Os Benefícios da Glutamina

Glutamina melhora a imunidade e previne a fadiga nos treinos intensos.Suplemento deste aminoácido pode ser bom para pacientes com câncer, portadores do vírus HIV e pessoas com problemas digestivos.

A glutamina é um dos aminoácidos codificados pelo código genético, sendo portanto um dos componentes das proteínas dos seres vivos. A glutamina é o aminoácido livre e é mais abundante no tecido muscular (Autor: Imagem em domínio público)

A glutamina é classificada pela literatura científica como um aminoácido não essencial uma vez que pode ser sintetizada pelo organismo a partir de outros aminoácidos. Isto não significa que não seja necessária ao organismo já que realiza funções vitais para o bom funcionamento de diversos órgãos como pulmões, coração, rim, fígado e intestino.

[-] Índice de conteúdos

Glutamina no Organismo

O nosso organismo também utiliza a glutamina para o transporte de amónia e nitrogénio pela corrente sanguínea, e é por esse motivo que é necessário manter sempre constante a quantidade de glutamina no sangue.

Além de ser também uma fonte primária de energia para o nosso sistema imunitário, concluindo que a sua escassez no organismo pode aumentar a incidência de doenças.

É também necessária para a absorção e a proliferação de células intestinais, prevenindo a deterioração do intestino, além de normalizar a permeabilidade e integridade do mesmo.

A glutamina auxilia os atletas que possuem um programa com um treino muito intenso e prolongado. Nestes casos, o atleta sem a suplementação pode não ter uma recuperação adequada, causando uma fadiga persistente. Essas situações apresentam alto nível de stress ao organismo, o qual fica suscetível ao maior risco de lesão tecidual.

Estes problemas podem ocorrer porque durante a prática de exercício de alta intensidade e longa duração ocorrem microlesões no tecido muscular que interferem diretamente no equilíbrio do sistema imunitário.

Nesse caso, a concentração plasmática da glutamina é reduzida e existe a necessidade de uma reposição oral desse nutriente melhorando então a sua recuperação após os treinos e evitando o desgaste no organismo, tal como a
resistência da célula a lesões.

Etiquetas: aminoácido, benefícios da glutamina, coração, glutamina, glutamina e a produção de energia, propriedades da glutamina, sistema imunitário
Um comentário sobre “Os Benefícios da Glutamina
  1. Diana disse:

    Quando é que se deve tomar glutamina?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.