Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Saúde Pública

A definição de saúde pública é um pouco complexa, visto que este conceito foi variando à medida que o tempo foi passando.

No entanto, pode-se dizer que a saúde pública centra sua ação a partir da ótica do Estado tendo em vista a promoção dos interesses da população no que à saúde diz respeito.

Segundo os conceitos mais tradicionais, a saúde pública é a aplicação de conhecimentos, de médicos e outros profissionais de saúde, com o objectivo de se organizar os sistemas e serviços de saúde, bem como de intervir em fatores condicionantes e determinantes do processo saúde-doença de modo a conseguir efetuar um controlo da incidência de doenças nas populações, quer através de ações de vigilância, quer através de intervenções governamentais.

No entanto, é importante fazer uma distinção clara entre saúde pública e saúde coletiva.

Se quisermos usar uma das mais consensuais definições de saúde, então teremos que citar as palavras de Winslow, Charles-Edward Amory, proferidas por este nos Estados Unidos da América no ano de 1920. Segundo este, a Saúde Pública é a arte e a ciência de se prevenir doenças.

É a arte de prolongar a vida e de promover a saúde e a eficiência física e mental através do esforço organizado da comunidade.

Este conceito engloba também o saneamento do meio, o controle das infecções, a educação das pessoas no que diz respeito aos princípios de higiene pessoal, a organização de serviços de saúde (medicina e enfermagem), o diagnóstico precoce para um pronto tratamento das doenças e também o desenvolvimento de uma estrutura social que possa assegurar a cada pessoa na sociedade um padrão de vida que lhe permita usufruir de boa saúde.

Saúde Pública a ser efetuada a uma criança (Autor: Imagem em domínio público)

Saúde Pública a ser efetuada a uma criança (Autor: Imagem em domínio público)

De fato, este conceito tem persistido e tem sido adotado em todo o mundo, sendo até mesmo a definição adotada pela Organização Mundial de Saúde, o orgão que regula o sistema global de saúde a nível mundial na busca do completo bem-estar físico, psíquico e social.

[-] Índice de conteúdos

Medicina Social e a Saúde Pública

É possível identificar-se três etapas para a consolidação da medicina social, até mesmo como disciplina do curso de formação médica:

  • a Polícia Médica, que começou a desenvolver-se na Alemanha, no início do século XVIII, com o objetivo de permitir ao Estado conhecer e avaliar os índices de saúde da população alemã,
  • a Medicina das Cidades ou Medicina Urbana, cujo objetivo é controlar os fatores nocivos à saúde da população urbana, normalmente associados às grandes epidemias, e que inicialmente foi desenvolvida principalmente na França,
  • a Medicina da Força de Trabalho, com base no modelo do sanitarismo inglês, cujo principal objetivo era manter a sua força trabalhadora totalmente apta para realizar o seu trabalho.

No entanto, o conceito de Saúde pública inicou-se muito antes de ter sido aprimorado por franceses, ingleses e alemães. Estas preocupações relacionadas com o isolamento de doentes e assistência aos pobres já fazia parte da leis dadas por Moisés ao povo de Israel e que se mantiveram no tempo dos primitivos cristãos.

Também os muçulmanos desenvolveram conceitos similares, relacionados a Saúde Pública, tal como pode ser notado pelas discussões sobre a remuneração dos serviços médicos associada à prática de Cosme e Damião, que decorreram onde é atualmente a Síria, por volta do ano 300.

E em Portugal, o conceito de Saúde Pública foi também abordado amplamente já no início do século XI, com o nascimento das Santas Casas de Misericórdia em Portugal e de hospitais religiosos.

Avalia este conteúdo
5/5 (1 votos)
Etiquetas: medicina social, o que é a saúde pública, saúde pública
Um comentário sobre “Saúde Pública
  1. murilo disse:

    Muito bom seu artigo valeu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.