Os Benefícios da Alimentação Sem Glúten

O glúten é uma proteína que encontramos em cereais como, por exemplo, o trigo, o centeio, a aveia ou ainda a cevada, assim como em qualquer tipo de alimentos confeccionados a partir destes cereais.

[-] Índice de conteúdos

Intolerância ao Glúten

Quem sofre de intolerância ao glúten padece da doença celíaca, a qual consiste numa disfunção intestinal crónica com a alteração da mucosa do intestino delgado.

A única solução nestes casos é optar por uma alimentação sem glúten, o que exige um grande cuidado aquando da selecção dos ingredientes que podem ser de facto consumidos.

Embora esta dieta se destine particularmente às pessoas que sofrem desta doença, são vários os benefícios que este tipo de regime pode trazer para aqueles que não sofrem de nenhuma doença relacionada com a intolerância ao glúten.

Alimentos Com Glúten

Adoptar uma alimentação sem glúten revela-se muito frequentemente algo de complicado de pôr em prática, e isto porque é necessário alterar os hábitos alimentares, além de que nem sempre é fácil distinguir quais os alimentos que podem ser integrados na dieta.

Pois, a verdade é que nem sempre é fácil saber quais os alimentos que integram glúten na sua composição.

Em termos de cereais, farinhas, bolos e biscoitos, podem ser utilizados os seguintes ingredientes: maranta, trigo moirisco, farinha de batata, arroz, tapioca, soja e farinha de soja.

O trigo é a principal fonte de glúten (Autor: Tarquin)

O trigo é a principal fonte de glúten (Autor: Tarquin)

Também podem ser consumidos os seguintes ingredientes: ovos, leite, manteiga, queijo, assim como produtos à base de soja.

A fruta e os legumes podem ser todos consumidos, contanto que não tenha sido adicionada nenhuma porção de glúten. É igualmente possível consumir marmelada, compotas, açúcar, mel e determinadas marcas de chocolate.

Pode-se comer sopas e molhos, contanto que não sejam confeccionados de forma industrial, e isto porque a farinha é muitas vezes utilizada na confecção destas iguarias nesta área. Relativamente àquilo que se pode beber, são aceites o chá, o café, bebidas gaseificadas e a maioria das bebidas alcoólicas (à excepção da cerveja evidentemente).

Confeccionar uma refeição sem glúten exige, desta forma, uma análise pormenorizada e cuidada de todos os ingredientes. Como já foi referido mais acima, são inúmeros os alimentos e as refeições já preparados que têm glúten. Deve-se, por exemplo, evitar as refeições já preparadas, sejam elas frescas, em latas ou congeladas.

Os danos por vezes graves provocados pela doença celíaca no intestino delgado podem ser felizmente invertidos pela adopção de uma alimentação sem glúten. Neste caso, este tipo de alimentação é uma necessidade, algo imposto para preservar a saúde destes doentes.

Benefícios da Alimentação Sem Glúten

Não podemos porém deixar de referir os vários benefícios deste tipo de dieta, e isto para qualquer pessoa. De facto, reduzir a quantidade de glúten ingerida permite, em termos gerais, ter mais energia, diminuir o volume da barriga e afinar a silhueta. Um consumo frequente e relativamente importante de glúten dificulta a assimilação das vitaminas e dos nutrientes, o que, a longo prazo, pode fragilizar o bem-estar e a vitalidade.

A substituição do glúten pelos alimentos supramencionados poderá dar origem a várias melhorias a nível da saúde e do bem-estar em geral. É possível destacar vários benefícios que justifiquem uma alimentação sem glúten:

  • Reduzir o volume da barriga;
  • Afinar a silhueta, tornando-a mais harmoniosa;
  • Diminuir a retenção de líquidos, favorecendo a sua eliminação;
  • Reduzir eficazmente as enxaquecas e as dores de cabeça;
  • Aliviar as dores articulares;
  • Aumentar os níveis de energia e de vitalidade;
  • Melhorar o tom de pele, dando um ar mais saudável;
  • Reduzir os problemas digestivos, tais como a diarreia, a aerofagia e as dores de barriga;
  • Diminuir o desenvolvimento de inflamações das mucosas (garganta, ouvidos, órgãos sexuais, etc. …); e
  • Reduzir os estados depressivos e as alterações psíquicas.

Um consumo reduzido de glúten traz assim vários benefícios, tanto a nível físico como psicológico.

É uma dieta que se torna assim ideal para todos aqueles que pretendem manter-se em boa forma de uma forma natural.



Avalia este artigo
Credibilidade (11.86 em 20 - 97 votos
Qualidade (11.15 em 20 - 82 votos
Profundidade (11.85 em 20 - 60 votos
Imparcialidade (11.56 em 20 - 64 votos

Avaliação geral para o post Os Benefícios da Alimentação Sem Glúten é 2 em 5. No total foram submetidas 303 avaliações, e a última foi em 2015-08-01.
Partilha!Share on Facebook0Share on Google+1Tweet about this on TwitterPin on Pinterest2Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Share on Reddit0

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Custom Search

O Em Forma é um portal informativo e pioneiro na cultura do bem-estar e saúde. Acompanha as últimas notícias, artigos e opiniões de profissionais na área e descobre como viver com mais qualidade e saúde.

O blog de Em Forma pode ser encontrado em http://www.emforma.net/.

Marcado com: , ,
Publicado em Bem-estar, Nutrição

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Forum
Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.
Procurar
Parceiros
Acerca
O Em Forma é o guia online do bem-estar. Promovemos a bem-estar, saúde e a prática de exercício físico. Diariamente são colocados novos conteúdos na área de saúde, desporto, nutrição, musculação e opinião.
Acompanha o Em Forma
Em Forma no Facebook


Criar artigo
Ajude o EmForma.net a expandir a sua base de conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo