Os Efeitos Secundários da Glutamina

A Glutamina é um suplemento bastante usado por praticantes de musculação.

É uma substância natural e os seus efeitos secundários não são praticamente sentidos, contudo, eles existem.

Quando é tomada em grandes quantidades, pode provocar alguns efeitos perigosos.

É um aminoácido não essencial (isto significa que o corpo humano pode sintetizar a Glutamina) que ocorre naturalmente no corpo humano e constitui mais de 60% da massa muscular.

Tem um papel importante no sistema digestivo e imunitário, e actua como um condutor de nitrogénio nos músculos.

Uma grande concentração pode ser encontrada no cérebro, coração, rins, fígado, músculos e nos intestinos.

Este artigo expõe alguns factos sobre a suplementação com Glutamina, incluindo alguns dos seus efeitos secundários.

[-] Índice de conteúdos

Porque Devemos Tomar Glutamina

Muitas pessoas tomam Glutamina devido às seguintes razões:

  • Os praticantes de musculação tomam pois ajuda a aumentar a massa muscular.

    Imagem da Estrutura Química da Glutamina (Autor: Imagem em domínio público)

    Imagem da Estrutura Química da Glutamina (Autor: Imagem em domínio público)

  • Está presente nos músculos e tem um papel importante na construção de blocos de proteína.
  • Prevenir uma súbita perda de Glutamina no corpo humano.

Efeitos Secundários da Glutamina

A suplementação com Glutamina é suficientemente potente para ter propriedades medicinais.

Consequentemente, para além das razões atrás mencionadas, é razoável assumir que há certos efeitos secundários na Glutamina, à semelhança de um fármaco.

  • O aumento da quantidade de enzimas no fígado.
  • A produção de urina decresce subitamente e uma dor leve é sentida na zona inferior das costas onde estão os rins.
  • Em muitas pessoas, a Glutamina causa calafrios, vertigens, dores de cabeça, febre, desmaios, aperto de peito e do estômago. A Glutamina também pode provocar taquicardia.
  • O desenvolvimento de uma desordem fisiológica devido ao excesso de Glutamina.
  • O aumento no risco de convulsões.
  • Alguns atletas experienciam disfonia e uma urgência frequente para defecar.
  • Muitas pessoas, que tomam Glutamina há algum tempo, experienciam os efeitos secundários da cor amarela da pele. Diminuição da sensibilidade ao toque, mãos e pés frios, depressão, descoloração dos dedos e das unhas, diminuição da habilidade para concentrar, e um sentimento geral de fraqueza.
  • Outros efeitos secundários da Glutamina são a constipação, indigestão, falta de apetite, náusea, flatulência, entumecimento do ânus, libertação de gases, congestão, garganta seca e com dores, e finalmente rinorréia.

Quais São os Factores de Risco dos Efeitos Secundários da Glutamina

A toma de Glutamina não é recomendada a mulheres grávidas ou na fase de amamentação. Convém relembrar que o seu corpo produz naturalmente Glutamina.

Já que é um suplemento natural, não deve surgir nenhum dos efeitos secundários mencionados, mas tenha cuidado, o excesso de qualquer coisa pode ser mau.

Isto é o caso também da Glutamina. Pode sentir alguns dos efeitos secundários com mais frequência nas seguintes situações:

    • Quando está a sofrer de um destes problemas:

1. Cirrose do fígado.
2. Problemas nos rins.
3. Síndrome de Reye.

  • Está a tomar Glutamina a mais. Não é suposto tomar mais de 10 gramas de Glutamina numa refeição e mais de 25 gramas ao todo num dia.

Caso sinta algum dos efeitos secundários da Glutamina, deve cessar imediatamente a suplementação e consultar um médico profissional para as intervenções necessárias.



Avalia este artigo
Credibilidade (12.08 em 20 - 584 votos
Qualidade (12.41 em 20 - 509 votos
Profundidade (12.49 em 20 - 483 votos
Imparcialidade (12.17 em 20 - 392 votos

Avaliação geral para o post Os Efeitos Secundários da Glutamina é 3 em 5. No total foram submetidas 1968 avaliações, e a última foi em 2015-08-03.
Marcado com: , ,
10 comentários sobre “Os Efeitos Secundários da Glutamina
  1. Jow disse:

    Parabéns por postar e falar abertamente de um suposto aminoácido inofensivo como é descrito em outros sites, a Glutamina é boa porém também pode fazer mau.

  2. Jade Feitosa disse:

    Parabéns pelo artigo!!!Sem falar que ela pode causar insônia, além de todos os efeitos secundários acima relatados!!Eu, particularmente, sofri de insônia durante os dois meses em que tomei este suplemento!!!

  3. José disse:

    Comecei a tomar Glutamina, “5 gramas” após os treinos e “5 gramas” antes de dormir, porém após o início da sua utilização, comecei a ter insônia e dores na garganta (parecia que estava inflamada)… Tomo outros suplementos como Whey, BCAA, Maltodextrina e Creatina, porém, após a suplementação com a Glutamina iniciaram essas reações adversas no meu organismo.

  4. matheusZINN disse:

    To com uma dor leve nos rins a 2 dia quantos dias dias pode durar essa dor? Ou oqe posso fazer para parar ? Tomei glutamine 1 dia

  5. Josiano Santos Da Silva disse:

    Artigo muito bem redigido!
    Tomo glutamina a pouco mais de 2 meses e foi perceptível que a mesma foi responsável pelo aumento das enzimas no fígado. Prova disso foram os altos níveis de TGO.

  6. Viviane disse:

    Tomo a um mês e não tenho praticado exercício corretamente e de um dia pro outro levantou uma gordura localizada que eu nunca tive na região do culote, muito estranho dá pra ver uma bola bem dura fora do corpo, será que tem haver?

  7. Rui disse:

    Bom conteúdo.

    Apenas um reparo.
    ” Glutamina à algum tempo, ”

    Glutamina HÁ algum tempo,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Forum

Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.

Acerca
O Em Forma é o guia online do bem-estar. Promovemos a bem-estar, saúde e a prática de exercício físico. Diariamente são colocados novos conteúdos na área de saúde, desporto, nutrição, musculação e opinião.
Acompanha o Em Forma
Em Forma no Facebook


Subscrever à Newsletter

Se quer subscrever à newsletter do Em Forma então insira os dados no seguinte formulário: