Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Ameixa

Tal como a cereja, o pêssego e a amêndoa, a ameixa é considerada uma “drupa”, ou seja, uma fruta carnosa, apenas com uma semente que é envolvida numa casca dura.

O seu nome científico é “prunus doméstica” e tem mais de duas mil espécies diferentes de diversas formas, cores e tamanhos, sendo as mais comuns a Americana, a Europeia, a Japonesa, a Selvagem e a Ornamental. Pode ser oval, redonda ou mesmo em forma de coração e apresentar uma cor azulada, amarelada, vermelha ou roxa.

Independentemente do tipo, cada cem gramas de ameixa contêm, em média, cerca de 47 calorias, sendo a ameixa seca um pouco mais calórica, devido à maior concentração de açúcar.

[-] Índice de conteúdos

História da Ameixa

As distintas variedades de ameixa têm, como seria de esperar, diversas origens. A ameixa europeia, por exemplo, terá sido descoberta há mais ou menos dois mil anos, na zona que fica junto do Mar Cáspio.

Tal como a cereja, o pêssego e a amêndoa, a ameixa é considerada uma “drupa”, ou seja, uma fruta carnosa (Autor: Valter Jacinto)

Tal como a cereja, o pêssego e a amêndoa, a ameixa é considerada uma “drupa”, ou seja, uma fruta carnosa (Autor: Valter Jacinto)

Crê-se que, na era romana, existiriam cerca de trezentas variedades desta ameixa que foi, posteriormente, levada até à América pelos peregrinos, já no século XVII.

Enquanto isso, a ameixa japonesa teve origem na região da China, porém, foi no vizinho Japão que mais se propagou, tanto a nível de cultivo, como de consumo.

Atualmente, os maiores produtores desta fruta são a Rússia, a Roménia, os Estados Unidos da Améria e a China. Em Portugal, só consegue consumir esta fruta entre Julho e Setembro.

Benefícios da Ameixa

Muito se tem especulado sobre as capacidades medicinais da ameixa e, por isso, esta fruta tem sido alvo de inúmeros estudos, a vários níveis em diferentes países. Sabe-se, por exemplo, que é rica em dois fito-nutrientes, conhecidos com ácido clorogénico e ácido neoclorogénico, que têm efeitos antioxidantes. Quanto mais amadurecida estiver à altura de ser consumida, maiores parecem ser estes efeitos.

Alguns estudos indicam, igualmente que esta fruta pode ajudar o organismo a absorver o ferro necessário, devido ao seu elevado teor de vitamina C.

As ameixas são, igualmente, uma fonte rica em vitamina A e B2, assim como em potássio e fibras, possuindo, ainda, efeitos laxativos (pelo que são recomendadas a quem sofre de prisão de ventre).

Avalia este conteúdo
3.825/5 (4 votos)
Etiquetas: ameixa, ameixas, benefícios da ameixa, coração, história da ameixa, propriedades da ameixa
Um comentário sobre “Ameixa
  1. Armando disse:

    Quanto conteudo de qualidade encontrei aqui no site. Agradeço por compartilhar. Sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.