas que não conseguem ficar uma semana sem se masturbar que estão longe da moderação.

  29. kc7 disse:

    Quando os testiculos estão cheiu se chama poluição noturna

  30. luciano silva disse:

    eu sou viciado na pratica mas venho fazendo um grande esforço pra abandonar.a 15 anos atras comecei a ter reaçoes inesplicaveis ,como sensibilidade a luz,comecei a rir sozinho sem parar e comecei tambem a ter difilculdade de falar e montar as palavras.talves o periodo mais critico foi entre 2004 e 2008,quando fiz primeiro grande esforso para abandonar a pratica,quase fiquei curado ,mas minha determinaçao durou apenas tres meses,desde entao os sintomas voltarao com força,fiz aquela abstinencia de novo ,mas jamais consegui o resultado da primeira vez,me tornei muito nervoso.a pouco tempo iniciei uma nova luta determinada e apesar de todos os sintomas descritos ai acima melhorei um pouquinho ,e hoje aos 4 meses de abstinencia enfrento uma terrivel irritabilidade e fotofobia.e so eu estar no meio de um monte de gente pra sentir vontade de rir,ate fico pensando se vou me livrar disto ,e nao sei se exista algum tipo de tratamento medico pra isso.

  31. G.N. disse:

    A masturbação é um hábito espiritualmente nocivo que estimula pensamentos que levam ao egocentrismo e corrompem a mente.* Quem pratica a masturbação pode também passar a considerar os outros como meros objetos sexuais — apenas um meio para obter satisfação sexual. O sexo acaba sendo não um ato de amor, mas um mero estímulo que dá prazer momentâneo e alivia a tensão sexual. Mas esse alívio dura pouco. Na verdade, em vez de ‘fazer morrer os membros do corpo com respeito a imoralidade sexual, impureza e paixão desenfreada’, a masturbação os excita. — Colossenses 3:5.
    O apóstolo Paulo escreveu: “Amados, . . . purifiquemo-nos de toda imundície da carne e do espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus.” (2 Coríntios 7:1) Se, para você, obedecer a essas palavras é uma luta, não se desespere. Jeová está sempre “pronto a perdoar” e a ajudar. (Salmo 86:5; Lucas 11:9-13) Na verdade, a consciência pesada e os esforços para largar o hábito — apesar de eventuais recaídas — são indícios de uma boa atitude. Lembre-se também de que “Deus é maior do que o nosso coração e sabe todas as coisas”. (1 João 3:20) Deus vê além dos nossos pecados; ele vê a pessoa como um todo. Visto que sabe tudo a nosso respeito, ele nos ouve com compaixão quando sinceramente lhe pedimos misericórdia. Portanto, nunca se canse de buscar a Deus por meio de orações humildes e sinceras, como um filho que recorre ao pai quando passa por dificuldades. Jeová o abençoará com uma consciência limpa. (Salmo 51:1-12, 17; Isaías 1:18) É claro que você precisa tomar medidas positivas em harmonia com suas orações. Por exemplo, precisa se esforçar para evitar toda forma de pornografia e as más companhias.*
    Se seu problema com a masturbação continuar, converse com seu pai ou sua mãe ou com um amigo espiritualmente maduro que se importa com você.* — Provérbios 1:8, 9; 1 Tessalonicenses 5:14; Tito 2:3-5.

  32. Bruno disse:

    Realmente masturbação e pornô é um mal desnecessário,eu já fiz vários testes em baladas,quando vou na balada sendo que me masturbei na noite passada,fico tímido,preguiçoso,sem vontade de chegar nas mulheres,isso é frustante… Mas quando fico vários dias sem me masturbar é impressionante,viro outro homem,virilidade fica acima do normal,chego nas mulheres tão naturalmente e arrumo intimidade tão fácil que parece que conhecia ela a anos,vc se sente um macho Alfa completamente mais poderoso tanto na balada como em qualquer outra tarefa na vida,até nas mais simples como levantar mais cedo e disposto para resolver os problemas cotidianos..

