A Mulher Mais Gorda de Inglaterra Morre

Sharon Mevsimler, uma mulher de 40 anos de idade e mãe de quatro filhos, morreu no último Sábado de ataque de coração, depois de confessar poucos dias antes do seu insaciável vicio de comer.

Mesmo já no hospital Sharon implorou aos seus familiares para trazer comida ao seu quarto onde estava internada. Sharon supostamente estava numa dieta restrita, mas várias testemunhas viram familiares seus a trazer comida ao seu quarto, incluindo pernas de galinha, batatas fritas e fast-food.

“Era revoltante ver ela a comer até à morte”, disse um dos assistentes da NHS (National Health Service) que acompanhou a situação de Sharon. Sharon Mevsimler era tão grande e massuda que caiu várias vezes da maca que a levou para a mortuária.

Várias fontes disseram que Sharon simplesmente não parava de comer e que tinha problemas sérios no controlo dos seus hábitos alimentares, e não fazia nada que ajudasse a sua precária situação.

Sharon Mevsimler no hospital Broomfield em Chelmsford

Sharon Mevsimler no hospital Broomfield em Chelmsford

O marido devoto de Sharon foi inclusive forçado a abandonar o seu emprego para cuidar da sua mulher a tempo inteiro, que antes de entrar no hospital, não saia da sua cama há mais de 4 anos em Chelmsford, Essex. A condição de Sharon começou a desenvolver-se depois do nascimento do seu último, a partir desse momento começou a colocar os quilos, devido à depressão pós parto.

Poucos dias antes da sua morte, Sharon levantou sérias acusações contra o NHS dizendo: “Eles deixaram-me aqui a morrer. Se fosse anoréctica já teria tido a ajuda apropriada. Mas ninguém tem a simpatia por pessoas gordas.”

Na altura do casamento

Na altura do casamento

O cabedal de Sharon era tão massivo que tinha de usar um tanque de oxigénio para respirar. Ela foi expressamente avisada que estava a comer até à morte. Mas ela recusava-se a parar de comer – apesar de ser operada no início deste ano, custando cerca de £ 30.000 ao NHS, para a colocação de uma banda gástrica a fim de reduzir o seu herculiano apetite.

O hospital Broomfield  em Chelmsford não tem feito nenhum tipo de comentário em relação a este incidente. A sua família está neste momento a preparar o funeral de Sharon.

Muitas pessoas estão revoltadas em relação ao facto de que a sua família andava a trazer secretamente comida prejudicial à sua saúde. Este assunto foi levantado várias vezes pelos profissionais que estavam a cuidar de Sharon, mas não houve qualquer alteração de hábitos por parte da família.

Etiquetas: coração, gorda, mulher gorda, mulher mais gorda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.