Suplementação – Pré-Treino e Pós-Treino

Uma alimentação de qualidade é necessária para a manutenção habitual de todo o corpo, não apenas em situação de treino especializado.

Em todo o caso, há alguns suplementos que ajudam o desenvolvimento do corpo em situações especiais de treino e desenvolvimento.

Os alimentos devem ser conjugados com os suplementos, segundo normas específicas, que irão provocar o efeito pretendido, de uma forma mais eficiente.

[-] Índice de conteúdos

Suplementos no Pré-Treino

Uma alimentação normal, rica em hidratos de carbono, para evitar o consumo das proteínas dos músculos para obtenção da energia necessária ao treino, aliada a um consumo dos seguintes suplementos, cerca de 15 a 45 minutos antes do treino.

Para efeitos mais favoráveis, deve ser dado um intervalo entre o treino e o almoço/jantar de, no mínimo, a 1 ou 2 horas, sob o risco de não se conseguir o resultado desejado.

Multivitamínicos: as vitaminas são necessárias para a manutenção e bom funcionamento do organismo. O consumo de multivitamínicos logo de manhã proporciona uma maior obtenção de energia, uma melhor digestão e ajudam na recuperação dos exercícios realizados. Sem a sua presença no organismo, os processos naturais presentes no metabolismo diário tornam-se lentos e sem espaço de manobra.

Guaraná: devido à presença de cafeína, que estimula o sistema nervoso central e periférico, e aliado à supressão de apetite e redução de gorduras corporais, devido à conversão das mesmas em energia.

BCAA: estes suplementos melhoram a resposta física nos treinos.

Suplementação - Pré-Treino e Pós-Treino (Autor: Imagem em domínio público)

Suplementação – Pré-Treino e Pós-Treino (Autor: Imagem em domínio público)

Ácidos Gordos Essenciais: necessários para manter os níveis de testosterona e energia nos seus níveis mais elevados, são responsáveis pela absorção de vitaminas lipossolúveis e dão saciedade durante os treinos.

Dióxido de Azoto (NO2): provoca um maior fluxo de oxigénio para as células dos músculos, devido à dilatação do vasos sanguíneos. Também fazem com que o inchaço dos músculos se mantenha, mesmo depois de terminado o treino.

Termogénicos: Aumentam o nível de energia, queimando gordura e estimulando o corpo. Os termogénicos são óptimos para treinos aeróbios.

Suplementos no Pós-Treino

Um trabalho de esforço provoca microlesões nos músculos que vão sendo regeneradas, obtendo uma maior resistência, mas apenas há a regeneração quando os glicogénios e outras proteínas essenciais estão presentes.

Aliado a isto, é necessária uma poderosa fonte de água.

Whey Protein: essencial para a manutenção muscular. É um dos suplementos mais consumidos por quem treina.

Dextrose e Maltodextrina: ajuda na reposição do glicogénio, substância essencial para a regeneração das micro-fibras dos músculos.

BCAA: importante para aumentar a síntese de proteínas. Essencial para quem quer aumentar o volume dos músculos rapidamente.

Antioxidantes: reduz o stress muscular, inibindo a acção dos radicais livres.

L-Glutamina: depois de um treino intenso, os níveis de glutamina descem para menos de metade. A glutamina minimiza o desgaste muscular e melhora o metabolismo das células.

Etiquetas: café, glutamina, suplementos, suplementos no pós-treino, suplementos no pré-treino, whey

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.