Calafrios

Este mecanismo é usado pelo corpo humano para criar calor e sucede quando a temperatura do corpo baixa (Autor: Alpha @ Flickr)

Este mecanismo é usado pelo corpo humano para criar calor e sucede quando a temperatura do corpo baixa (Autor: Alpha @ Flickr)

Os calafrios não são mais que arrepios, ou seja, contracções e relaxamentos dos músculos.

Os calafrios são involuntários e por isso incontroláveis pelo homem.

Quando acontecem, são muito rápidos e percorrem todo o corpo, sem excepção da cabeça.

Este mecanismo é usado pelo corpo humano para criar calor e sucede quando a temperatura do corpo baixa.

Acontecem geralmente antes de um episódio de febre, ou seja, podem ser um meio de antever doenças, nomeadamente a gripe ou qualquer tipo de infecção.

Podem provocar intensos episódios de tremores, acompanhados de palidez e sensação de frio.

[-] Índice de conteúdos

Causas dos Calafrios

O leque de causas é variado e vai desde a simples sensação de frio até às doenças graves.

Na base dos calafrios podem então estar a sensação de frio, febre, gripe, infecções virais ou bacterianas, doenças tipo gripe ou constipações, infecção da garganta ou urinárias, gastroenterite viral ou bacteriana, pielonefrite, mononucleose infecciosa, pneumonia ou ainda meningite.

Calafrios e o Que Fazer

No caso do acontecimento repetido de calafrios, o primeiro passo é agasalhar-se correctamente, afinal pode não passar de frio. Se depois disto os calafrios continuarem, meça a temperatura.

No caso de haver febre opte por tomar um banho morno (nem muito quente, nem muito frio, aproximadamente vinte e um graus) e evite a permanência em locais muito quentes ou com roupas muito quentes pois isso só fará aumentar ainda mais a sua febre. Ingira muitos líquidos e descanse o máximo possível.

Pode tentar baixar a febre com medicamentos como o paracetamol (mais eficaz em crianças), no entanto lembre-se que a temperatura alta pode ser um alarme para algo mais grave.

Evite também o contacto com água fria já que além de ser incómoda, pode também aumentar a febre.

Se mesmo assim, os calafrios não passarem e forem constantes, está na altura de consultar o seu médico porque podem ser um factor de alarme para alguma doença mais grave que precise de tratamento.

Consulta Médica

Quando for ao médico irá realizar um exame físico bem como um histórico médico. Ele irá fazer-lhe algumas perguntas.

É apenas uma sensação de frio ou realmente sente tremores e qual a sua intensidade, a sua duração e a frequência (aparecem somente uma vez ou em episódios seguidos).

Se o começo é repentino e se ocorrem repetidamente. Pode ser questionada a permanência em lugares com exposição a certas substâncias.

Poderá ainda perguntar-lhe qual a temperatura mais alta que registou desde que começou a sentir os calafrios (deverá ter tudo registado). Pode também perguntar-lhe se sente algo mais fora do comum para além dos calafrios.

No exame físico serão provavelmente observados os olhos, ouvidos, pele, nariz, pescoço, garganta, tórax e abdómen. A sua temperatura irá ser também provavelmente medida. O seu médico poderá pedir-lhe que realize os seguintes exames diversos exames centrados no sangue.

Etiquetas: arrepios, calafrios e o que fazer, causas dos calafrios, consulta médica, frio, músculos
13 comentários sobre “Calafrios
  1. sirlene de souza disse:

    Sinto calafrios dentro da cabeça desde
    3 anos atras quando tive problemas com
    Minha filha do meio,ja fui ao medico e
    Eles dizem nunca ter visto isto,me ditem
    Que isto é psicológico, não sei mais o que
    Fazer mas parese que quando fico preocupada
    Isto acontece com mais frequência e não é só na cabeça tambem numa pequena parte da perna e braço me ditem o que pode ser por favor.

    • sofia disse:

      Sinto exatamente o mesmo :'( já descobriu o que tem?obrigada

    • Mendes disse:

      Htambem sinto o mesmo calafrios de um momento para o outro, sou de sistema nervoso e ansiedade ha muitos anos, deixei a medicacao e ate bebia agora nao bebo e estou medicado para o stress e ansiedade e tenho calafrios ou frio momentaneo que algumas vezes dura mais… enfim tenho que ir ao medico ver se é algo serio!!!!!

  2. Joseilda Araújo Gomes disse:

    Sinto calafrios q não mi deixa dormir, e mais constante nas pernas como fasso pra tratar isso

  3. Marcos lara disse:

    Tenho me sentindo como a Sirlene. O que pode ser.me sinto também tonturas.

  4. Nuno Roberto disse:

    Muito bom conteúdo. Obrigado pelos esclarecimentos.

  5. Icleia Neres da Silva. disse:

    Sinto calafrios depois que perdi o meu pai e tive que tomar remedios psiquiatra..,e parei por conta própria.Ja passei pelo clinico ele disser ser por isso que passei e por ter largado os remédios.Que seja em nome de Jesus.

  6. Rui disse:

    Sinto calafrios quando vou para a cama. Será isto sintoma de alguma coisa pior?

  7. Gilda disse:

    Sinto calafrios quando to malhando?

  8. Maria do Rosário disse:

    Não me enquadrei em nenhum dos casos acima. Sinto calafrios e ao mesmo tempo transpiro muito, principalmente,em toda a região da cabeça a qualquer hora do dia.Os dois sintomas aparecem a qualquer hora do dia e às vezes, juntos.Tomo um medicamento “Allentus” pela manhã. Sou usuária de outros medicamentos: Puran 88mg, Losartana 50mg,Aspirina Prevent, Concárdio 2,5 mg,Atorvastatina 20mg, Lexotan 3mg. Uma vez por semana tomo Addera de 7000 ui.

  9. Marta de Souza disse:

    Sinto calafrios quando o tempo fica fresco é um frio.momentâneo horrível depois ele agasalhar sinto muito calor e suo muito não sei o que fazer me ajuda

  10. Anônimo disse:

    Estou constantemente com calafrios, o que será?

  11. Ramón Rodrigues disse:

    Eu sou uma pessoa bem saudável, sem problemas de saúde (que eu saiba), mas tenho calafrios todos dias, várias vezes ao dia. Não importa se está quente ou frio, se estou com febre ou não, não há padrão, simplesmente tenho calafrios. Não tenho problemas com ansiedade, pânico e tal, sou um pessoa bem tranquila e centrada. Os calafrios são as vezes muito fortes ao ponto de jogar objetos no chão e esbarrar nas pessoas, mas duram poucos segundos. Já virei até motivo de piada por isso kkkkkk enfim, tenho buscar uma explicação, mas ainda não encontrei. Só tenho medo de que no futuro isso possa desencadear algum problema neurológico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.