Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Método de treino – Doggcrapp

É impossível frequentar um fórum sobre musculação hoje em dia e não ouvir falar nada sobre DoggCrapp, ou DC.

O seu criador Dante Trudel é um bodybuilder amador que nunca chegou a competir seriamente, contudo sempre teve um grande interesse na teoria por detrás deste desporto.

Certa altura há mais de meia década atrás andava num fórum apenas visitado pela elite do bodybuilding, vendo as coisas detrimentais que os profissionais faziam ao seu corpo decidiu colocar umas quantas mensagens usando o apelido ‘Doggcrapp’ em que explicava o seu método de treino, foi nesse instante que surgiu o nome e o interesse neste método de treino que acabou por se espalhar pela internet fora. Será que este método de treino funciona realmente? Claro que sim. Aqui estão alguns dos motivos:

    1. É obviamente um treino de baixo volume. Grande parte dos entusiastas faz demasiado volume e regularmente. Isso poderá levar ao overtraining, falta de crescimento e desmotivação. DoggCrapp coloca o atleta a fazer entre três e quatro sets por sessão, não mais que três vezes por semana.
    2. O seu método é escalável e fácil de adaptar a cada atleta. Enquanto a base para todos os sets a fazer devem seguir o estilo descanso-paragem, Dogg sabe que pode não ser benéfico para atletas que recuperam lentamente. A frequência de treino deve ser adaptada de acordo com a habilidade de recuperação de cada atleta, isto é tão importante quanto a intensidade do treino.
    3. Para aqueles que conseguem aguentar, os sets de descanso providenciam o caminho mais rápido para atingir as fibras dos músculos profundamente com o menor número de sets.
    4. As rotinas de treino em volta do DC baseiam-se nos exercícios de corpo inteiro, Supino, Agachamento, Peso Morto são o pão de cada dia. É também feito grande ênfase no treino de pernas que sendo uma receita garantida para o sucesso!
    5. O método foi construído à volta de um ciclo de intensidade. Quatro semanas pesado, duas semanas leve sem muita intensidade parar tirar um pequeno intervalo de comer sem parar. O que é bonito neste método é que funciona tanto para amadores como para profissionais. A maior parte das pessoas não aguenta constantemente grande intensidade e este método dá um intervalo de descanso para recuperar as forças perdidas.
Dante Doggcrapp Trudel

Dante “Doggcrapp” Trudel

  1. A fase de carga muda todas as semanas na altura de maior intensidade. O método do Dogg de escolher três tipos de exercícios para cada grupo muscular e rodá-los a cada semana (no período de maior intensidade) evita a adaptação quando se faz os mesmos exercícios semana após semana. Este método irá fazer com que se não evolua nos exercícios em termos de peso ao longo das semanas, mas construirá mais volume quando as cargas variam.
  2. DC reconhece a importância de quantidades extremas de proteína para ganhos extremos de massa muscular, se esta indicação não for cumprida então o trabalho será em vão, em suma, um esforço perdido.
  3. Alongamentos extremos é um grande factor no sucesso de uma rotina com base nesta metodologia. Grande parte dos atletas amadores acreditam que este factor apenas teria efeito em profissionais ou pessoas experientes com algum calo. Contudo essa ideia está muito longe da realidade. Os alongamentos extremos supostamente ajudam a esticar o compartimento fascial e a dar mais espaço para o músculo crescer.
  4. É escalável para todo o tipo de atleta, deste amador a profissional.
  5. Dante é brilhante e continua a refinar e a melhorar o seu método de treino dia após dia. Este homem é sem dúvida um grande contributo para esta temática a nível mundial.

Claro que não há um sistema de funcione para todas as pessoas. Mas é claramente um dos melhores métodos jamais criados.

Não cobre exercícios específicos nem pormenores muito detalhados.

É um método que deve ser empregado especialmente por atletas já com alguns anos de treino e que querem levar o seu físico mais além. Este é um artigo introdutório ao método e será colocado no EmForma.net mais artigos sobre este método de treino, por isso não esqueças de ir passando por cá.

Nota 1 : Alongamentos extremos não devem ser feitos quando se está frio.

Avalia este conteúdo
3.775/5 (8 votos)
Etiquetas: massa muscular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.