Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Será o Exercício Físico o Método Mais Eficaz Para Perder Peso?

Será que o exercício físico é realmente um método eficaz para perder peso?

Quem faz exercício físico não precisa fazer dieta ou ter cuidado com a alimentação?

O gasto calórico que o exercício nos proporciona é assim tão grande que nos permite cometer todos os pecados que quisermos em termos alimentares? Será realmente o exercício físico o Santo Graal da perda de peso? Pois, parece que a verdade é … NÃO!

A explicação para isto é muito simples e fácil de perceber. No entanto, a ideia do exercício como forma de perder peso está tão difundida que normalmente ninguém se mete a pensar se será realmente assim.

Vamos então imaginar que uma pessoa pesa 85kg e queria perder 10kg de modo a estar em forma para o verão e para isso começa a correr/andar a passo lento a moderado (6km/h) 4 vezes por semana cerca de 45 minutos, gastando cerca de 300 calorias. Comparando com as cerca de 85 calorias que seriam gastas durante este tempo num dia normal, então isto quer dizer que em termos práticos foram gastas 210 calorias extra.

Será que o exercício físico é realmente um método eficaz para perder peso? (Autor: ShinyFan)

Será que o exercício físico é realmente um método eficaz para perder peso? (Autor: ShinyFan)

Tendo em conta que a dieta seria totalmente igual à anterior, pelo que a quantidade de calorias seria exatamente igual (o que raramente acontece, pois as pessoas estando cansadas e como fizeram exercício têm tendência a ingerir mais algumas calorias extra), e que para perder 1 kg de gordura seria em termos práticos necessário gastar cerca de 7500 calorias (apesar de 1kg de gordura ser equivalente a 9000 calorias, há perdas de energia que fazem com que o valor real seja mais baixo), então isto queria dizer que seriam necessários cerca de 36 dias para perder 1kg de gordura (isto claro está assumindo que o nosso corpo iria queimar apenas gordura). Tendo em conta que apenas faria o exercício 4 vezes por semana, isto dava cerca de 9 semanas, ou seja 2 meses. Seriam então necessários 2 meses para perder 1 kg. Isto daria uma perda de peso cerca de 28 gramas por dia em que se fizesse exercício, ou em média 16 gramas por dia durante estes tais 2 meses em que perdemos 1kg.

Vendo agora em relação ao peso total que o indivíduo quer perder, então concluímos que ele iria precisa de cerca de 357 dias de exercício para perder os tais 10kg, mas tendo em conta que apenas fazia a corrida 4 vezes por semana, então iria ser necessário cerca de 1 ano e 9 meses para perder estes desejados 10kg a mais. Há ainda que lembrar que isto na realidade
nunca aconteceria, pois mesmo que a pessoa mantivesse a dieta com o mesmo
número de calorias (o que volto a dizer normalmente não acontece pois a pessoa
sente necessidade de compensar o desgaste extra que sofreu), a perda de peso
irá também levar a uma diminuição do metabolismo, pelo que a perda de peso iria
sempre ser inferior à referida. Referir ainda que a melhoria da capacidade
cardiovascular que a pessoa iria ter, faria com que a própria execução do
exercício começasse a ser realizada de uma forma mais económica por parte do
nosso corpo, ou seja iriamos ainda com o passar do tempo começar a gastar menos
calorias do que as gastas inicialmente

Como podem ver, o exercício físico por si só não é de longe a melhor maneira para perder peso. Não quero com isto desencorajar ninguém a deixar de praticar desporto, pois este tem inúmeras vantagens, tal como melhorar a sensibilidade da insulina, melhor a proporção colesterol total/HDL, diminuir a pressão arterial, prevenir problemas cardíacos, entre outros. No entanto, para perda de peso por si só, o que trás melhores resultados é a realização de uma boa dieta, sendo o exercício físico uma boa maneira de a acompanhar, pois não só melhorará tudo o que já foi referido anteriormente, como vai ainda auxiliar a manter ou melhorar o rácio massa gorda/massa muscular.

Concluímos assim que para perdas de peso, o ideal é a realização de uma dieta bem estruturada e de acordo com os objetivos (neste caso perda de peso, logo de deficit calórico). Esta poderá e deverá ser acompanhada de exercício físico, como forma de irmos melhorando os vários marcadores de saúde a este associados, como conseguir um ligeiro deficit calórico extra, de modo a evitar que a dieta seja demasiado restrita, e ainda como forma de melhorar-mos ou manter-mos o nosso rácio massa gorda/massa magra (a musculação tem um papel fundamental neste objetivo em concreto).

Avalia este conteúdo
4.325/5 (4 votos)
Etiquetas: dieta, massa muscular, massa muscular magra, perder peso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.