Endométrio

O endométrio é a membrana mucosa que reveste o interior do útero. Durante o ciclo menstrual, o endométrio passa por algumas mudanças, tornando-se mais espesso e rico em vasos sanguíneos para preparar a mulher para uma possível gravidez.

Se a mulher não engravidar, uma parte do endométrio é eliminada, causando o sangramento menstrual.

Endometriose

A endometriose é um problema que muitas mulheres têm durante a fase reprodutiva. Isso significa que um tipo de tecido que reveste o útero também está a crescer fora do seu útero, sem que cause quaisquer sintomas. Geralmente, a endometriose não é perigosa, mas pode causar dor e outros problemas.

Os pedaços de tecido que crescem fora do útero são chamados de implantes. Eles geralmente crescem nos ovários, nas trompas de Falópio, na parede exterior do útero, ou noutros órgãos no ventre. Em alguns casos muito raros, também se espalha para áreas além da barriga.

O endométrio é a membrana mucosa que reveste o interior do útero. Durante o ciclo menstrual, o endométrio passa por algumas mudanças, tornando-se mais espesso e rico em vasos sanguíneos para preparar a mulher para uma possível gravidez (Autor: blog.shopfisio.com.br)

O endométrio é a membrana mucosa que reveste o interior do útero. Durante o ciclo menstrual, o endométrio passa por algumas mudanças, tornando-se mais espesso e rico em vasos sanguíneos para preparar a mulher para uma possível gravidez (Autor: blog.shopfisio.com.br)

Todos os meses, o corpo da mulher liberta hormonas que fazem com que o endométrio comece a engrossar e a se preparar para um “ovo”. Quando a mulher engravida, o ovo fertilizado prende-se ao endométrio e começa a crescer. Quando a mulher não engravida, o endométrio rompe-se, e o corpo da mulher lança-o para fora como sangue, sob a forma do período menstrual.

Quando alguém tem endometriose, os implantes de tecido fora do útero, assim como o tecido que reveste o útero, ficam mais espessos, acabando por quebrar e sangrar. Mas, visto que os implantes estão fora do útero, o sangue não pode fluir para fora do corpo fazendo com que os implantes fiquem irritados e doridos. Por vezes, eles formam uma cicatriz, fazendo com que seja mais difícil engravidar.

A única maneira de se ter certeza se tem ou não endometriose é fazer um tipo de cirurgia chamada laparoscopia. Durante esta cirurgia, o médico coloca um tubo fino e iluminado através de um pequeno corte na barriga, permitindo assim que o médico veja o que está dentro da barriga. Se o médico encontrar implantes, tecido cicatrizado, ou cistos, estes podem ser removidos durante essa mesma cirurgia.

Não há cura para a endometriose , mas existem bons tratamentos. Por vezes é necessário experimentar vários tratamentos para descobrir o que funciona melhor no seu caso. Ainda assim, seja qual for o tratamento, existem sempre grandes chances de o problema voltar.

Os tratamentos para a endometriose incluem:

  • Anti-Inflamatórios (para a dor),
  • Pílulas Anticoncepcionais,
  • Terapia Hormonal
  • Laparoscopia,
  • Remoção do útero e ovários.
Marcado com: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Forum

Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.

Acompanha o Em Forma