Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Testículo

  • Português

Todos os animais de sexo masculinos apresentam na sua anatomia o testículo em número par. Estes têm duas importantes funções: produzir as células sexuais, os espermatozóides, e segregar hormonas.

No que se refere às hormonas segregadas por esta estrutura, a principal é a testosterona e o seu metabólito conhecido pelo nome de diidrotestosterona. O primeiro é de extrema importância para a produção dos espermatozóides ao qual se dá o nome de espermatogénese e para a diferenciação sexual aquando do desenvolvimento embrionário e fetal.

Esta estrutura apresenta-se coberta por uma cápsula de tecido conjuntivo denso ao qual se dá o nome de túnica albugínea. A cápsula encontra-se engrossada na sua superfície dorsal dando origem ao mediastino do testículo e aos septos fibrosos. Estes últimos dividem o parênquima testicular em compartimentos conhecidos como sendo os lóbulos do testículo, mas podem ser incompletos acontecendo a intercomunicação entre os testículos.

É no interior de cada lóbulo que se encontram os túbulos seminíferos que podem ser de um a quatro e que servem de alojamento a tecido conjuntivo frouxo bastante vascularizado com vasos sanguíneos, vasos linfáticos, nervos e células intersticiais. São estes tubos os responsáveis pela produção dos espermatozóides e as células intersticiais ou célula de Leydig pela produção do androgénio testicular ou testosterona.

Os testículos produzem testosterona e que por sua vez fazem os homens ter mais massa muscular (Autor: Imagem em domínio público)

Os testículos produzem testosterona e que por sua vez fazem os homens ter mais massa muscular (Autor: Imagem em domínio público)

Quanto ao desenvolvimento dos testículos, este dá-se na parede dorsal posterior da cavidade abdominal e durante a fase fetal. É nesta fase que eles migram e se instalam no interior da bolsa escrotal embora em suspensão na ponta do cordão espermático. Cada testículo leva consigo um saco com uma membrana serosa à qual se dá o nome de túnica vaginal.

Esta por sua vez é formada por duas camadas, uma parietal exterior e uma visceral interna. O escroto possui o papel de manter a temperatura testicular inferior à temperatura corporal de forma a que os testículos desempenhem eficazmente as suas funções. A espermatogénese só se verifica no início da puberdade o que confirma que o desenvolvimento testicular se processa até à mesma.

Avalia este conteúdo
2.5/5 (4 votos)
Etiquetas: benefício dos testículos, função do testículo, massa muscular, propriedades do testículo, testículo, testículos

Leave a Reply

Your email address will not be published.