O Fim dos Cabelos Brancos

Isto é o que acontece com o passar dos anos: o aparecimento dos cabelos brancos e as idas sucessivas ao cabeleireiro. Os investigadores das universidades de Bradford e de Greifswald respetivamente em Inglaterra e Alemanha, vieram antes de revelar a sua descoberta, explicar porque é que os cabelos mudam de cor à medida que surge o envelhecimento. Segundo eles, pode ler-se no estudo publicado na revista científica FASEB, este processo surge devido ao ‘stress’ oxidativo em sequência da acumulação, do peróxido de hidrogénio nos folículos capilares, com o decorrer dos anos. Esta substância funciona como se fosse uma “lixívia” que descolora os cabelos levando-os a adquirirem a cor branca ou acinzentada.

 O cabelo fica branco porque as células (melanócitos) que têm a tarefa de produzir a melanina (pigmento que dá a cor do cabelo e da pele), param de funcionar gradualmente. o stress ou algum tipo de trauma também podem causar o aparecimento de cabelos brancos.

O cabelo fica branco porque as células (melanócitos) que têm a tarefa de produzir a melanina (pigmento que dá a cor do cabelo e da pele), param de funcionar gradualmente. O stress ou algum tipo de trauma também podem causar o aparecimento de cabelos brancos.

Mas, estes investigadores vieram trazer uma boa notícia: é que muito em breve vai ser possível não pintar mais o cabelo. Parece que eles descobriram a “cura” para os tão indesejados cabelos brancos. Foi descoberto um composto antioxidante que vai devolver aos cabelos brancos a cor original e que pode também ser uma promessa para o tratamento do vitiligo, aquela doença que provoca a perda de melanina e leva à despigmentação.

O novo tratamento que vai ser conhecido pelo nome de PC-KUS ou “paseudocatalase”, vai constar numa aplicação tópica e ativada através dos raios solares UVB sendo assim possível a recuperação da cor original da pele e dos cabelos. Este tratamento já foi testado em 2.411 pessoas que tinham vitiligo e o resultado foi uma repigmentação com sucesso quer da pele quer das pestanas. Segundo Karin Schallreuter, uma das responsáveis pelo estudo, “Não há qualquer dúvida de que a perda da cor da pele e do cabelo afeta os indivíduos [com vitiligo] de forma fundamental”. Acrescenta ainda que “já foi documentada uma melhoria da qualidade de vida depois de uma repigmentação total ou parcial”.

Gerald Weissman afirma que “Durante várias gerações, muitas soluções têm sido utilizadas para ‘esconder’ os cabelos brancos mas, agora, pela primeira vez, foi desenvolvido um verdadeiro tratamento que chega à raiz do problema”.

O Fim dos Cabelos Brancos

Marcado com: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Forum

Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.

Acompanha o Em Forma