Andropausa

  • Português

A andropausa é um nome que raramente se ouve, principalmente na comunicação social, pois ainda não tem a devida atenção por parte da sociedade como seria de esperar.

No entanto, este é um problema que surge cada vez mais aos homens, assim como a menopausa surge às mulheres, após os 45 anos de idade.

Ao contrário do que se pensa, existem variadíssimas diferenças entre a andropausa e a menopausa, pois as transformações que ocorrem não são exatamente as mesmas.

Enquanto que na mulher existe um acentuado declínio na produção hormonal que resulta numa deficiência funcional nos ovários (interrompendo assim a menstruação), nos homens existem variadas alterações hormonais.

A mais comum é a redução dos níveis de testosterona, no entanto não resulta obrigatoriamente numa completa interrupção da função fisiológica.

[-] Índice de conteúdos

Diagnóstico da Andropausa

Imagem de Homem na Andropausa (Autor: National Institutes of Health)

Imagem de Homem na Andropausa (Autor: National Institutes of Health)

Dado que existem inúmeras causas e sintomas que podem ocorrer, dependendo do homem e da própria vida que este leva, é importante que o diagnóstico seja o mais correto possível.

Assim, são feitas análises ao sangue e à urina de forma a medir o índice de testosterona livre e total e ainda o nível de prolactina que se estiver demasiado elevado, reduz a testosterona, podendo assim originar problemas como osteoporose, problemas musculares, aumento da massa gorda e ainda dificuldades na ereção.

Consequências da Andropausa

As consequências do surgimento de este problema de saúde nos homens são inúmeras, destacam-se: impotência sexual, ejaculação precoce, insónias, sistema nervoso alterado, perda de cabelo (calvície), alterações de humor repentinas, problemas cardiovasculares, diminuição da massa muscular, entre outros.

Tratamento da Andropausa

No que diz respeito ao tratamento, existem vários métodos testados que já tiveram resultados extremamente positivos para os homens, como é o caso da reposição hormonal, a ingestão de diversos fármacos para a impotência sexual, a alimentação correta e equilibrada e ainda a prática de exercício físico.

Em jeito de conclusão, ao contrário do que se pensa, a andropausa é um problema cada vez mais comum na sociedade. No entanto, a vergonha dos homens falarem no assunto leva a que muitas vezes o problema exista mas nem o próprio homem tenha conhecimento, tentando combater outro tipo de problemas de saúde através de outros tratamentos e sem resultado aparente.

Etiquetas: consequências da andropausa, diagnóstico da andropausa, massa muscular, tratamento da andropausa

Leave a Reply

Your email address will not be published.