Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Razões Para Não Fazer Agachamentos na Barra Smith

Muitos dos ginásios não têm material suficiente para se realizar agachamentos com pesos livres. Apesar disso, é possível realizá-lo usando a barra Smith ou barra fixa, mas na verdade não é a melhor forma de realizar exercícios compostos como o agachamento.

Veja as seguintes razões que mostram que o agachamento na barra Smith é um erro.

A maneira como fazemos agachamentos na barra Smith e com uma barra livre é totalmente diferente (Autor: toadpeng)

A maneira como fazemos agachamentos na barra Smith e com uma barra livre é totalmente diferente (Autor: toadpeng)

[-] Índice de conteúdos

Técnica Diferente

A maneira como fazemos agachamentos na barra Smith e com uma barra livre é totalmente diferente. Muitos treinadores dizem que se deve começar na barra Smith pois esta ajuda no equilíbrio, mas na verdade isso é errado e quando começar-mos a fazer agachamentos com pesos livres vamos ter de aprender tudo do zero, além de que iremos diminuir bastante o peso. Comece a aprender a realizar agachamentos com pesos livres ou apanhará maus vícios na barra Smith.

Lesão na Lombar

Causando uma falsa sensação de segurança, você vai ‘descansar’ mais, deixando a máquina sobrecarregar algumas partes do seu corpo. Uma das maiores áreas de risco é a zona lombar. Devido aos movimentos não naturais pode ter os seguintes problemas:

– Tensão na lombar: Durante o exercício você força os seus músculos lombares e do pescoço contra a barra, causando maior tensão nas costas especialmente com cargas pesadas.

– Arredondamento da lombar: Como a posição correta na barra fixa obriga a colocação dos pés à frente das costas, ao contrário do agachamento livre, o corpo coloca as costas numa posição frágil o que provavelmente curvará a lombar.

Lesão no Joelho

A posição dos pés também pode aumentar a tensão nalgumas partes do corpo. Se colocarmos os pés demasiado debaixo da barra, vai existir uma maior flexão dos joelhos, aumentando a tensão nos mesmos. Caso os tenhamos demasiado afastados da barra, novamente vamos aplicar muita tensão nos joelhos devido ao deslizamento que obrigamos os joelhos a fazerem para a frente.

Menos Força

Como a barra Smith equilibra o peso por nós, ficará mais fácil levantar mais peso. Isto leva diretamente a um desenvolvimento muscular mais fraco. Poderia talvez contornar o problema colocando pesos enormes obrigando o músculo a crescer, mas o problema é que o corpo nunca ia desenvolver os músculos estabilizadores. Estes músculos são responsáveis pelo equilíbrio do nosso corpo durante a realização de certo exercício e sem eles jamais conseguimos levantar o mesmo peso em pesos livres.

Menos Potencial e Menos Ganho de Massa Muscular

Obviamente você consegue fugir à maior parte dos problemas acima, mas de qualquer maneira a barra Smith será sempre menos produtiva que os pesos livres. Se realmente quer treinar com menores riscos de lesão e conseguir um maior desenvolvimento muscular opte por fazer o agachamento com barra livre. O agachamento com barra livre usa movimentos naturais a que o nosso corpo está habituado, apenas sendo benéfico quando bem executado.

Além do agachamento não deve realizar a maior parte dos exercícios que se possam ser realizados com pesos livres, por exemplo, o supino.

Claro que a barra Smith tem alguma utilidade, mas apenas em certos exercícios. Exemplos de exercícios a praticar são a Remada Invertida e Flexões de Barra.

Avalia este conteúdo
3.5/5 (2 votos)
Etiquetas: agachamento, barra Smith, ginásio, massa muscular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.