Nós usamos cookies para melhorar o nosso serviço. Ao usar o Em Forma, está a consentir à utilização de cookies. Aceitar Saber mais


Os Riscos do Exercício no Diabético

Como é do conhecimento geral, a prática de exercício físico é benéfica para a saúde e todos deveriam praticar exercício físico, especialmente o diabético.

No entanto, é muito importante que se saiba que há situações em que a prática de exercício físico, ou pelo menos, de determinados exercícios físicos pode ser prejudicial.

Uma das situações em que isso pode ococrrer é quando alguém tem diabetes.

De fato, a diabetes é uma disfunção do metabolismo que ocorre quando o nosso corpo não é capaz de quebrar de forma adequada a glicose que nós ingerimos durante as refeições.

Isso acontece porque a insulina, a hormona responsável por fazer isso, não é produzida em quantidade suficiente ou que esta não consegue agir da forma esperada.

O que acontece é que quando a glicose não é quebrada, ela não se transforma em energia, o que faz com que a sua concentração no sangue fique alta.

Como se sabe, a diabetes está relacionada com diversos problemas de saúde, especialmente quando não é controlada de uma forma adequada. Entre esses problemas de saúde, nós podemos citar a perda da visão, a perda da sensibilidade, os problemas renais e as cardiopatias, sendo que, é por conta desses problemas que a prática de exercícios físicos para quem tem problemas de diabetes deve ser controlada.

E o motivo é muito simples, ou seja, as intercorrências da diabetes podem levar a problemas sérios durante a prática desportiva ou, pelo menos, serem agravados por ela.

[-] Índice de conteúdos

Diabéticos Com Perda de Sensibilidade

Um dos problemas causados pela diabetes é a perda da sensibilidade. Agora, vamos imaginar que uma pessoa que não tem a sensibilidade dos pés se lembra de começar a correr.

Durante o exercício, essa pessoa poderá desenvolver uma bolha, ou outro problema, e como não notará o incómodo do pé, podendo a bolha vir a tornar-se num ferimento mais grave.

Além disso, a perda da sensibilidade também pode fazer com que, enquanto a pessoa se está a exercitar, ela não note que está a forçar demasiado um determinado músculo ou nervo, podendo levar a lesões nessas áreas.

Um dos problemas causados pela diabetes é a perda da sensibilidade. Agora, vamos imaginar que uma pessoa que não tem a sensibilidade dos pés se lembra de começar a correr (Autor: o5com)

Um dos problemas causados pela diabetes é a perda da sensibilidade. Agora, vamos imaginar que uma pessoa que não tem a sensibilidade dos pés se lembra de começar a correr (Autor: o5com)

Além disso, nos casos mais graves de perda de sensibilidade, o paciente poderá ainda ignorar alguns sintomas tais como a taquicardia ou o suor, que indicam que o corpo está quase a ter uma crise de hipoglicemia e, consequentemente, acabar por desmaiar.

Outros Problemas

No entanto, não é apenas entre os diabéticos com perda de sensibilidade que a prática de exercício físico pode representar um problema.

O exercício físico pesado aumenta as probabilidades de alguns pacientes crónicos sofrerem um descolamento de retina ou uma hemorragia nos olhos, podendo ainda intensificar os problemas cardíacos que eles apresentam e levar a problemas como um enfarte cardíaco, uma arritmia, ou até a morte súbita.

Podem ou Não Exercitar-se?

É claro que isso não significa que uma pessoa que sofre da diabetes não se pode exercitar. Aliás, antes pelo contrário, um diabético não só pode como deve praticar algumas atividades físicas.

Na verdade, a prática de atividades físicas ajuda a prevenir a diabetes, podendo também auxiliar o seu tratamento, além de ajudar a evitar algumas doenças que podem ser desenvolvidas com uma maior facilidade por essas pessoas, como é o caso das doenças cardiovasculares.

Os especialistas até mesmo dizem que o tratamento da diabetes deve ser feito não só através de uma dieta controlada, mas também com exercícios físicos e, quando necessário, com o apoio de medicamentos. De modo que, o recomendado é que se pratiquem exercícios, desde que sejam os exercícios adequados.

Alguns exercícios de baixo impacto, como é o caso da natação, podem ser muito úteis, mas o ideal é procurar a ajuda de um profissional especializado e de um médico, pois são eles as pessoas indicadas para determinar que tipo de exercício é adequado para cada caso e qual a intensidade com que deverá ser realizado.

Avalia este conteúdo
4.25/5 (2 votos)
Etiquetas: diabético, enfarte, exercícios físicos, perda de sensibilidade, riscos do exercício

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.