Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Neurónio

O sistema nervoso é composto por neurónios e estes constituem a sua unidade base de funcionamento. Eles são diferentes consoante as suas funcionalidades e a sua localização. Quanto à sua formação, os neurónios são todos muito parecidos apresentando três elementos importantes: o corpo celular, as dendrites e o axónio.

O corpo celular encontra-se envolvido por uma membrana muito fina e inclui o núcleo celular. Este núcleo constitui a central de energia da célula.

As dendrites que são ramificações muito finas, saem para o exterior do neurónio para poderem receber as mensagens dos neurónios seus vizinhos e depois fazerem a sua condução para o corpo celular. As dendrites podem ser bastante numerosas, contando-se nalguns casos algumas centenas, podendo este número variar consoante o tipo de neurónio.

Constituição de um Neurónio

Constituição de um Neurónio

Quanto ao axónio, este é uma fibra de saída que pode medir entre apenas alguns milímetros ou um metro e que se prolonga desde o corpo celular até às ramificações axónicas. Alguns dos axónios existentes encontram-se cobertos por uma substancia gorda e branca a que se dá o nome de bainha de mielina. Esta estrutura vai permitir uma transmissão da mensagem de forma mais rápida. Outros há que são apenas construídos com uma substância cinzenta. Independentemente da sua formação, a atividade dos neurónios só é possível se estes forem alimentados e para isso é necessário que seja administrado ao organismo oxigénio e glicose. Caso esta alimentação não se processe adequadamente, o neurónio estará condenado à morte.

No corpo humano podem ser contados três tipos de neurónios diferentes no que se refere à sua funcionalidade. Assim, temos os neurónios sensoriais que recebem a informação dada do meio exterior ou interior e que a conduzem até ao sistema nervoso central. Temos os neurónios motores que vão transmitir a informação desde o sistema nervoso central até aos órgãos efectores que são os músculos e/ou as glândulas. Por fim podemos falar dos neurónios de conexão que fazem a interpretação da informação elaborando de imediato as respostas.

Avalia este conteúdo
2.5/5 (1 votos)
Etiquetas: axónio, corpo celular, dendrites, neurónio, neurónios, neurónios motores, neurónios sensoriais, núcleo celular, sistema nervoso, sistema nervoso central

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.