  33. Matheus Andrade disse:

    Olá, ja passei da primeira semana de abstinência, mas ocorreu a polução noturna, sonhos que antes quase nunca ocorriam, sonhos sexuais bem reais que levaram a isso, não sei se ocorre, mas meu psicológico me diz que ao ejacular involuntariamente eu estou perdendo testosterona e isso me deixa meio pra baixo, polução noturna pode acarretar perda parcial de testosterona? se ocorrer mais vezes na minha caminhada da abstinência? kkk

  34. Anônimo Blh disse:

    Olá, gostei muito do artigo… ontem resolvi que me masturbaria pela última vez, estou focado pra conseguir largar isso de vez… sou virgem, a primeira vez que tentei uma relação sexual broxei (não sei pelo fato de ser viciado em pornografia ou nervosismo)… acha que largando agora (depois de tanto tempo se masturbando) o problema de disfunção sera evitado?

  35. Anonimo disse:

    Eu quero abandonar esse ato. Esta acabando comigo. Eu sinto mais fraco,com menos força,muita sonolência durante o dia. Mais desanimado. Isso com certeza esta me deixando muito lerdo e desanimado. Na ultima vez fiquei 20 dias sem me masturba e notei uma diferencia enorme: estava mais animado,menos sonolência,notei que minha voz estava mais grossa,notei que eu tinha mais força,estava menos tímido, notei que tambem que eu estva mais agil

  36. divorciada disse:

    Olá fui casada mas acabei por me divorciar exactamente porque o meu marido masturbava-se e depois já não tinha mais energia, via pornografia e isso foi um vicio que arruinou a minha vida.

  37. miguelxl disse:

    De facto faz sentido isto do ciclo de testoesterona. Pensava que tinha um problema, não de ejeculação precoce, mas sim o oposto, tardia. A principio me achei um machao, simplesmente nao estava a pegar as mulheres que consideraria mais excitantes para mim, ou q simplesmente teria de subir a fasquia, conseguindo apenas atingir a ejeculaçao em situaçoes mais arriscadas (medo de ser apanhado no ato), ou de fato quando estava obstinente à algum tempo. Depois comecei a sentir que não conseguia satisfazer as minhas parceiras e elas também se sentiam mal por não me conseguirem fazer atingir o orgasmo. Mas isso acabou sempre por Algo se passa com este mundo, no que diz respeito as obscenidades, desde muito novos que somos iniciados nessa materia mas pouco sabemos sobre as consequencias que a pornografia faz enquanto estamos na pre adolescencia ou ate mais cedo.. Faz falta, mais, educaçao sexual nas escolas, para podermos ser felizes em casal e sobretudo com nos proprios e em sociedade..

  38. Dr.Leonardo Hoffmann disse:

    No texto aí não fala, mas o mesmo artigo científico que fala sobre o aumento do pico de 7°dia nos níveis de testosterona, fala também que existe uma queda brusca no 8°dia, no entanto, 03 semanas sem sexo/masturbação, há um aumento elevado nos níveis de testosterona, e esse aumento se mantém até que aja a quebra abstinência sexual.
    Fonte: http://www.increase-testosterone.info/sex-abstinence-and-testosterone/

  39. Eu só queria saber se fazer sexo com uma mulher pode acontecer esses mesmo efeitos se eu fosse viciado em me masturbar. Estou a 2 semana sem me masturbar e notei muita diferença.
    Eu parei definitivamente mais se eu fizer sexo com uma
    Mulher pelo menos 2 vezes na semana isso pode ajudar ou atrapalha com meus ganhos

    11960824675 gostaria de saber

  40. Luís Matias disse:

    Eu não tenho namorada e isso faz-me masturbar!Quando penso em certas mulheres atraentes que eu conheço a tirar mini meias finas,meias de liga ccomeço logo a bater uma punheta á conta delas e ás vezes fico logo cansado e prefiro bater do que dormir!E faço isso porque queria estar com uma delas,e parece que não faz sentido e ás vezes sinto-me aliviado,mas não tem prazer estar sem elas.

