Alimentos Sólidos

O que são exatamente os alimentos sólidos, quando devem ser introduzidos na alimentação e como podem ajudar em processos de emagrecimento.

Descubra tudo sobre os alimentos sólidos.

[-] Índice de conteúdos

O Que São Alimentos Sólidos?

A expressão “alimentos sólidos” tem por finalidade definir todo o tipo de mantimento que, para ser ingerido, tem de ser primeiramente trincado, mordido e/ou mastigado, tal como o pão, a carne, a fruta, entre outros.

São exatamente opostos aos “alimentos líquidos” que podem ser ingeridos diretamente como o leite ou  sopa.

Quando Introduzir os Primeiros Alimentos Sólidos?

Como se sabe, alimentação inicial dos seres humanos, assim como de outros mamíferos, não inclui, desde logo, alimentos sólidos. Os bebés começam por colmatar todas as suas necessidades nutricionais apenas através do leite materno (ou de um substituto) e de água.

Alimentos Sólidos

Alimentos Sólidos

Algum tempo depois, inicia-se a ingestão de alimentos semilíquidos e, só depois, o bebé começa a estar apto a ingerir os chamados alimentos sólidos.

A maioria dos pediatras defende que essa introdução na dieta alimentar só deve ser efetuada quando a criança atinge entre os quatro e os seis meses de vida. Ainda assim, tudo dependerá de bebé para bebé e da sua própria evolução.

Em caso de dúvida, o ideal será aguardar pelos seis meses e seguir todas as recomendações do pediatra. Porém, existem alguns sinais que poderão ajudar a perceber se o sistema digestivo da criança já está pronto a processar essa alteração. Alguns dos pontos que pode ter em consideração são:

– Logo após ter mamado e mesmo mamando as vezes necessárias por dia, o seu bebé continua a manifestar fome;

– O bebé duplicou o peso com que nasceu;

– Os dentes estão a começar a nascer e já efetua também alguns movimentos de mastigação;

– A criança já consegue manter a cabeça firme e controla os seus movimentos.

Alimentos Sólidos Podem Emagrecer?

Muitas pessoas acreditam que para emagrecer o ideal é retirar da dieta o maior número de alimentos sólidos que conseguir e substituí-los por alimentação liquida. Este parece ser, porém, um mito ou erro fácil de desmistificar.

Um estudo recente da Johns Hopkins School of Medicine indica justamente que uma dieta alimentar com vista ao emagrecimento deve manter o equilíbrio entre os alimentos líquidos e sólidos ou aumentar a proporção dos segundos em relação aos primeiros.

Para chegar a esta conclusão, os investigadores acompanharam, durante dezoito meses, a rotina alimentar de 810 adultos com idades compreendidas entre os 25 e os 79 anos.

Concluiu-se que a redução de uma porção de alimentos sólidos foi cinco vezes mais eficaz na perda de peso que a restrição da mesma porção de alimentos líquidos. Os cientistas explicam esta diferença pelo fato de os alimentos líquidos possuírem, frequentemente, açúcar refinado, que além de ser de fácil absorção, favorece a acumulação de gordura.

Por outro lado, a mastigação dos alimentos sólidos ativa no cérebro uma recção que regula a satisfação, algo que os líquidos nem sempre conseguem.



Avalia este artigo
Credibilidade (13.98 em 20 - 52 votos
Qualidade (12.33 em 20 - 46 votos
Profundidade (14.2 em 20 - 30 votos
Imparcialidade (14.23 em 20 - 30 votos

Avaliação geral para o post Alimentos Sólidos é 3 em 5. No total foram submetidas 158 avaliações, e a última foi em 2015-07-22.
Marcado com: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Forum

Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.

Acerca
O Em Forma é o guia online do bem-estar. Promovemos a bem-estar, saúde e a prática de exercício físico. Diariamente são colocados novos conteúdos na área de saúde, desporto, nutrição, musculação e opinião.
Acompanha o Em Forma
Em Forma no Facebook


Subscrever à Newsletter

Se quer subscrever à newsletter do Em Forma então insira os dados no seguinte formulário: