Fonoaudiologia

Desde que nascemos até ao final dos nossos dias, há um aspeto importantíssimo em todas as áreas da nossa vida: a comunicação. A fonoaudiologia estuda a nossa capacidade de comunicação.

É através da comunicação que criamos e mantemos vínculos sociais e afetivos com os outros, transmitindo os nossos pensamentos, emitindo e recebendo mensagens.

Para comunicar, todo o ser humano necessita de utilizar corretamente os órgãos relacionados com o sistema da fala e a linguagem, seja ela falada ou escrita.

É justamente aqui que entra uma ciência denominada fonoaudiologia, auxiliando os indivíduos a saber comunicar de forma adequada às suas necessidades profissionais e pessoais.

Embora possa parecer que não, é bastante relevante cuidar dos sistemas de comunicação e isso cabe a cada um de nós.

Sobretudo, cabe aos pais atentar aos sinais de alerta transmitidos pelas crianças.

[-] Índice de conteúdos

O Que é a Fonoaudiologia?

A Fonoaudiologia ou Foniatria é a ciência cujo objetivo é estudar a mais complexa função neurológica do sistema nervoso humano: a comunicação.

Anteriormente designada por logopedia, tem como finalidade atentar ao desenvolvimento e aperfeiçoamento da comunicação, identificando e tratando eventuais distúrbios em qualquer um dos seguintes sistemas ou aspetos:

– Função auditiva periférica e central,

Para comunicar, todo o ser humano necessita de utilizar corretamente os órgãos relacionados com o sistema da fala e a linguagem, seja ela falada ou escrita (Autor: valledellili.org)

Para comunicar, todo o ser humano necessita de utilizar corretamente os órgãos relacionados com o sistema da fala e a linguagem, seja ela falada ou escrita (Autor: valledellili.org)

– Linguagem oral e escrita

– Funções vestibular e cognitiva

– Voz, fala, fluência e fonética

– Funções orofaciais e estomatognáticas

– Região cérvicofacil e deglutição.

O Que é um Fonoaudiólogo e o Que Faz?

Ao profissional de Saúde e Educação formado em Fonoaudiologia chamamos Fonoaudiólogo. As funções de um Fonoaudiólogo são diversas. Começam justamente na área da pesquisa, passando, depois, pela orientação e prevenção.

Este profissional intervém igualmente na avaliação, no diagnóstico e na definição e aplicação do eventual tratamento que seja necessário para qualquer uma das situações acima mencionadas.

Pode trabalhar de forma independente no setor privado ou púbico, normalmente no âmbito da saúde e da educação, ou em interação com outros profissionais de saúde, em hospitais, clinicas e centros especializados, assim como na área judicial, criminal, em projetos comunitários e educativos, centros de habilitação e reabilitação e, ainda, no ensino e meios de comunicação social.

Áreas de Atuação da Fonoaudiologia

Tendo em conta o seu objeto de estudo, a Fonoaudiologia ou Foniatria pode atuar:

– Na prevenção – Orientando pais e educadores para estarem devidamente atentos à linguagem, à audição e aos sinais de alerta transmitidos pelas crianças, sobretudo na fase inicial do desenvolvimento da comunicação.

– Na terapêutica – Identificando eventuais problemas de comunicação e promovendo terapias fonoaudiológicas que se ajustem aos distúrbios apresentados por cada paciente, sejam eles relacionados com a comunicação oral ou escrita, com a voz ou com a audição.

– Na parte estética e da fonética – Trabalhando para aperfeiçoar os padrões da fala e da voz dos indivíduos.

– Na área educacional

– Analisando os processos de aquisição do aluno da linguagem oral e escrita, assim como orientando o comportamento verbal do educador e identificando a sua relação com o sucesso do educando.

– No sector industrial – Controlando e procurando melhorar as capacidades auditivas dos trabalhadores que são diariamente expostos a poluição sonora e ruídos de diferentes tipos.

Alerta Para Pais

Qualquer pai deve estar atento ao desenvolvimento dos seus filhos no que concerne à comunicação, à linguagem e à audição.

As crianças transmitem sinais de alerta com os quais nos devemos preocupar e que, quando identificados, devem ser comunicados e tratados junto de um Fonoaudiólogo. Preocupe-se se detetar, por exemplo, uma das seguintes situações:

– Um recém-nascido não reage a estímulos sonoros.

– O seu bebé não reconhece a origem e a localização dos sons.

– O seu filho tem dois anos e o que diz continua a ser imperceptível ou tem mais de três anos e ainda não formula frases.

– O seu filho tem mais de quatro anos e meio e gagueja ou apresenta “bloqueios” de fala, no início e no meio das frases.

– A sua criança, com mais de cinco anos, troca ou substitui alguns fonemas na fala ou manifesta dificuldades de concentração, atenção e memorização.

– O seu filho, seja ele criança ou jovem, apresenta uma rouquidão permanente que se agrava quando há um esforço vocal.



Avalia este artigo
Credibilidade (14 em 20 - 1 votos
Qualidade (18 em 20 - 1 votos
Profundidade (13 em 20 - 1 votos
Imparcialidade (13 em 20 - 1 votos

Avaliação geral para o post Fonoaudiologia é 3 em 5. No total foram submetidas 4 avaliações, e a última foi em 2013-02-10.
Partilha!Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Tumblr0Share on LinkedIn0Share on Reddit0

Não Encontrou o Que Estava Procurando? Tente o Google!

Custom Search

O Em Forma é um portal informativo e pioneiro na cultura do bem-estar e saúde. Acompanha as últimas notícias, artigos e opiniões de profissionais na área e descobre como viver com mais qualidade e saúde.

O blog de Em Forma pode ser encontrado em http://www.emforma.net/.

Marcado com: ,
Publicado em Ouvido, Nariz e Boca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Forum
Acede ao forum de discussão do Em Forma e discute novos tópicos e descobre novos temas.
Procurar
Acerca
O Em Forma é o guia online do bem-estar. Promovemos a bem-estar, saúde e a prática de exercício físico. Diariamente são colocados novos conteúdos na área de saúde, desporto, nutrição, musculação e opinião.
Acompanha o Em Forma
Em Forma no Facebook


Criar artigo
Ajude o EmForma.net a expandir a sua base de conhecimento. Contamos com a sua ajuda!

Criar artigo