Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Amaranto

São muitas as pessoas que nunca ouviram falar do amaranto apesar do seu uso já contar com séculos de história. Na antiguidade, ele era habitual no combate às dores de estômago pelos povos incas, maias e os astecas.

O amaranto é um cereal andino, da família amaranthaceae mais conhecido pelo nome de bredo ou caruru.

É originário das Américas onde pode ser encontrado em mais de dezassete espécies, todas elas comestíveis.

Segundo alguns cientistas o amaranto é um pseudo-cereal e não um verdadeiro cereal, isto porque os cereais podem ser transformados em farinhas onde são encontrados o amido, aminoácidos e fibras na sua composição e a farinha deste “cereal “ não os possui sendo por isso mais parecido com a quinoa e o trigo-sarraceno.

Comparação entre Amaranto (à esquerda) e Trigo (à direita) (Autor: Maksim)

Comparação entre Amaranto (à esquerda) e Trigo (à direita) (Autor: Maksim)

Nos presentes supermercados ele começa agora a aparecer já pronto a ser consumido. Os benefícios do seu consumo foram já relatados pela ciência brasileira, sendo considerado como um alimento saudável, há mais de vinte anos. Graças a este benefício, a ciência local tem também estudado a forma de conseguir o cultivo deste grão nas terras do seu país.

O amaranto é diferente dos outros cereais, mas são as propriedades nutricionais que mais fazem a diferença. A quantidade de ferro é bastante superior comparativamente aos outros cereais e a quantidade de lisina é bastante significativa uma vez que esta não é presente em qualquer outro cereal.

Os aminoácidos também existentes fazem do amaranto um alimento de eleição por ser bastante equilibrado no que se refere aos elementos nutricionais. No que se refere às calorias ele é pouco calórico apresentando cento e duas em 100 gramas já cozinhado.

O amaranto é essencial, diz quem sabe, para combater a desnutrição do organismo uma vez que é um alimento completo em caraterísticas nutricionais. O excesso de peso pode também ser evitado ou eliminado uma vez que a sua ingestão provoca saciedade não havendo necessidade de comer outros alimentos menos aconselhados. A farinha de amaranto é aconselhado para os doentes celíacos dado que esta não possui glúten.

Avalia este conteúdo
3.125/5 (4 votos)
Etiquetas: amaranto, benefícios do amaranto, bredo, caruru, propriedades do amaranto
Um comentário sobre “Amaranto
  1. Iracy Pimentel Furtado disse:

    Quais as espécies de amarantos que são comestíveis? As que tem suas mudas em torno das folhas? Tenho muitas onde moro. Espero sua resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.