Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Aspartame – Será Seguro Consumir ?

Aspartame, com o nome de marca NutraSweet, tem sido um adoçante amplamente usado desde 1981.

[-] Índice de conteúdos

O Que é o Aspartame

É derivado de um aminoácido essencial, a fenilalanina, que é comumente encontrada na maioria das fontes de proteína.

Foi descoberto por acidente quando foi combinado fenilalanina com ácido aspártico (um outro aminoácido), o químico inventor provou e achou a solução bastante doce.

O aspartame é 160 vezes mais adoçante que sacarose, e é comummente encontrada em refrigerantes e numerosos produtos alimentares.

O aspartame não tem calorias, carbohidratos, proteínas ou gorduras e não provoca altos picos de insulina, como a sacarose – tornando-a segura para consumo nos diabéticos.

O único problema com o aspartame é em indivíduos que têm uma desordem chamada “fenilcetonúria”, a maior parte dos refrigerantes tem um aviso para pessoas com esta desordem.

Aspartame e a Saúde

Existem inúmeros sites na Internet alegando que o aspartame é perigoso e pode causar uma grande variedade de doenças.

Desde ataques cardíacos, tumores cerebrais, câncer e morte é atribuída ao consumo de aspartame, com absolutamente nenhuns dados médicos para prová-lo.

Estrutura Molecular do Aspartame

Estrutura Molecular do Aspartame

Existe uma tonelada de desinformação sobre este produto químico.

Sem razão aparente, foi criticada por alguns indivíduos que parecem ter algum tipo de vingança contra a comunidade médica, o governo ou empresas químicas.

Ainda assim e apesar da esmagadora prova em contrário, essas pessoas recusam-se a acreditar que o aspartame é seguro.

É difícil de perceber como dois aminoácidos que são encontrados na dieta de qualquer humano quando juntas possam causar qualquer problema. No entanto, os mitos ainda persistem.

A verdade é que o aspartame é um dos produtos clinicamente mais estudados em todo mundo, com um excelente perfil de segurança. A Dose Diária Aceitável (DDA) para o aspartame é 40mg/kg.

Avalia este conteúdo
4.25/5 (1 votos)
Etiquetas: aspartame e a saúde, efeitos do aspartame, fontes de proteína
7 comentários sobre “Aspartame – Será Seguro Consumir ?
  1. Ana disse:

    Então se nao encontrou nenhum site devia ler este estudo que esta disponivel em pdf neste link: http://www.ramazzini.it/fondazione/pdfUpload/EnvironHealthPerspect_115_1293-1297_2007.pdf realizado pela European Foundation of Oncology and Environmental Sciences “B. Ramazzini”.
    Se ainda nao ficarem totalmente satisfeitos sugiro a leitura do livro Excitotoxins: The Taste That Kills escrito pelo neurocirurgiao Dr Russell Blaylock .

    • EmForma.net disse:

      @ Ana

      Acredite que se fosse por mim o Aspartame não seria usado em produtos alimentares, porque bem.. acho que é uma coisa desnecessária. Mas apenas só isso. É uma substância que foi aprovada em mais de 90 países por esse mundo fora. Em relação ao seu estudo, houve uma resposta por parte da EFSA (European Food Safety Authority) que está aqui : http://www.efsa.europa.eu/EFSA/efsa_locale-1178620753812_1178620841131.htm

      Finally the Panel concluded that based on all the available data to date there is no reason to further review the previous scientific opinion on the safety of aspartame nor to revise the Acceptable Daily Intake (ADI) for aspartame of 40 mg/kg body weight. Commenting on the AFC Panel’s risk assessment, Dr. Herman Koëter, EFSA Acting Executive Director, said: “EFSA considers that the results of this new study on aspartame do not provide a scientific basis for reconsidering its use in foods. If any new information would become available in the future, EFSA will review these as a matter of priority.”

  2. FM disse:

    Claro que as pesquisas nunca contra-indicam o aspartame, pois é a Monsanto que paga o salário dos pesquisadores.

  3. Jonh disse:

    Está enganado, centenas de estudos indicando como o maior causador de doenças de todos os tempos o aspartame. Pesquisas sérias são ocultadas para proteger a industria do aspartame e a indústria dos medicamentos que vendem, quem diria, remédios para tratar doenças causadas por aspartame. Pesquisadores, médicos e sites como este são pagos pela industria do adoçante.

  4. Francisco Silva disse:

    “Existe uma tonelada de desinformação sobre este produto químico. Sem razão aparente, foi criticada por alguns indivíduos que parecem ter algum tipo de vingança contra a comunidade médica, o governo ou empresas químicas. Ainda assim e apesar da esmagadora prova em contrário, essas pessoas recusam-se a acreditar que o aspartame é seguro”.

    Caro amigo, o sr diz que apesar da esmagadora prova em contrário, as pessoas recusam-se a acreditar que o aspartame é seguro. Gostaria imenso de conhecer essa dita “esmagadora prova, se é que ela existe em algum lugar”. É que, verdade seja dita, nunca vi nenhum laboratório credível defender com clareza, quando mais de forma esmagadora, a segurança do aspartame. Dizer que algo é super-seguro sem apresentar nada que sustente essa informação, é o mesmo que não dizer nada… Não tenho nada contra o aspartame, sou apenas um consumidor que gosta de ter conhecimento sobre tudo e que não cai facilmente na informação propagandista. Cumprimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.