Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Aspectos Nutricionais das Gorduras

  • Português

Quando olhamos para a roda dos alimentos, normalmente apercebemo-nos que existe um grupo de alimentos muito pequeno, que representa aproximadamente 2% das necessidades nutricionais do ser humano.

Esse é o grupo das gorduras e óleos.

O grupo é pequeno porque o consumo de gorduras por parte dos humanos deve ser bastante reduzido.

[-] Índice de conteúdos

Diferentes Tipos de Gorduras

Existem dois grupos que muitas vezes se ouvem chamar de gorduras boas e más.

Mas, será que por determinadas gorduras serem chamadas de boas, isso significa que as pessoas podem ingerir uma quantidade grande dessas mesmas?

A resposta é não. O facto de serem chamadas de boas significa que podem ser benéficas para a saúde, mas a quantidade diária a ingerir continua a ser de 2%. Portanto, o ideal é que quando preparamos os nossos alimentos evitemos ingerir gorduras más e passemos a substituí-las pelas boas. Mas nunca devemos exagerar na quantidade ingerida.

Recomenda-se manter a ingestão total de gorduras entre 20-35% das calorias diárias (Autor: Eden Politte)

Recomenda-se manter a ingestão total de gorduras entre 20-35% das calorias diárias (Autor: Eden Politte)

A forma correcta de se designar as chamadas gorduras más é dividida em dois grupos: saturadas e insaturadas.

As saturadas são aquelas que podem ser encontradas em alimentos de origem animal tais como o leite, as natas, a manteiga e também as carnes vermelhas. Este tipo de gordura eleva o colesterol, aumentando assim o risco de doenças cardíacas. Para evitar este tipo de gorduras, podemos optar por ingerir carnes magras, aves domésticas, peixe, nozes e produtos lácteos magros.

As insaturadas são aquelas que normalmente se apresentam designadas como gordura vegetal nas embalagens industriais. Podem ser encontradas em produtos tais como a margarina, os biscoitos, os bolinhos, os alimentos fritos e nos óleos vegetais. Também estas são gorduras más.

A forma correta de se designar as gorduras boas também pode ser dividida em dois grupos: monoinsaturadas e polinsaturadas.

As monoinsaturadas podem ser encontradas em alimentos tais como o abacate, as amêndoas, as avelãs, as sementes de sésamo, as sementes de abóbora, o óleo de canola, o óleo de amendoim e o azeite.

As polinsaturadas podem ser encontradas em alimentos tais como os peixes de água fria, as nozes, as sementes de girassol, o milho, a soja e os óleos de sementes de linho.

Recomendações

Recomenda-se manter a ingestão total de gorduras entre 20-35% das calorias diárias, limitar as saturadas a menos de 10% das calorias totais, e manter as gorduras trans a cerca de 1% do total de calorias; limite o colesterol a cerca de 300mg por o dia.

Se consumir gorduras boas em vez de gorduras más, a sua saúde sairá muito beneficiada.

Avalia este conteúdo
3.5/5 (1 votos)
Etiquetas: chá azeite, dieta alta em gorduras saturadas, diferentes tipos de gorduras, gorduras

Leave a Reply

Your email address will not be published.