Saliva

A saliva consiste num fluido corporal aquoso, transparente, que é segregado pelas glândulas salivares e depositado diretamente na boca. Da sua constituição fazem parte as enzimas, os minerais e os aminoácidos. Foi recentemente comprovado que a ausência destas glândulas leva a um maior número de infeções e intoxicações. Talvez seja por esta razão (de forma inconsciente) que os animais têm tendência a lamber as feridas.

Este fluido é talvez um dos mais complicados e versáteis líquidos do corpo cuja existência satisfaz um vasto conjunto de necessidades fisiológicas sendo por isso também considerado um dos mais importantes.

O ser humano produz cerca de dois litros de saliva por dia. O conjunto de glândulas salivares existentes dão um contributo, sem exceção, para a composição da saliva e esta varia tendo em conta a percentagem de secreção. Durante o sono a secreção é mais pequena e maior enquanto há estimulação. A secreção da saliva é fiscalizada no cérebro mais propriamente no centro salivar e o seu fluxo é concebido consoante o paladar.

A saliva apresenta diversas funções de entre as quais podem ser enumeradas as seguintes:

Imagem de Saliva Humana (Autor: Imagem em domínio público)

Imagem de Saliva Humana (Autor: Imagem em domínio público)

  • Proteção da cavidade bucal.
  • Proteção do epitélio gastrointestinal e do epitélio da orofaringe.
  • Humedecer os tecidos da cavidade bucal.
  • Controlar a quantidade de água do organismo. Todos sabemos que quando o corpo necessita de água a boca fica seca, a pessoa refere sede e a necessidade de ingerir líquidos.
  • Diminui a acidez da boca evitando as caries. O não consumo de bebidas alcoólicas e a não existência da prática do tabagismo leva a uma produção de saliva com melhor qualidade e menos ácida. Em consequência disto vão existir um menor número de caries e de problemas gastrointestinais.
  • Lubrificação da boca e dos alimentos.
  • Impede os estímulos nocivos, as toxinas microbianas e os pequenos traumas.
  • Faz a lavagem mecânica da cavidade bocal
  • Prepara o bolo alimentar para que este siga o seu caminho.
Etiquetas: cavidade bucal, epitélio da orofaringe, epitélio gastrointestinal, imagem de saliva, saliva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.