Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Origens e Sintomas do Colesterol

Factores como a obesidade, actividade física reduzida, questões genéticas ou hereditárias são muitas das causas para o aumento do colesterol (Autor: TV Brasil - EBC)

Factores como a obesidade, actividade física reduzida, questões genéticas ou hereditárias são muitas das causas para o aumento do colesterol (Autor: TV Brasil – EBC)

Presente no plasma sanguíneo de todos os animais, o colesterol habitualmente baptizado de “gordura do sangue” existe em todos os mamíferos e é essencial para a construção e manutenção das membranas celulares.

Viaja através da corrente sanguínea e não se dissolve na água ou no sangue.

Está presente no fígado e é necessário, mas quando em excesso trás complicações.

É fundamental na produção de vitamina D, hormonas e ácidos biliares.

Esta presente também nas membranas celulares e praticamente em todas as partes do corpo como o coração, cérebro, sistema nervoso, músculos e intestinos.

[-] Índice de conteúdos

Origens do Colesterol

Factores como a obesidade, actividade física reduzida, questões genéticas ou hereditárias são muitas das causas para o aumento do colesterol. Mas na maioria dos casos uma dieta pouco equilibrada é origem mais comum.

A gordura saturada, presente nos alimentos de origem animal como a carne vermelha por exemplo, é normalmente a principal causa, dado que quando ingerida potencia o aumento dos níveis de colesterol.

Existem dois tipos de colesterol:

  • HDL-High Density Lipoprotein (Lipoproteína de elevada densidade);
  • LDL-Low Density Lipoprotein (lipoproteína de baixa densidade);

O colesterol LDL é o tão falado “mau” Colesterol e pode provocar coágulos no sangue devido à acumulação de gordura nas artérias (artereoesclerose) e poderá em casos mais graves provocar ataque cardíaco e outras doenças coronárias.

Já o “bom” Colesterol ou o Colesterol HDL é responsável pela recolha da gordura e consequente reencaminhamento dos valores excessivos para o fígado. O Colesterol HDL quando em valores normais reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Valores aconselháveis:

– Colesterol HDL-High Density Lipoprotein: de 40 a 80 mg/dl-          Colesterol LDL -Low Density Lipoprotein: de 50 a 140 mg/dl

Perto de 60% dos portugueses sofrem de Colesterol. Nas mulheres o “mau” Colesterol é mais predominante e manifesta-se geralmente após a menopausa.

Sintomas do Colesterol

Não existem propriamente sintomas associados.

O efeito nocivo do Colesterol só é possível de detectar aquando de alguma complicação de saúde e é comum muitas pessoas nem terem conhecimento de que sofrem de colesterol.

A sua detecção atempada previne complicações graves e apenas a realização de análises permite detectar o problema.

Consequências do Colesterol Alto

Quando o seu valor é elevado, o colesterol revela um maior risco aumentado de sofrer de enfarte do miocárdio.

A causa: Presença de matéria gorda nas paredes dos vasos sanguíneos.

Como Combater o Colesterol

Uma dieta equilibrada e exercício físico são fundamentais para ajudar a regular os níveis de colesterol e proporcionar uma vida saudável.

Alimentos a Evitar

Croissants, leite gordo, gelados de leite, natas e leite condensado, tartes, pudins, peixe frito, camarão e lulas.

Pastéis de carne, patés, salsichas e todas as carnes cuja gordura seja visível, toucinho e banha.

Também é desaconselhável o consumo de batata assada, frita ou de pacote, chocolates e caramelos, frutos secos e salgados, maionese, molhos, café expresso e refrigerante.

Alimentos a Consumir com Moderação

Leite meio-gordo, queijo flamengo, ovos (não mais que dois por semana), lagosta, carne de vaca magra, fígado.

Óleo de girassol, milho ou soja, azeite e margarinas polinsaturadas.

Batatas assadas ou fritas nos óleos recomendados. Amendoins e pistácio.

Alimentos Recomendados Para Combater o Colesterol

Pão integral, cereais integrais, massa e arroz, iogurte e queijo magro, clara de ovo, peixe sem pele, ostras e sopas de vegetais.

Carne de peru, coelho, cabrito, vitela ou carne de caça. Nozes, amêndoas e castanhas, chá, água e café de saco.

Pimenta e ervas aromáticas. Amoras, pêssego e papas de aveia. Todo o tipo de legumes com especial destaque para as lentilhas, favas, batata cozida e milho, couve-de-bruxelas, aipo e beringela.

Os níveis de Colesterol elevados são responsáveis por uma morte a casa 33 segundos.

Faça uma alimentação equilibrada. – Pela sua saúde.

Avalia este conteúdo
2.35/5 (7 votos)
Etiquetas: amoras, café, chá azeite, colesterol, coração, dieta, doenças genéticas, enfarte, obesidade, origens colesterol, origens e sintomas do colesterol, sintomas colesterol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.