Gonorreia

A gonorreia consiste numa doença infeciosa do trato urogenital, transmitida por ligação sexual ou perinatal.

Afeta em primeiro lugar os órgãos genitais mas pode atingir outras partes internas do corpo. Altamente contagiosa é causada por uma bactéria que pode entrar no organismo humano através da vagina, da boca ou do ânus.

Nas mulheres a gonorreia infeta em primeiro lugar o colo do útero e nos homens o seu inicio dá-se no canal por onde passa a urina, a chamada uretra.

A garganta também pode ser infetada quando há a prática de sexo oral e o ânus pode ser afetado pelo sexo anal.

No caso de uma mulher infetada aquando de um parto normal o seu recém-nascido pode ser infetado nos olhos durante a passagem pelo canal vaginal.

[-] Índice de conteúdos

Sintomas da Gonorreia

Os sintomas da gonorreia podem variar entre a sua completa ausência até á presença de salpingite aguda. A salpingite é uma das grandes causas de infertilidade feminina em todo o mundo. Os sintomas geralmente aparecem entre o segundo e o décimo dia após a infeção e caracterizam-se pelo seguinte:

  • Sensação de queimadura ou dor durante a micção;
  • Vontade muito frequente de urinar;
  • Nos homens surge um corrimento turvo e opaco do pénis assim como dor no escroto ou nos testículos;
  • Nas mulheres há um corrimento vaginal turvo, amarelado e com cheiro desagradável para além de dor no estômago. Verifica-se também um sangramento menstrual fora da normalidade;
  • Após uma relação sexual anal verifica-se edema do ânus ou do reto assim como a inflamação da garganta é possível após uma relação sexual oral.

No que diz respeito ao diagnóstico da gonorreia, este só pode ser confirmado através de uma amostra do corrimento do pénis ou do colo do útero uma vez que existem outras doenças sexualmente transmissíveis que podem apresentar sintomas semelhantes. É determinante efectuar um exame à urina chamado LCR (Reação em Cadeia da Ligase).

A gonorreia consiste numa doença infeciosa do trato urogenital, transmitida por ligação sexual ou perinatal (Autor: SOA-AIDS Amsterdam)

A gonorreia consiste numa doença infeciosa do trato urogenital, transmitida por ligação sexual ou perinatal (Autor: SOA-AIDS Amsterdam)

Tratamento da Gonorreia

O tratamento desta doença é possível mas, o melhor é mesmo a sua prevenção. A prevenção deve ser feita através de condutas corretas como o uso de preservativos nas relações sexuais e não partilhar toalhas e objetos pessoais íntimos.

Quanto ao tratamento este deve ser feito com antibióticos orais ou injetáveis dependendo da gravidade da doença. Quando a gonorreia ataca apenas a uretra esta desaparecerá após dois dias de tratamento mas, o este deve continuar mesmo depois de todos os sintomas terem desaparecido. No caso de não ser feito nenhum tratamento a uretra irá posteriormente apresentar cicatrizes que vão implicar a normal capacidade de urinar e de poder vir a ter filhos.

Nas mulheres quando somente o colo do útero é infetado os sintomas também vão desaparecer logo nos dois primeiros dias de tratamento devendo também neste caso o tratamento continuar. Na ausência de tratamento o sistema reprodutivo pode também ser infetado levando às doenças pélvicas inflamatórias e á esterilidade.

Mais grave é quando a bactéria responsável por esta doença entra na corrente sanguínea espalhando-se pelo organismo e provocando artrite, febre, meningite e muitas vezes a morte.

Etiquetas: gonorreia, gonorreia sintomas, gonorreia tratamentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.