Ansiedade

As pessoas passam hoje os seus dias numa corrida constante e quase todas, grandes ou pequenas, já experimentaram momentos de maior ou menor ansiedade. A palavra ansiedade traduz vários estados de espirito como é o caso de aflição, angústia, medo ou até mesmo a iminência de perigo entre muitos outros que na sua grande maioria assusta os indivíduos.

A ansiedade baseia-se num fenómeno que pode beneficiar ou prejudicar a pessoa que a sente. Quando se transforma em situações prejudiciais podemos estar perante um caso patológico que vai alterar, com toda a certeza, o funcionamento mental, somático e social. Podemos afirmar que a ansiedade serve para estimular a pessoa a uma determinada ação, no entanto em excesso, resulta precisamente no contrário, barrando as reações.

Esta, consiste num processo físico que permite que o individuo se mantenha alerta e em vigília. Este estado acontece pela libertação da adrenalina e prepara o corpo para reagir ficando o cérebro com maior agilidade de raciocínio de forma a encontrar uma solução para o acontecimento que provocou a ansiedade.

Imagem de Ansiedade (Autor: Imagem em domínio público)

As pessoas passam hoje os seus dias numa corrida constante e quase todas, grandes ou pequenas, já experimentaram momentos de maior ou menor ansiedade

A ansiedade pode manifestar-se através de sintomas como ataques de pânico, obsessão, timidez, fobias, alterações do comportamento alimentar entre outros. Dos seus sintomas mais frequentes podemos citar a fadiga, a falta de ar, confusão mental, sensação de desmaio, dor no peito, dificuldade em dormir, vómitos e taquicardia, etc.

Esta patologia pode ser tratada e já são muitos os cientistas que se dedicam ao seu estudo e ao seu tratamento. No entanto a melhor forma de tratar a ansiedade é compreender os problemas da pessoa de forma a perceber quais as causas da ansiedade. Esta compreensão vai permitir que a pessoa consiga afastar as emoções causadoras e que na grande maioria das vezes estão relacionadas com experiências sentidas do passado por vezes traumáticas. Felizmente hoje em dia podem ser encontradas diversas terapias convencionais, ou não, que ajudam as pessoas a eliminar estados de ansiedade prejudiciais.

Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Forum

Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.

Acompanha o Em Forma