Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Uma Introdução ao Stress

O stress é algo já bastante familiar hoje em dia, temos uma sociedade construída há volta do stress.

No entanto, a maior parte da população não sabe o quão caro o stress pode ser no nosso dia a dia e de que forma nos pode influenciar negativamente.

Colocando de forma simples, o stress é algo que cria pressão no funcionamento normal do corpo humano  mentalmente ou fisicamente.

[-] Índice de conteúdos

Fontes de Stress

  • Alimentação pobre
  • Poluição
  • Problemas familiares e amorosos
  • Insatisfação com o emprego actual
  • Problemas com o dinheiro
  • Excesso de exercício físico

O stress pode ser visto como o fogo, quando este é controlado pode ser usado em fins produtivos mas quando fica fora do nosso controlo pode-nos consumir até ao ponto de nos destruir.

Localizado mesmo acima dos nosso rins, existem duas glândulas que determinam a resposta do corpo face ao stress, libertando adrenalina e gerando cortisol no sangue, hormona essa que tem diversos efeitos negativos.

Esta geração de cortisol faz com que o corpo empregue mais energia, consequentemente ficamos mais alertas, ganhamos força adicional e somos capazes de processar informação mais rapidamente e em maiores quantidades.

Escrito no código genético dos nossos antepassados está estipulado que o stress é uma resposta face ao perigo eminente. Ao libertar a sua artilharia hormonal, o corpo está a dar o máximo para tentar sobreviver contra qualquer ameaça, seja ela qual for.

O emprego é uma das maiores fontes de stress

O emprego é uma das maiores fontes de stress

O stress também pode ser activado na situação da falta de alimentos para sobreviver, stressando a obtenção de comida para a sobrevivência. Hoje em dia esses perigos naturais já não existem, pelo menos nos países mais desenvolvidos, mas o mecanismo de resposta rápida continua a ser o mesmo.

Rapidamente o stress foi usado e canalizado para o crescimento stressado da sociedade industrializada, que nos incumbe em muitas maiores quantidades e com maior frequência.

Uma permanente exposição ao stress moderno pode levar-nos a produzir cortisol consistentemente sem que seja necessário, o corpo humano simplesmente não sabe avaliar as situações de perigo real.

Actualmente as nossas glândulas são pressionadas a produzir adrenalina e cortisol a toda a hora, o cortisol irá lentamente “comer” o músculo e enquanto a libertação pontual de cortisol nos pode ajudar a safar de situações de perigo, a produção constante vai provocar fadiga e sobrecarregar as glândulas também, a sua resposta face ao stress torna-se cada vez mais reduzida e atenuada.

Efeitos do Stress

Alguns dos efeitos do stress são:

  • Obesidade
  • Fadiga mental e física
  • Nevoeiro mental
  • Distúrbios no sono
  • Problemas digestivos
  • Pele enrugada
  • Depressão
  • etc

O stress também prejudica o balanço hormonal. Quando os níveis de cortisol variam demasiado rapidamente a relação simbiótica que existe entre diversas hormonas é alterada.

Este acontecimento pode diminuir a habilidade do corpo para se manter hidratado podendo em casos extremos originar espasmos musculares e pele enrugada ou seca.

Também estraga a distribuição de nutrientes para as células, criando uma série de problemas em cadeia.

Uma outra consequência da falta de balanço hormonal é o decréscimo da habilidade mental, diminuindo a velocidade de reacção.

Avalia este conteúdo
3.075/5 (3 votos)
Etiquetas: como evitar o stress, emprego, fontes de stress, obesidade, stress e obesidade, stress no emprego
Um comentário sobre “Uma Introdução ao Stress
  1. Caique disse:

    A saúde em primeiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.