O Que Você Deve Saber Sobre a Psoríase

[-] Índice de conteúdos

Psoríase – causas, sintomas e efeitos negativos

Infelizmente são cada vez mais as pessoas que sofrem de Psoríase, uma doença que maltrata o ego de quem a consente. Só em Portugal e segundo os dados existentes são cerca de 250 mil casos. No entanto, e ainda que os números sejam elevados, muitos de nós não sabemos as coisas mais importantes sobre a mesma.

No sistema imunitário existe uma célula conhecida como célula T, que tem a função de combater elementos estranhos como bactérias e vírus. Com um portador de psoríase, essas células acabam por atacar as células saudáveis da pele como se fosse cicatrizar uma ferida ou tratar uma infecção.

No sistema imunitário existe uma célula conhecida como célula T, que tem a função de combater elementos estranhos como bactérias e vírus. Com um portador de psoríase, essas células acabam por atacar as células saudáveis da pele como se fossem cicatrizar uma ferida ou tratar uma infecção.

Este pequeno texto vai dar apenas as informações mais importantes sobre a Psoríase. Começamos por dizer em que consiste esta doença. A Psoríase é uma doença inflamatória sistémica que ao contrário daquilo que muitos pensam, não é contagiosa. É uma doença genética autoimune, crónica, cíclica, e que como já foi referido, pode destruir a autoestima do doente.

A causa da Psoríase ainda não é conhecida. No entanto sabe-se que há uma forte ligação entre as alterações imunitárias, a hereditariedade e os seus fatores desencadeantes. O stress assim como alguns fármacos que afetam o sistema imunitário podem ser fatores desencadeantes da psoríase. Esta patologia pode acontecer em qualquer idade, mas são os jovens adultos e os adultos com mais de quarenta anos, aqueles que mais possibilidades têm de a desenvolver. Existe em ambos os sexos. A sua frequência é mais elevada nos países frios, a ausência da luz solar e a maior secura da pele em sequência das baixas temperaturas bem como a exposição a aquecimentos desenvolvem também a psoríase.

Esta doença manifesta-se de diferentes formas dependendo do tipo. As mais frequentes são as lesões com relevo, a infiltração, a descamação e a vermelhidão. As zonas mais afetadas são as costas, os joelhos, as unhas, os cotovelos e o couro cabeludo. A face e os órgãos genitais também podem ser afetados, mas com menos probabilidades.

O impacto familiar, social e profissional pode ser muito grande e muito negativo. A Psoríase pode ser limitativa e envolve grande desconhecimento e preconceito. Desta forma o doente até pode ser excluído e isolado pelos outros ou por ele próprio.



Avalia este artigo
Credibilidade (14 em 20 - 2 votos
Qualidade (13 em 20 - 2 votos
Profundidade (14.5 em 20 - 2 votos
Imparcialidade (11 em 20 - 1 votos

Avaliação geral para o post O Que Você Deve Saber Sobre a Psoríase é 3 em 5. No total foram submetidas 7 avaliações, e a última foi em 2016-06-10.
[ssba]
Marcado com: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Forum

Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.

Acerca
O Em Forma é o guia online do bem-estar. Promovemos a bem-estar, saúde e a prática de exercício físico. Diariamente são colocados novos conteúdos na área de saúde, desporto, nutrição, musculação e opinião.
Acompanha o Em Forma
Em Forma no Facebook