Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Os Benefícios de Uma Alimentação Biológica

A alimentação biológica são todos os produtos oriundos de culturas sem recurso a pesticidas ou a fertilizantes químicos.

Já os alimentos não biológicos ou convencionais são aqueles produzidos com vários produtos químicos, a fim de aumentar o crescimento e destruir pragas.

Todavia, são estes últimos os reconhecidos suspeitos de gerar cancro e de contribuir para a destruição do ambiente e da vida selvagem.

[-] Índice de conteúdos

Estudo Sobre a Alimentação Biológica

A alimentação biológica, segundo um estudo sobre este tipo de alimentos, refere que estes produtos são mais nutritivos que os convencionais.

Porque trazem um maior aporte de antioxidantes e de elementos químicos considerados benéficos e suscetíveis de diminuir o risco de doenças coronárias e de cancro.

Pensa-se que uma quantidade menor destes alimentos biológicos do que a de atualmente recomendada, no recurso à alimentação convencional, é o suficiente para fornecer os nutrientes necessários.

Assim, de acordo com uma experiência numa herdade com mais de 700 hectares, com ligações à Universidade de Newcastle e em lugares distintos da Europa, terão sido cultivados frutas e legumes em talhões distintos de agricultura biológica e não biológica.

Concluiu-se que o nível de antioxidantes dos legumes dos talhões cultivados de acordo com as normas da agricultura biológica foi 40% superior aos dos legumes cultivados nos talhões da agricultura convencional.

Benefícios da Alimentação Biológica

Vários estudos elaborados referem que a alimentação biológica apresenta maior riqueza de minerais e de vitaminas, o que inclui antioxidantes, fundamentais na prevenção do cancro.

Apresentando um menor teor de água, dão lugar a uma maior concentração em matéria seca e nutrientes. Tal vai refletir-se num sabor e aroma e sabor mais ricos.

Acredita-se e comprova-se que esta é uma forma de reencontrar o sabor genuíno e tradicional dos alimentos, numa forma de promover a saúde.

Consumir alimentos sadios não desnaturados e isentos de contaminação química é uma forma de prevenção da saúde.

Plantação de batatas biológicas (Autor: Elza Fiuza)

Plantação de batatas biológicas (Autor: Elza Fiuza)

Nos estudos toxicológicos reconhece-se a relação entre os pesticidas e a incidência de certas doenças, tais como o cancro, a asma e as alergias.

Na alimentação de animais são utilizados alguns antibióticos, como promovendo o crescimento, tal como medida preventiva ou para tratamento de doenças. Como resultado, há o rápido desenvolvimento de bactérias resistentes.

Estas, por sua vez, são, através da cadeia alimentar, transmitidas aos seres humanos, diminuindo, muitas vezes, as probabilidades de tratamento de várias doenças.

Mas, ao invés, na produção animal orgânica está proibida a utilização de hormonas de crescimento ou a utilização de antibióticos de título preventivo.

São, assim, respeitadas as necessidades comportamentais e fisiológicas dos animais, no cuidado com o seu bem estar global, o que se comprova pela ausência de resíduos de pesticidas.

Vantagens da Alimentação Biológica

Na opinião do Prof. Delbet, da Academia de Medicina, em França: “Nenhuma atividade humana, nem mesmo a medicina, tem tanta importância para a saúde como a agricultura”.

A alimentação biológica não é um retrocesso no tempo. Trata-se de um sistema de produção que procura juntar tecnologias modernas com as práticas da agricultura sustentável, não poluente. Nos países mais desenvolvidos é uma inversão do processo de poluição e de contaminação, de erosão, de perda de solo, bem como de desertificação de zonas rurais. [1]

Nos países do terceiro mundo é uma forma de as populações cuidarem do seu próprio solo, ao torná-lo ou ao mantê-lo fértil. Produzem, assim, a própria alimentação biológica, baseando-se em recursos locais, com autonomia para um desenvolvimento equilibrado e independente.

Para o consumidor, é a sua escolha de consumo, em nome da saúde, em defesa do meio ambiente, dos solos, das águas. Consumir alimentos orgânicos é inovador e positivo.

Referências

1. Alimentos orgânicos e saúde humana: estudo sobre as controvérsias
Avalia este conteúdo
2.9/5 (13 votos)
Etiquetas: agricultura biológica, alimentação biológica, alimentos ecológicos, alimentos orgânicos, benefícios uma alimentação biológica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.