  41. Renan disse:

    Olá a todos,bom,tenho 16 anos (comecei a masturbação dos meus 12 pra 13 anos) e (sim eu sou virgem)e lendo esses relatos de pessoas que estragaram o relacionamento e a vida no geral.Decidi excluir
    tanto a pornografia quanto a masturbação da minha vida.Obrigado a todos que compartilharam suas experiências válidas
    Vocês são demais!
    Ps:Voltarei aqui neste site depois de 1 mês pra lhes dizer como está indo minha experiência,o primeiro dia está sendo hoje então….até 11 de agosto.

  42. Jefferson disse:

    A masturbação com frequência,pode levar o individuo a ter problemas com ejaculação retardada ??

  43. João disse:

    Tenho 20, e estou aprisionado na masturbação há mais de 7 anos.
    Todo dia me masturbo e isso complica demais minha vida, até mesmo na realização de meus sonhos!
    O período de abstinência chegou em minha vida e preciso resgatar todo o tempo em que perdi.

    Uma pergunta: posso começar a abstinência, assistindo à vídeos eróticos, mas sem me masturbar? Isso pode me dar controle?

    Sobre seu post: magnífico.

  44. igor oliveira disse:

    eu sou exemplo disso, eu me masturbava todos os dias, teve uma vez que fui transar com uma mina e falhou, no minimo crescia meu penis depois broxava,passei vergonha de mais pq ela trabalhava comigo e as fofocas com as amgs dela so me trouxe angustia, eu tambem sinto muito ansiedade social e sem confiança, eu vou seguir este conselho vou parar por um mes e vou evolui minha transa. vou voltar boladao de pau duro

  45. Caíque. disse:

    olá, já li em uma reportagem que se não usar o pênis ele diminui, isso é verdade, ???

    http://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/falta-de-uso-pode-fazer-penis-diminuir-2-centimetros-diz-jornal/

  46. Fagner disse:

    Olá a todos. Tenho 22 anos e quero compartilhar a minha experiência também. Em janeiro deste ano eu resolvi parar de consumir pornografia de qualquer tipo (filmes, hentais, imagens, gifs, contos eróticos, etc.) e tenho conseguido manter-me assim. Posso dizer dois efeitos que isso causou. O primeiro é que eu passei a ter mais interesse em mulheres reais e “normais”; quero dizer, as mulheres na pornografia tendem a se encaixar no mesmo padrão de corpo bem definido, depilado, sem imperfeições, etc. Nem todas as mulheres são assim na realidade. O segundo ponto é que eu me sinto bem e orgulhoso por ter conseguido livrar-me deste hábito. Pornografia é uma ilusão, pessoal. Larguem disso. Pode ser difícil no começo, mas depois de alguns meses se torna uma questão de orgulho mesmo: você simplesmente não quer retroceder porque conseguiu chegar longe. Apesar disso, não parei de me masturbar. Em parte porque não tinha um motivo definido para tal. Contudo, a frequência com que masturbo caiu bastante. Sabe, às vezes você nem tá com vontade, mas não tem nada a fazer, colocar um pornô e acaba batendo uma. Sem pornografia esse tipo de situação para por completo. Agora tomei a decisão de parar com a masturbação. Estou há uma semana e já sinto os efeitos: aumento na atenção; aumento na assertividade (você fica mais “direto” na hora de fazer as coisas); aumento na agressividade (o que no meu caso é bom, já que sou calmo até demais); fico excitado com mais facilidade; observo as mulheres na rua (o que não acontece quando me masturbo); aumento na energia e aumento na seriedade (sou um tanto “infantil”). Ainda não decidi se vou parar com esse ato por completo ou se vou me masturbar de vez em quando. Enfim… Quero só deixar algo para vocês refletirem. A vida moderna cercou o homem de facilidades, o que tem seus benefícios e malefícios. A pornografia é uma delas. Mas o que dá graça a vida é justamente os desafios e as conquistas. Por isso não se contentem com uma ilusão. Boa sorte a todos!

