Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Sintomas e Tratamentos da Doença de Addison

Muitas vezes é o aparecimento dos sintomas duma doença que leva o doente ao médico e esta não é exceção.

[-] Índice de conteúdos

Sintomas da Doença de Addison

A Doença de Addison é caracterizada por um conjunto de sintomas que têm um desenvolvimento muito lento e que se caracteriza por perda de peso, anorexia ou perda de apetite, fraqueza muscular, cansaço fácil, hipotensão, tonturas, náuseas e vómitos, diarreia, vontade de comer sal, escurecimento de algumas partes do corpo essencialmente cicatrizes e áreas de pressão.

A nível emocional surge a irritabilidade e muitas vezes a depressão.

Dado que todo este quadro clínico se instala muito lentamente muitas vezes não é diagnosticado levando o doente ao médico somente quando as manifestações já são graves e foram desencadeadas por outras doenças como acidentes ou infeções.

A Doença de Addison foi estudada no ano de 1849 pela primeira vez por Thomas Addison, um médico inglês, que lhe deu o nome.

A Doença de Addison é também conhecida como sendo uma insuficiência adrenal crónica ou hipocortisolismo ou seja é uma doença endocrinológica.

A Doença de Addison é caracterizada por um conjunto de sintomas que têm um desenvolvimento muito lento e que se caracteriza por perda de peso, anorexia ou perda de apetite, fraqueza muscular, cansaço fácil, hipotensão, tonturas, náuseas e vómitos, diarreia, vontade de comer sal, escurecimento de algumas partes do corpo essencialmente cicatrizes e áreas de pressão (Autor: medicalpicturesinfo.com)

A Doença de Addison é caracterizada por um conjunto de sintomas que têm um desenvolvimento muito lento e que se caracteriza por perda de peso, anorexia ou perda de apetite, fraqueza muscular, cansaço fácil, hipotensão, tonturas, náuseas e vómitos, diarreia, vontade de comer sal, escurecimento de algumas partes do corpo essencialmente cicatrizes e áreas de pressão (Autor: medicalpicturesinfo.com)

Muito rara é descrita como uma doença em que existe uma produção não suficiente das hormonas produzidas pela glândula supra-renal ou adrenal, como o cortisol, a aldosterona, a testosterona, a adrenalina e a noradrenalina.

Estas duas últimas são de primordial importância na ativação dos mecanismos de defesa do organismo humano em condições de emergência.

Causas da Doença de Addison

Esta doença pode ter na sua origem várias causas e as principais são:

  • A doença auto-imune como é o caso da adrenalite auto-imune em que o organismo desenvolve anticorpos contra a glândula adrenal, nomeadamente contra as suas enzimas fomentando assim a insuficiência da produção das suas hormonas.
  • As doenças infecciosas granulomatosas como a tuberculose e a blastomicose.
  • As doenças cancerosas. A insuficiência adrenal pode acontecer em consequência da presença de metástases bilaterais nas glândulas. Isto só acontece quando se verifica mais de 90 por cento da destruição do tecido adrenal funcionante.
  • Nos doentes imunodeprimidos, como os portadores do Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, podendo esta ter como causa uma infeção por citomegalovírus e por fungos.

O diagnóstico da Doença de Addison é feito pelo conjunto de sinais e sintomas que a caracterizam.

As dosagens de sódio, de potássio, de creatinina e de glicose são também indispensáveis para auxiliar o diagnóstico. Os níveis do cortisol, da aldosterona e da Atividade de Renina Plasmática (ACTH) também devem fazer parte dos passos necessários para a determinação desta doença.

Após ter sido feito o diagnóstico bioquímico e hormonal é importante que se proceda à visualização do tórax, da supra-renal e da hipófise pelos meios radiológicos.

Quanto ao seu tratamento ele consiste na restituição de doses fisiológicas das hormonas em falta e a prevenção só pode ser feita através da precaução das doenças infecciosas que estão na sua origem não se podendo prevenir as causas auto-imunes.

Avalia este conteúdo
2.275/5 (7 votos)
Etiquetas: doença de addison tratamento, doença de addison tratamento sintomas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.