Pesticida

Um pesticida é uma substância (ou uma mistura de substâncias) como o fim de destruir, repelir ou impedir o desenvolvimento de qualquer praga.

Esta é assim considerada por destruir plantações, propagar doenças, entre outros. O pesticida pode ser produzido quimicamente ou através de qualquer agente biológico, como uma bactéria ou um vírus.

Estes produtos não são, obrigatoriamente, venenosos, no entanto podem torna-se tóxicos para o ser humano e outros animais e plantas, especialmente a longo prazo.

Imagem de Pesticida (Autor: Xanthis)

Imagem de Pesticida (Autor: Xanthis)

Os pesticidas podem ser classificados de acordo com o seu objetivo. Assim, um acaricida ataca ácaros, um bactericida controla bactérias, um fungicida elimina fungos, um herbicida combate ervas daninhas e um Inseticida repele insetos. Existe ainda o naticida (vermes), rodenticida (roedores) e o moluscicida (moluscos).

A história dos pesticidas já é antiga, dizendo os entendidos que, a primeira referência, a estes, remonta a quinhentos anos, antes de cristo. A primeira substância que foi usada com este fim foi o enxofre mas, em meados do século XV, surgem substâncias tóxicas como o mercúrio e o arsênio, como respostas às pragas nos campos de cultivo. Mais tarde, já no século XVII, é extraído, das folhas da planta do tabaco, sulfato de nicotina, a fim de ser usado como pesticida. Já no início do século XIX, começa-se a utilizar um derivado da espécie Chrysanthemum cinerariaefolium e ainda, o rotone (proveniente das raízes de alguns legumes). Mais recentemente (1939), Paul Muller mostra o DDT como um pesticida muito eficiente, e este passa a ser utilizado por todo o mundo. No Entanto, em 1960, prova-se a patogenicidade deste, em relação a algumas espécies de aves, oferecendo graves riscos à biodiversidade. Rachel Carson escreve uma obra que alertava as populações e criticava o uso de DDT. Na atualidade, este produto é proibido em alguns países, mas em outros é utilizado como auxílio, na batalha a doenças associadas a países tropicais.

Nos dias de hoje, a utilização de pesticidas ronda os dois milhões e meio de toneladas por ano.

Etiquetas: efeitos do pesticida, função do pesticida, pesticida, pesticidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.