  47. Zeca disse:

    Olá, tenho 44 anos e tenho esse vício, gostaria de saber se isso pode causar hipertensão.
    P.S.: Ótimo artigo.

  48. stunner disse:

    boa tarde… eu estou nesse vicio a 15 anos e hoje tou com o cabelo fino no couro pabeludo( calvicie) e sempre k tou para tranzar eu broxo…. minha mente ja xta pornograficada… sempre k vejo uma menina a primeira ideia k me aparece é sexo….tenteii largar o vicio mas sempre k chego a 20 dias eu broxo sem nem se ker tocar no penis…e dizer k eu passo todo o dia com o penis erecto….

  49. Sam disse:

    Por um tempo achei que esses “sintomas” da masturbação só aconteciam comigo, ou que era coisa da minha cabeça. Preguiça, indisposição, preguiça, moleza no corpo, preguiça, perda de peso,queda de cabelo (talvez o motivo seja outro, mas enfim…) Ah,eu já disse preguiça? Ha ha.
    De uns tempos pra cá, venho me masturbando com muita frequência, em média 2 vezes por dia. E quando me apercebi disso, resolvi pesquisar os maléficos desse vício, e caí aqui na sua matéria. Há alguns anos atrás, eu já tinha conseguido ficar sem me masturbar por meses, e durante o tempo de abstenção eu não sentia falta disso. Vou tentar, ou melhor, VOU PARAR ou pelo menos dar uma maneirada nesse ato, pq do jeito que tá, vou ficar sem esperma pelo resto da vida!

  50. Guilherme disse:

    Uma coisa que funcionou e que percebi é a seguinte:
    Cortem a fontes de acesso a pornografia. Sempre que fiquei longe de acesso a vídeos (viagens com a família) sempre me sentia melhor e não sabia o porquê.
    Certa vez (adolescente) fiquei sem acesso a pornografia durante vários meses, e realmente a disposição mudou drasticamente.
    Recentemente (adulto e meses atrás) fiquei um mês sem acessar pornografia e novamente senti uma disposição muito diferente da habitual.
    Notem que falei em largar a pornografia, não a masturbação em si. Com essa prática,certamente perceberão que as fontes reais (esposa, namorada, paquera ou até conhecidas) serão muito mais prazerosas e não mexerão com seu organismo.
    Como falam acima, a pornografia tem que cortar o máximo que puderem e a masturbação usar com bastante moderação.
    Recomendo procurar também um médico psiquiatra, pois o vício pode ser uma ansiedade ou outro transtorno que nem você percebeu que tem e que diagnosticada e tratada trará mais benefícios do que simplesmente achara que tudo é culpa do hábito da masturbação.

    • Guilherme disse:

      Agora consultado com psiquiatra, relatado o problema e medicado, com o objetivo de parar com pornografia, sigo firme na abstinência.
      Sinto ereções muito mais intensas durante o sexo, muito mais estimulado no ato, com vontade mesmo de fazer.
      Acordo às vezes pensando em pornografia, mas mudo meu foco fazendo outras coisas. Na publicação acima, 09/01, foi a última vez tanto da pornografia quanto da masturbação. E vamos seguindo nessa caminhada!

      • Guilherme disse:

        Até o dia de hoje, 22/02, tive algumas recaídas, 5 momentos aproximadamente, mas percebo que cada vez menos tenho vontade de procurar algo na internet. Outra sugestão que indico é procurar algo o que fazer, que te mantenha distraído e que também seja produtivo para você, e como diz no texto, receberá sua dopamina através de outras práticas. Em tempos normais, seriam quase 30 momentos, e tive 5 deles, então percebo que estou no caminho. E parei com ambos, tanto pornografia quanto masturbação.

  51. William A disse:

    Eu tenho 31 anos, me masturbo desde os 14 anos, no começo eu encontrei revistas de sexo que o meu pai guaradava escondido na gaveta, e depois começou com filmes eróticos na tv e vhs pornográficos, e com a chegada do computador aqui em casa, aos 19 para os 20 anos começaram as buscas desenfreadas por sites pornográficos de fotos e videos, sem preocupação alguma com vírus, tanto é que perdi as contas, de quantas vezes, levei o pc para formatar, por conta desses sites maliciosos, aí com o passar do tempo, fui descobrindo com amigos e até mesmo fuçando na net sites pornogáficos mais confiáveis, me deixando sem culpa na navegação, começaram com fotos, depois foram para os vídeos e quando eu vi eu comecei a querer salvar os vídeos encontrados nos sites, intalei diversos programas para captar esses vídeos, cheguei a baixar mais de 400 vídeos, dos normais aos mais bizarros, o engraçado era que eu não gostava muito de repetir os vídeos baixados, a minha mente queria sempre novidade, eu não me dava conta do abismo que eu estava caindo, me msturbava sem controle, teve dia que foram 4 vezes, meu pênis ficava até machucado, mais graças a Deus eu percebi que estava no caminho errado, que isso só iria me destruir. comecei a acompanhar a missa na Canção Nova com o Padre Roger, foi aí que ao começar a missa ele mensionou, a libertação da pornografia na vida das pessoas, foi aí que eu percebi, que eu precisava mudar de vida, e decidi no mesmo dia liquidar tudo oque me fazia lembrar pornografia, apagando todos os vídeos baixados do pc, do notbook, da hd externa, não deixando nenhum vestígio, para não lembrar e cometer esse ato imundo, estou sem me masturbar desde do dia 29/11/2017 até o momento atual, sem pornografia e sem masturbação, confesso que esta sendo muito difícil para mim, tenho momentos de insônia e anciedade por conta da abstinência e vontade, mais procuro pensar em Deus, fazer oração e já tenho planos de encontrar uma mulher de verdarde, para casar e construir a minha, pois tenho muita vontade de ser pai, Bom é isso, agradeço pelo desabafo, que Deus dê muita força e perseverança, para todos que vem enfrentando esse malefício, Grande abraço…

  52. Diego zockban disse:

    Estou a 1 mes e meio pretendo nunca mais praticar isso tenho disposição pra tudo preguiça acabou namoro bastante #maaturbaçãonuncamais

  53. Bruno p f disse:

    Tenho 31 anos e me masturbo de vez em quando, mais quando tento ficar sem me masturbar, ma dá um quenturão no corpo, agonia, sinto dor de barriga, a boca fica seca, acho que isso deve ser sintomas de abstinência, oque vcs acham?, Alguém já teve isso?

  54. Rapaz que mora logo ali disse:

    Ola tenho 28 anos, e me masturbo com certa frequencia , quando da vontade vai 1, 2, 3 por dia, e dias que nao me masturbo, vejo minha namorada apenas finais de semana,e nunca tive problemas com ereção, me excito muito facil e ja fico ereto, nosso carnaval foi top, e foi minha ultima transa em que senti muito desejo tesão e fiquei ereto como de costume, passaram 10 dias, e me masturbei nesse tempo, ficamos juntos dinovo e nao consegui mais a mesma ereção de 10 dias atrás, meu pênis ficava ereto nas preliminares e quando ia penetrar ele já nao ficava mais ereto suficiente pra penetrar, foram 3 dias assim,sexta sábado e domingo, isso é efeito de muita masturbação? e sinto um leve desconforto no pênis, estou ha 3 dias sem me masturbar, e nao excito ate agora, já vi video porno nesses dias mas nao consigo sentir tesao e nem ficar ereto, alguem janpassou por algo parecido pra dar uma.ajuda? obrigado

  55. Rica disse:

    Também já fui uma viciada em pornografia e masturbação. Sofria com isso. Me mastubava várias vezes ao dia. Com o tempo as pornografias não me satisfaziam mais. Perdi a virgindade tarde,com 34 anos. Tive 6 parceiros em dois anos. Hoje estou casada. E infelizmente não consigo gozar com a penetração. Somente me masturbando. Mas estou liberta desses vícios terríveis que me prejudicaram e muito!

  56. punheta é chato disse:

    Há tres anos e sete meses começei,infelizmente,a masturbação.Me masturbava muitas vezes por dia,e logo nos primeiros meses minha memória ficou fraca,eu fiquei chato e triste.Mas minha vida nunca foi um “mar de rosas”,pois sempre sofri bullyng entao eu ficava triste e me masturbava.No inicio o gozo era forte,mas pouco tempo depois começou a ficar fraco devido a quantidade de masturbaçao.Ha muito tempo que nao sinto prazer na masturbaçao.A partir de hoje vou parar de “bater punheta”,isso arruinou minha vida e nao trouxe beneficio algum.Alertem os jovens para pararem de “bater punheta” ou nao começaram,isso so traz maleficios,isso tira as forças,eu ja passei por isso,mas daqui a uma semana comento aqui,pra ver se ja aparecem os beneficios.

  57. San disse:

    Interessante é que eu não precisei me esforçar pra evitar a masturbação. O que aconteceu foi bem simples: Eu ne interessei por uma pessoa (me apixonei, melhor dizendo) e percebi que minha libido caiu. Pode parecer besteira, mas quando eu realmente gosto de uma pessoa não consigo me mastubar pensando nela e nem em qualquer outra mulher que seja. Já vi vários homens relatarem a mesma coisa, e achei isso bem interessante! Acho que essa é uma das fases da paixão…Pelo menos no começo. E o mais interessante é que eu perdi total interesse por qualquer tipo de pornografia! Antes de me interessar por essa pessoa, eu me masturbava praticamente todo dia, e consumia muito pornô. Mas depois disso eu nunca me masturbei e assisti pornografia com a mesma freqüência de antes. O que era todo dia, passou a ser uma vez a cada 3 semanas. Não sei se existe algum estudo que explique por que isso acontece quando nos apaixonamos, mas se não tem, deveriam fazer!

  58. Pedro Malazarte disse:

    A pornografia não é uma coisa lega, mas se masturbar é uma coisa normal. Tudo que é demais não é legal, apenas deve ter um controle. O mesmo é com o sexo. Vocês não devem acreditar em uma pessoa que fica dando conselhos pela internte. Se voc6es tem problema procure ajude a profissionais da saúde (medicos, psicologos, etc) cuido com esses moralalista que vcs nem sabem, que é!!!!!!

  59. punheta é chato disse:

    ola punheta é um lixo,infelizmente voltei pra punheta,mas pornografia vou tentar nao ver mais.Agora so bato uma ou duas por dia,isso pra mim ja esta bom.Antes batia umas oito.

  60. Igor Henrique Moreira da Silva Santos disse:

    isso se da pelo fato de não ejacular certo ?

  61. anonimo disse:

    quando masturbar muito pode causar voçe nao ter filhos

  62. Anônimo disse:

    Gostaria de saber se nao se masturbar mais o saco cria um volume maior ou nao acontece isso ?

  63. anonimo disse:

    Gostaria de saber se quando para de se masturbar aumenta o volume do saco escrotal ?
    Gostaria de saber a resposta das pessoas que pararam e se perceberam essa mudança.

  64. O masturbador masculino disse:

    Sou um masturbador assíduo. Me masturbo diariamente, ao menos 2 vezes. Me sinto bem fazendo isto, leio os críticos dizerem que isto é pecado, que a masturbação vai contra os ensinamentos sociais, etc. Não me preocupo muito com isto, pois se me sinto bem, então nada mais me importa.

  65. SemNome disse:

    Uma duvida, se eu só assisti vídeo diminui o nível de testosterona?

  66. José Alves disse:

    Achei tendencioso e de cunho religioso o texto, parece até que foi escrito por um padre, como se a masturbação em si fosse um ato deplorável à saúde ou um pecado imperdoável e não um processo natural onde o indivíduo conhece o próprio corpo. É importante notar que a masturbação compulsiva, como qualquer outra prática em excesso, prejudica e muito a saúde. Porém, não podemos generalizar. Eu, por exemplo, passei a me sair muito melhor na cama, praticando a masturbação 1 ou 2 vezes por semana no máximo, pois serviu para dominar a ejaculação precoce e diminuir as tensões. O que ocorria na abstinência que antes praticava (às vezes até 1 mês sem masturbação), justamente por esse sentimento religioso de culpa, era querer injustamente que a minha parceira estivesse a minha disposição na hora que eu podia ou queria, ao mesmo tempo em que não conseguia deter por muito tempo o fluxo intenso do esperma represado, resultando em frustração de minha parceira no momento da transa. Hoje me sinto muito mais realizado sexualmente, respeitando minha parceira, e o que é melhor, sem nenhum pingo de “culpa”. Beba com moderação.

  67. Jesus Liberta Amém disse:

    Estou tentando parar e vou pensar em Jesus sempre que ter esses pensamentos maléficos de auto-destruição

  68. filipe disse:

    Ola sou de portugal.tenho 32 anos.pensava k isto de ficar cansado apos ejacular so acontecia comigo.tb sou viciado em masturbacao e pornografia.ha 3 semanas k nao me masturbo.ja tinha conseguido ficar 16 dias sem me masturbar mas meus testiculos comecaram a doer e tive k bater 1 pra aliviar.ja me sinto bem melhor.o problema é k ao ejacular se perde muita testosterona,e isso é a principal causa do cansaço…mesmo assim meu cerebro ainda nao voltou ao normal pois tenho alguma dificuldade em me concentrar e ando sempre distraido.as vezes sinto a cabeca bastante fraca e nao consigo raciocinar.ja ouvi dizer k ao fim de 3 semans sem ejacular a testosterona sobe e acaba por estabilizar…daqui a 2 dias faz 3 semanas k nao ejaculo e vamos ver no que da..dps virei aqui pra contar..larguem este vicio pessoal boa sorte a todos

  69. Marcos André de Sousa Ferreira. disse:

    Quais são os males da alta taxa de testosterona no corpo?

  70. Lil xan disse:

    Nada, acho que é usado em outros lugares do corpo,a testosterona é usado até nos estudos ou no exercício físico; Por isso é ótimo ter muita testosterona, pessoas mais velhas tendem a ter menos testosterona por isso que são mais fracas e menos ativas, até no sexo. Então no caso da masturbação é muito importante dar uma parada ou interromper, pq a testosterona é desperdiçada em um ato totalmente em vão. Invés de desperdiçar a testosterona ou energias na masturbação, pq não usar em Mulheres reais e estratégias de conseguir uma garota, saiba que a testosterona foi usado por homens da idade da pedra para caçar e pegar várias mulheres.
    Resumindo, ter muita testosterona não tem males, o mal está em perder elas.

  71. marco antonio disse:

    O homem jamais deve perder o liquido precioso. Essa é a grande verdade, que é muito além de nao masturbar. O certo é ter relações sexuais sem desperdiçar o licor seminal. Essa é a grande verdade da vida.

  72. Naviciscodrade disse:

    Eu to nessa de parar com esse vicio
    E depois parar com outros também
    Gente q lê isso
    Eu garanto q sensação é otima de liberdade
    Um falso prazer não e prazer
    Vamos ficar livre disso
    Eu espero q continue a conseguir
    Faz poucos dias ainda mas eu não quero mas ilubridiar a mim mesmo
    Um dia O Senhor vai mi providenciar uma parceira pra eu sanar essa insanidade q se chama sexo
    Pq nos homens e mulheres somos muitos mas q pênis ou vaginas
    Existem milhoes de tipos de prazeres q eu quero descobrir ficando livre desses falsos prazeres
    Jesus ama a nos todos e nos ajuda a se libertar
    Creiam Nele também amem

  73. Vini disse:

    Nada vê! A masturbação é cientificamente provado que é saudável. Eu deixo de me masturbar por alguns dias só para depois eu soltar uma rajada boa e gostosa de porra. Nada melhor que gozar, eu queria ter 3 pintos só pra gozar. Queria gozar por horas jorrar muita porra até não querer mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.